Tim Maia (álbum de 1971)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tim Maia
Álbum de estúdio de Tim Maia
Lançamento 1971[1]
Gravação 1971
Gênero(s) MPB, soul, funk
Duração 30:34
Idioma(s) Inglês (Faixas 6, 9 e 12)
Português
Formato(s) LP e CD relançamento
Gravadora(s) Polydor
Diretor(es) Jairo Pires
Produção Tim Maia
Arranjos Waldir Arouca Barros
Cronologia de Cronologia de estúdio por Tim Maia
Tim Maia
(1970)
Tim Maia
(1972)

Tim Maia é o segundo álbum de estúdio lançado em 1971 pelo cantor e compositor brasileiro Tim Maia. Apresenta alguns sucessos do cantor como "Não Quero Dinheiro", "A Festa de Santo Reis" e "Você". O LP foi eleito em uma lista da versão brasileira da revista Rolling Stone como o 75º melhor disco brasileiro de todos os tempos.[2]

Tal qual o álbum anterior, apresenta uma fusão entre baião e soul em "A Festa do Santo Reis" de Márcio Leonardo, o álbum traz duas composições suas gravadas por outros artista, é o caso de Você, gravada por Eduardo Araújo em "A Onda é Boogaloo" (1968) e Não Vou Ficar, gravada por Roberto Carlos em Roberto Carlos (1969).[3]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "A Festa do Santo Reis"   Márcio Leonardo 2:40
2. "Não Quero Dinheiro (Só Quero Amar)"   Tim Maia 2:33
3. "Salve Nossa Senhora"   Eduardo Araújo / Carlos Imperial 1:55
4. "Um Dia Eu Chego Lá"   Tim Maia 2:04
5. "Não Vou Ficar"   Tim Maia 2:52
6. "Broken Heart"   Tim Maia 1:14
7. "Você"   Tim Maia 4:04
8. "Preciso Aprender a Ser Só"   Marcos Valle / Paulo Sérgio Valle 2:44
9. "I Don't Know What to Do with Myself"   Tim Maia / Hyldon 3:41
10. "É por Você Que Vivo"   Tim Maia / Rosa Maria 2:32
11. "Meu País"   Tim Maia 1:34
12. "I Don't Care"   Tim Maia 2:37

Músicos[editar | editar código-fonte]

Segundo o LP original:

  • Capacete: baixo
  • Paulinho: bateria
  • Chacal: percussão
  • Hyldon: guitarra base
  • Paulo: guitarra solo
  • Tim: violão
  • Peter: órgão e acordeon
  • Pinduca: vibrafone
  • Waldir: 1º piston
  • Darcy: 2º piston
  • Zé Bodega: sax-tenor
  • Aurino: sax-barítono
  • Trombones: Zeca e Sílvio
  • Violinos: Homero Gelmini (Spala), Marcelo Pompeu Filho, Quinídio Faustino Teixeira, Gentil Dias, Natércia Teixeira da Silva, Adolpho Pissarenko, Pesach Nisembau, Otávio Canabrava Waladares e Octávio Miranda Ilha
  • Violas: Murillo da Silva Lourdes e Nelson de Macêdo
  • Cellos: Ana Bezerra de Mello Devos e Alceu de Almeida Reis
  • Renata, Graça e Clarisse: vocais na faixa 9
  • Zenilda, Dinorah e Eurídice: vocais na faixa 2

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Segundo o LP original:

  • Produzido por: Tim Maia
  • Direção da Produção: Jairo Pires
  • Técnico de Gravação: Célio
  • Corte de Acetato: Joaquim Silva
  • Estúdio: Somil
  • Fotos: Fernando Bergamaschi e José Maria de Mello
  • Capa: Aldo Luiz

Referências

  1. «Informações do álbum "Tim Maia"». discogs.com. Consultado em 19 de agosto de 2011 
  2. Os 100 maiores discos da Música Brasileira - Revista Rolling Stone, Outubro de 2007, edição nº 13, página 115
  3. Motta, Nelson. Vale Tudo - O Som e a Fúria de Tim Maia Editora Objetiva, 2007. ISBN 9788539000807
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Tim Maia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.