Timeline (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Timeline
Resgate no Tempo[1] (PRT)
Linha do Tempo[2] (BRA)
 Estados Unidos
2003 •  cor •  116 min 
Direção Richard Donner
Produção Lauren Shuler Donner
Jim Van Wyck
Richard Donner
Roteiro Jeff Maguire
George Nolfi
Baseado em Timeline, de Michael Crichton
Elenco Paul Walker
Frances O'Connor
Gerard Butler
Billy Connolly
David Thewlis
Anna Friel
Lambert Wilson
Gênero ação
ficção científica
Música Brian Tyler
Cinematografia Caleb Deschanel
Edição Richard Marks
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 26 de novembro de 2003
Brasil 6 de fevereiro de 2004[3]
Idioma inglês / francês
Orçamento US$80 milhões[4]
Receita US$43.9 milhões[5]
Site oficial

Timeline (Brasil: Linha do Tempo /Portugal: Resgate no Tempo) é um filme de aventura e ficção científica estadunidense de 2003, dirigido por Richard Donner e estrelado por Paul Walker, Frances O'Connor, Gerard Butler, Billy Connolly, David Thewlis e Anna Friel. Baseado no romance homônimo de Michael Crichton, de 1999, o roteiro refere-se a uma equipe de estudantes atuais de arqueologia e história que são mandados de volta no tempo à França medieval, para resgatar seu professor do meio de uma batalha.

Jerry Goldsmith compôs a trilha sonora original, que seria sua última antes de sua morte em 2004 (sua última trilha atual era Looney Tunes: Back in Action), mas foi substituída por uma nova trilha de Brian Tyler, depois que a primeira versão foi refeita e os crescentes problemas de saúde de Goldsmith o impediram de continuar. O filme recebeu críticas ruins dos críticos e decepcionou nas bilheterias, perdendo cerca de US$49 milhões.[6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Uma equipa de jovens arqueólogos, orientados pelo professor Edward Johnston e pelo professor assistente André Marek, buscam encontrar as ruínas do Castelo La Roque, do século XIV, na cidade de Dordogne Valley, na França. O grupo de arqueólogos recebe a visita e colaboração de Chris, filho de Edward que mesmo sem se interessar por arqueologia fica junto ao grupo motivado por seu amor por Kate, umas das arqueólogas da equipa. O projeto em que estão a trabalhar é financiado pela International Technology Corporation (ITC), uma empresa de pesquisas dirigida por Robert Gentilli. Com a intenção de captar a VIKA e mais recursos para sua pesquisa junto à ITC, Edward vai ao encontro de Robert Doniger, deixando os trabalhos nas escavações sob os cuidados de Marek. Nesse período, mais uma câmara oculta é descoberta. A câmara esteve selada por mais de seiscentos anos, e a equipa tem pouco tempo para explorá-la antes que ela se contamine em contato com a atmosfera exterior. Marek e Kate descem então ao local da descoberta e encontram vários objetos e manuscritos de grande valor para a pesquisa, mas o que mais os intriga é o fato de descobrirem entre os objetos do local uma lente bifocal, que não poderia ter sido inventada antes da câmara ter sido soterrada, e ainda mais intrigante, um manuscrito com um pedido de ajuda datado de 2 de abril de 1357, assinado pelo professor Johnston. O manuscrito e as lentes são levados ao laboratório e após analisados os resultados demonstram tratar-se mesmo dos óculos do professor e a assinatura do manuscrito corresponde em tudo à assinatura de Johnston. Temendo pela segurança do professor, Marek, Chris e Kate, acompanhados ainda por Stern e François seguem para a sede da ITC no Novo México. Chegando lá descobrem que o professor Edward foi enviado a outro tempo na inacreditável invenção de Gentilli, que deveria ser capaz de enviar objetos de um lugar para o outro, mas que acabava por deixá-los presos no passado. Assim , todo o grupo de Marek e um homem de confiança de Gentili são enviados ao passado onde deverão resgatar o professor. Chegam à La Roque em plena guerra dos cem anos, e um dia antes da batalha que destruiria o castelo e levaria à morte da princesa Claire. E foi justamente a princesa Claire a primeira pessoa a ser salva pelo grupo. O encontro com Claire e a paixão pela história do mundo e os valores de outras épocas, levam Marek a envolver-se profundamente na história que se desenrola. Na tentativa de salvarem o professor, François é assassinado. Chris e Kate tornam-se mais próximos. O tempo para retornar ao seculo XXI é cada vez menor, mas nem tudo sai como o grupo planejou. Descobrem que outros já foram enviados antes deles para o local, e que um foi deixado para trás e conhece os segredos deles, colocando sua segurança em risco. Após muitos desencontros, e a batalha de La Roque, que teve um desfecho diferente do que eles haviam estudado nos livros de história, o Professor, Kate, Chris e Stern retornam ao presente. Marek deixa-se ficar no passado, vivendo ao lado de Claire.[7][8]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

As sequências de batalha usaram atores de reconstituição histórica medievais. Richard Donner limitou o uso de CGI no filme o máximo possível.[9]

O compositor Jerry Goldsmith, que já havia colaborado com Donner em The Omen, completou uma trilha para o filme - sua trilha final antes de sua morte em 2004 - mas foi substituída por uma trilha diferente composta por Brian Tyler depois que Donner foi forçado a recortar o filme por insistência de Sherry Lansing, então chefe da Paramount Pictures.[10] No entanto, as trilhas de Goldsmith e Tyler foram lançadas em CD.

Pierce Brosnan recusou um convite para trabalhar no filme. Seria dele o personagem que ficou com Gerard Butler.[11]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Timeline foi criticada pela maioria dos críticos e teve um desempenho ruim nas bilheterias, recuperando apenas US$43 milhões em todo o mundo a partir de um orçamento de US$80 milhões. O filme também recebeu uma classificação nova de 11% no Rotten Tomatoes, com base em 142 críticas.[12]

Referências

  1. «Resgate no Tempo». no CineCartaz (Portugal) 
  2. Linha do Tempo no AdoroCinema (Brasil)
  3. Cássio Starling Carlos (6 de fevereiro de 2004). «Richard Donner recorre à tradição para filmar viagem temporal». Folha de S.Paulo. Consultado em 26 de julho de 2020 
  4. «Timeline». The Numbers 
  5. «Timeline». Box Office Mojo 
  6. «These are the biggest box office bombs of all time». Newsweek. 23 de julho de 2018 
  7. «Sinopse» (em inglês). Site Oficial. Consultado em 21 de agosto de 2009. Arquivado do original em 4 de junho de 2009 
  8. «Linha do Tempo» (em inglês). Cineplayers. Consultado em 21 de agosto de 2009 
  9. Paul (12 de julho de 2002). «Donner Shuns CG Effects in Timeline». IGN. Consultado em 27 de dezembro de 2008 
  10. «Filmtracks: Timeline (Jerry Goldsmith/Brian Tyler)». filmtracks.com 
  11. Linha do Tempo AdoroCinema
  12. «Timeline». Rotten Tomatoes. 19 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais: