Treehouse of Horror (telessérie)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Treehouse of Horror (série))
Ir para: navegação, pesquisa

"The Simpsons Treehouse of Horror episodes"[nota 1], também conhecido como "The Simpsons Halloween episodes" é um seriado particular cujo cada episódio é apresentado em uma temporada com duração de cerca de 6 minutos. Cada episódio é dividido em três segmentos narrando histórias assustadoras dos Simpsons pariodiando, satirizando ou criando histórias de terror. O primeiro episódio da "série" foi exibido como parte da 2ª Temporada de The Simpsons e foi inspirado nas histórias de horror da EC Comics. Até agora foram criados 25 episódios Especiais de Halloween, sendo que o mais recente episódio, "Treehouse of Horror XXV", estreou em 19 de outubro de 2014 na Fox EUA . A sequência de Abertura geralmente envolve muito sangue. Esse seriado é impróprio para crianças, ao contrário do resto dos episódios.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Os episódios de Treehouse of Horror tipicamente consistem de quatro partes: a primeira, uma versão de abertura e uma personalização temática de Halloween dos créditos, seguido por três segmentos. Esses segmentos têm geralmente um tema de terror de ficção científica ou fantasia e muitas vezes são paródias de filmes, novelas, peças de teatro, programas de televisão, episódios de Twilight Zone, ou problemas antigos da EC Comics. Raramente os três segmentos têm qualquer tipo de conexão contínua dentro do episódio. A exceção é "Treehouse of Horror V", em que o caseiro Willie é morto por um machado em uma forma similar em todos os três segmentos.[1] Os episódios são considerados de outra marca e sempre acontecem fora a continuidade normal do show.[2] De "Treehouse of Horror" a "Treehouse of Horror XIII", os três segmentos foram escritos por diferentes escritores. Em alguns casos havia um quarto escritor que escrevia os segmentos de abertura e envolvidos.[3] O "Treehouse of Horror" original, foi dirigido por três diretores diferentes para o episódio.[4] No entanto, apenas em "Treehouse of Horror XIV", um escritor tenha sido creditado com a escrita de cada segmento do episódio.[5][6][7][8][9] Na ocasião, alguns episódios forão usados ​​para mostrar uma animação especial, como "Treehouse of Horror VI" (segmento "Homer3"), em que um Homer animado por computador é mostrado em um ambiente não-animado. Na época (1995), foi inovador, já que era incomum para um programa de televisão usar a tal animação. O segmento foi idéia do produtor executivo Bill Oakley e incluído live action dirigido por David Mirkin.[10] "Treehouse of Horror XX" incluiu o segmento "Não tem negócio como o do Moe", que foi o primeiro a ser musicalmente temático.[11]

Tradições[editar | editar código-fonte]

Sequência de abertura[editar | editar código-fonte]

Cada episódio do Treehouse of Horror é aberto com uma sequência de abertura especial introdutória. Os episódios Treehouse of Horror, II e IV forão abertos com Marge em pé em um palco alertando os pais sobre o conteúdo do episódio, aconselhando-os a colocar seus filhos para a cama. A advertência no primeiro episódio foi colocado como um esforço sincero para alertar os espectadores jovens, pois os produtores acharam que era um pouco assustador.[12] O segmento inteiro era uma paródia da abertura do filme Frankenstein, de 1931.[13] As advertências de Marge começaram a ser um carga para os escritores em anos posteriores e foi eliminada no episódio III e no episódio IV. A tradição foi recuperada para o episódio V e, após esse episódio, o aviso definitivamente foi deletado[14] e os escritores não realizaram qualquer tentativa de revivê-los.[10]

Outros episódios de Halloween começaram com paródias, por exemplo, o episódio III apresenta Homer Simpson de uma maneira semelhante a Alfred Hitchcock na série de televisão Alfred Hitchcock Apresenta[15] e o episódio V apresentou uma paródia de The Outer Limits.[16] Nos episódios VI e VII foram cortados pequenos pedaços sem diálogo, porque o episódio e os segmentos eram muito longos.[10] Às vezes, a abertura pode ter a duração de mais de um minuto e, às vezes, é realizada a introdução de um personagem da série, como Montgomery Burns, em Treehouse of Horror XVII[8] ou incluir uma grande dose de violência, como em Treehouse of Horror VIII, que mostra um censuraror da FOX sendo brutalmente assassinado e em Treehouse of Horror XIV em que os membros da família Simpson matam uns aos outros.[5]

Nas sequências de abertura dos primeiros cinco episódios, a câmera dá um zoom através de um cemitério, onde túmulos podem ser vistos com mensagens engraçadas escritas sobre eles. Essas mensagens incluem nomes dos programas excluídos da temporada anterior, celebridades como Walt Disney ou Jim Morrison[17] e outras mensagens, como uma que dizia "TV violence" ("Violência na TV"), que é então preenchido com buracos de bala. Foi usado pela última vez em Treehouse of Horror V, que incluiu um túmulo simples com as palavras "Amusing Tombstones" ("Túmulos divertidos").[16] As piadas dos túmulos foram fáceis para os escritores do primeiro episódio, mas como advertências de Marge, foi finalmente provado que seria mais difícil de escrever, então eles foram retirados.[13][18]

Enquanto o primeiro episódio incluiu uma sequência de abertura temática de Halloween, posteriormente foi incluído apenas o título "criado por" e "desenvolvido por" nos créditos. Cada episódio entre Treehouse of Horror II e Treehouse of Horror X teve uma piada de sofá com um tema Halloween, como a inclusão da família Simpson vestido como esqueletos,[17] zumbis,[3] e de personagens de episódios anteriores.[19]

Kang e Kodos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Kang e Kodos

Dois personagens que são quase exclusivamente criados para os episódios especiais de Halloween são Kang e Kodos, que são um par de grandes alienígenas verdes, cuja primeira aparição foi no segmento "Hungry are the Damned" de Treehouse of Horror. Desde então, Kang e Kodos tem aparecido em cada episódio de Halloween, às vezes como uma parte importante de uma história, mas muitas vezes somente através de breves passagens. Em alguns episódios, só aparecem na seqüência de abertura,[5][19] mas muitas vezes aparecem no meio de uma história diferente. Por exemplo, uma história sobre zumbis que atacam a cidade de Springfield, de repente é mostrado eles no espaço, observando os acontecimentos e rindo ostensivamente o sofrimento dos "terráqueos". Em seguida, a ação retorna à história real.[15] A regra não-oficial é que eles devem aparecer apenas em cada episódio de Halloween,[12] embora seja muitas vezes esquecidos e são adicionados no último momento, levando a algumas de suas aparições a serem curtas.[2] Sua cena em Treehouse of Horror VIII quase impediu o corte final do episódio, mas David X. Cohen convenceu os produtores a permitirem a inclusão da cena.[20]

"Nomes assustadores"[editar | editar código-fonte]

Começando com "Treehouse of Horror II", os produtores decidiram dar o elenco e a equipe do show nomes nos créditos de abertura e encerramento "assustadores". Embora os nomes rapidamente tornaram-se mais tolos do que assustadores, tem havido uma grande variedade de créditos especiais, a partir de nomes simples, como "Bat Groening" para os complexos como "David²+S.²=Cohen²".[21] Sam Simon, que deixou o show durante a quarta temporada, mas ainda recebeu os créditos "desenvolvido por" e "produtor executivo", desde então tem sido listado nos episódios de A Casa da Árvore dos Horrores, como "Sam Sayonara Simon". A idéia para os "nomes assustadores" veio do produtor executivo Al Jean, que foi inspirado pela EC Comics, porque algumas das questões também utilizadas como "assustadores" nomes alternativos.[12] Os "nomes assustadores" se tornaram uma marca registrada da "série" Treehouse of Horror, mas Al Jean decidiu retirá-las nos episódios "XII" e "XIII", mas depois de ouvir reclamações dos fãs, Jean decidiu trazê-los de volta.[22] A "regra" estipulada por Matt Groening para o "nomes assustadores" é que eles não podem ser mais do que o nome real de uma pessoa, mas isso raramente é seguido por alguem.[23]

Referências Culturais[editar | editar código-fonte]

As referências a filmes, novelas, peças de teatro, programas de televisão e outros meios de comunicação são comumente apresentados, e muitos segmentos foram paródias de um trabalho específico no horror, ficção científica ou gênero de fantasia. Muitos segmentos são paródias de episódios de The Twilight Zone e segmentos inteiros são baseado em um único episódio.[24] Alguns dos episódios Twilight Zone parodiados incluem "A Kind of a Stopwatch", "To Serve Man",[25] "A Small Talent for War",[26] "Living Doll",[27] "Nightmare at 20,000 Feet",[28] "Little Girl Lost",[29] e "The Little People".[30] O segmento de "Treehouse of Horror II" "Bart's Nightmare" é uma paródia ao episódio "It's a Good Life" e é mesmo apresentado em um formato semelhante a um episódio de The Twilight Zone.[26] Os episódios de Halloween também regularmente paródiam filmes de terror e suspense como O Exorcista, The Amityville Horror,[25] King Kong, A Noite dos Mortos-Vivos,[27] The Shining,[31] A Nightmare on Elm Street,[29] The Fly,[32] Psycho[11] e Dead Calm.[33] Robert Englund, que interpreta Freddy Krueger na franquia Nightmare on Elmstreet, teve uma aparição no "Treehouse of Horror IX", como um personagem.[34] Filmes de ficção científica parodiados incluem The Omega Man,[35] E.T. the Extra-Terrestrial,[36] as novelas Nineteen Eighty-Four[31] e The War of the Worlds.[37] Em "Treehouse of Horror", o poema de Edgar Allan Poe "The Raven" é lido por James Earl Jones, enquanto as peças são atuadas por vários personagens.[25] Paródias recentes de filmes e especiais de televisão em gêneros mais variados, incluindo Mr. & Mrs. Smith,[36] It's the Great Pumpkin, Charlie Brown, Transformers,[38] Sweeney Todd,[39] Crepúsculo,[40] e Jumanji.[33]

Sequência de abertura[editar | editar código-fonte]

Geralmente na sequência de abertura, Os Simpsons acabam morrendo e seu sangue forma o título "Treehouse of Horror" ou "O Especial de Halloween dos Simpsons". Em outros casos, na cena do Quadro Negro, Bart escreve com vermelho-sangue o título do episódio e sai como normalmente. Ou então, a seqüência apresenta convidados especiais ou figuras de Terror famosas, como um vampiro, uma múmia ou o Frankenstein.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. "A Casa da Árvore dos Horrores", numa tradução literal ao português.

Referências

  1. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Mirkin5
  2. a b Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Groening1
  3. a b Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome IV
  4. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome I
  5. a b c Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome XIV
  6. Odenkirk, Bill; Silverman, David (4 de novembro de 2004). «Treehouse of Horror XV». The Simpsons. Temporada 16. Episódio 01. Fox 
  7. Wilmore, Marc; Silverman, David (6 de novembro de 2005). «Treehouse of Horror XVI». The Simpsons. Temporada 17. Episódio 04. Fox 
  8. a b Gaffney, Peter; Silverman, David; Faughnan, Matthew (5 de novembro de 2006). «Treehouse of Horror XVII». The Simpsons. Temporada 18. Episódio 04. Fox 
  9. Wilmore, Marc; Sheetz, Chuck (4 de novembro de 2007). «Treehouse of Horror XVIII». The Simpsons. Temporada 19. Episódio 05. Fox 
  10. a b c Oakley, Bill (2005). The Simpsons season 7 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror VI" (DVD). 20th Century Fox 
  11. a b Pirrello, Phil (25 de julho de 2009). «SDCC 09: The Simpsons' Treehouse of Comic-Con». IGN. Consultado em 26 de julho de 2009 
  12. a b c Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Jean1
  13. a b Reiss, Mike (2002). The Simpsons season 2 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror" (DVD). 20th Century Fox 
  14. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Jean2
  15. a b Jean, Al; Reiss, Mike; Kogen, Jay; Wolodarsky, Wallace; Simon, Sam and Vitti, Jon (29 de octubre de 1992). «Treehouse of Horror III». Los Simpson. Temporada 04. Episódio 05. Fox  Verifique data em: |date= (ajuda)
  16. a b Daniels, Greg; McGrath, Dan; Cohen, David S.; Kushell, Bob; Reardon, Jim (30 de octubre de 1994). «Treehouse of Horror V». Los Simpson. Temporada 6. Episódio 06. Fox  Verifique data em: |date= (ajuda)
  17. a b Swartzwelder, John; Meyer, George; Reiss, Mike; Jean, Al; Martin, Jeff; Simon, Sam; Reardon, Jim (31 de octubre de 1991). «Treehouse of Horror II». Los Simpson. Temporada 3. Episódio 07. Fox  Verifique data em: |date= (ajuda)
  18. Groening, Matt (2005). The Simpsons season 6 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror V" (DVD). 20th Century Fox 
  19. a b Cary, Donick; Long, Tim; Hauge, Ron; Michels, Pete (31 de octubre de 1999). «Treehouse of Horror X». Los Simpson. Temporada 11. Episódio 04. Fox  Verifique data em: |date= (ajuda)
  20. Cohen, David X. (2006). The Simpsons season 9 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror VIII" (DVD). 20th Century Fox 
  21. Swartzwelder, John; Cohen, David S.; Tompkins, Steve; Anderson, Bob (29 de outubro de 1995). «Treehouse of Horror VI». The Simpsons. Temporada 07. Episódio 06. Fox 
  22. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Jean3
  23. Groening, Matt (2005). The Simpsons season 7 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror VI" (DVD). 20th Century Fox 
  24. Kogen, Jay (2002). The Simpsons season 2 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror" (DVD). 20th Century Fox 
  25. a b c Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «The Simpsons Halloween Special». BBC. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  26. a b Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «The Simpsons Hallowe'en Special II». BBC. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  27. a b Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Treehouse of Horror III». BBC. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  28. Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Treehouse of Horror IV». BBC. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  29. a b Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Treehouse of Horror VI». BBC. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  30. Anderson, Mike B (2006). The Simpsons season 8 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror VII" (DVD). 20th Century Fox 
  31. a b Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Treehouse of Horror V». BBC. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  32. Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Treehouse of Horror VIII». BBC. Consultado em 9 de novembro de 2007 
  33. a b Bianco, Robert (6 de novembro de 2010). «'The Simpsons: Treehouse of Horror' is missing a few planks». USA Today. Consultado em 6 de novembro de 2010 
  34. Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Treehouse of Horror IX». BBC. Consultado em 31 de outubro de 2008 
  35. Scully, Mike (2006). The Simpsons season 9 DVD commentary for the episode "Treehouse of Horror VIII" (DVD). 20th Century Fox 
  36. a b Canning, Robert (5 de novembro de 2007). «The Simpsons: "Treehouse of Horror XVIII" Review». IGN. Consultado em 6 de novembro de 2007 
  37. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome ABCNews_20061023
  38. Topel, Fred (10 de setembro de 2008). «Simpsons Parodies Transformers». Sci Fi Wire. Cópia arquivada desde o original em 13 de setembro de 2008. Consultado em 10 de setembro de 2008 
  39. Goldman, Eric (25 de setembro de 2009). «The Simpsons Say Hello to Season 21». IGN. Consultado em 26 de setembro de 2009 
  40. Angus, Kat (18 de novembro de 2009). «Daniel Radcliffe to sparkle as a vampire on The Simpsons». Canada.com. Canwest News Service. Consultado em 19 de novembro de 2009 
Ícone de esboço Este artigo sobre a série animada Os Simpsons é um esboço relacionado ao projeto The Simpsons. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.