Tua Graça Me Basta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Tua Graça me Basta)
"Tua Graça Me Basta"
Canção de Toque no Altar
do álbum Olha pra Mim
Lançamento 1 de maio de 2006 (2006-05-01)[1]
Formato(s) CD, download digital
Gravação 2006;
Estúdio Peniel
(Rio de Janeiro, Rio de Janeiro)
Gênero(s) Música cristã contemporânea, canto congregacional
Duração 7:08
Composição Davi Sacer e Luiz Arcanjo
Produção Ronald Fonseca
Faixas de Olha pra Mim
"Me Arrebataste"
(7)
"Lembra Senhor"
(9)

"Tua Graça Me Basta" é uma canção da banda brasileira de música cristã congregacional Toque no Altar, gravada para o quarto álbum de estúdio do grupo, Olha pra Mim, lançado em maio de 2006. A música foi escrita pelos vocalistas Davi Sacer e Luiz Arcanjo, com a interpretação de Davi Sacer e Verônica Sacer. A faixa se tornou uma das composições mais notáveis do disco e foi regravada posteriormente em várias ocasiões.

Escrita como uma espécie de oração após uma situação desagradável enfrentada pelos músicos na Bahia antes do período de sucesso do grupo, "Tua Graça Me Basta" é uma reflexão em torno dos valores em torno do reconhecimento humano em contraponto ao reconhecimento divino. Os versos fazem menção ao Santo dos Santos, citado no Velho Testamento.

"Tua Graça Me Basta" se tornou, ao longo dos anos, um dos maiores sucessos da banda, e foi regravada várias vezes pelo Trazendo a Arca e por Davi Sacer em carreira solo. Sacer e Arcanjo também já disseram, em várias ocasiões, de que a canção é uma de suas composições favoritas.

Composição[editar | editar código-fonte]

O repertório do álbum Olha pra Mim (2006) reuniu canções que a banda tinha escrito desde 2003, sendo "Tua Graça Me Basta" uma das mais antigas, escrita quando os músicos ainda não faziam sucesso nacional. Foi escrita após uma viagem feita pela banda para a Bahia, antes de obterem notoriedade nacional, onde participariam de um congresso evangélico. Na ocasião, os músicos não conseguiram se apresentar, pois Ludmila Ferber e Diante do Trono eram as principais atrações e tomaram todo o tempo, apesar de três dias de evento. A frustração incomodou Luiz Arcanjo que, de madrugada no hotel que estava hospedado, sentiu-se mal pelo sentimento negativo. Ao conversar com Sacer, em seguida, os dois estruturam a música como uma oração. Assim, "Tua Graça Me Basta" foi constituída como uma canção anti-soberba.[2]

Recepção e legado[editar | editar código-fonte]

"Tua Graça Me Basta"
Single de Davi Sacer e Clovis Pinho
do álbum 15 Anos
Lançamento 21 de dezembro de 2018 (2018-12-21)
Formato(s) Download digital
Gênero(s) Música cristã contemporânea
Duração 7:19
Gravadora(s) Som Livre
Composição Davi Sacer e Luiz Arcanjo
Produção Ronald Fonseca e André Cavalcante
Cronologia de singles de Davi Sacer e Clovis Pinho
"Deus de Promessas" (Ao Vivo)
(2018)
"Restitui (Ao Vivo)"
(2019)

Sobre a canção, Roberto Azevedo, por meio do Super Gospel, disse que "é uma síntese de um tema que esta presente na maior parte das canções: 'que eu diminua e que o meu Deus seja exaltado'."[3] "Tua Graça Me Basta" foi considerado um êxito para a própria banda e para o público. Em 2006, quando o álbum tinha sido recentemente lançado, Davi Sacer disse em entrevista ao Troféu Talento que "essa música reflete muito aquilo que eu sou, aquilo que penso sobre o louvor".[4] Já Luiz Arcanjo, em entrevista ao Gospel no Divã em 2016, afirmou que "Eu lembro que no CD Olha pra Mim, eu sempre gostei mais da faixa 'Tua Graça Me Basta', mas a música que mais tocou foi 'Olha pra Mim'".[5]

"Tua Graça Me Basta" foi um sucesso no meio evangélico e se tornou, ao longo dos anos, uma das canções mais relevantes do grupo.[6] A formação posterior do Toque no Altar a regravou no DVD É Impossível, mas Deus Pode (2008).[7] O Trazendo a Arca a regravou no DVD Ao Vivo no Maracanãzinho (com interpretação de Davi e Verônica),[8][9] enquanto Luiz Arcanjo interpretou uma versão em espanhol para o álbum Español (2014), sob o título "Tu Gracia Me Basta". O ex-vocalista Davi Sacer também regravou a canção várias vezes em sua carreira solo. A primeira vez se deu no álbum ao vivo No Caminho do Milagre, de 2011.[10] Em 2019, ele regravou com a participação do cantor Clovis Pinho, então vocalista do Preto no Branco, para o álbum 15 Anos,[11] roupagem que chegou a ser lançada como single pela gravadora Som Livre.[12] Em 2020, a faixa foi novamente tocada pelo Trazendo a Arca em parceria com o ex-vocalista Davi Sacer durante o show de reunião da formação clássica da banda. A performance, que contou com os vocais do casal Sacer, não chegou a fazer parte do álbum O Encontro.[13]

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

Versão single, 2018.

País Associação de gravadoras Certificação Vendas
Brasil Pro-Música Brasil
  • 80.000

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Abaixo listam-se os músicos envolvidos na gravação da versão original (2006), segundo o encarte:[15]

Músicos convidados
Técnicos e engenheiros de gravação
  • Bene Maldonado - mixagem
  • Toney Fontes - masterização
  • Aureo Luis - engenheiro de gravação

Referências

  1. «CD Olha pra Mim - Ministério Apascentar de Nova Iguaçu». Atacadão dos instrumentos. Consultado em 3 de novembro de 2012. Arquivado do original em 3 de novembro de 2012 
  2. «Luiz Arcanjo conta histórias de sucessos do Trazendo a Arca». Super Gospel. Consultado em 28 de maio de 2020 
  3. Roberto Azevedo. «CD Olha pra mim (Toque no Altar) - Análise». Super Gospel. Consultado em 1 de agosto de 2014 
  4. «Davi Sacer». Troféu Talento. Consultado em 11 de junho de 2020. Arquivado do original em 28 de agosto de 2006 
  5. «Luiz Arcanjo e André Mattos, do Trazendo a Arca, falam sobre novo momento do grupo e o "CD Habito no Abrigo", lançado pela Sony Music». Gospel no Divã. Consultado em 25 de abril de 2020. Cópia arquivada em 24 de abril de 2020 
  6. «TOP 10 - Sucessos do Trazendo a Arca». O Propagador. Consultado em 10 de junho de 2020. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2017 
  7. Azevedo, Roberto (9 de maio de 2008). «DVD É Impossível, mas Deus Pode (Toque no Altar) - Análise». Super Gospel. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
  8. Roberto Azevedo. «DVD Ao Vivo no Maracanãzinho (Trazendo a Arca) - Análise». Super Gospel. Consultado em 06 agosto de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  9. Roberto Azevedo. «CD Ao Vivo no Maracanãzinho - Volume 2 (Trazendo a Arca) - Análise». Super Gospel. Consultado em 23 de junho de 2014 
  10. Jonatha Cardoso. «CD No Caminho do milagre (Davi Sacer) - Análise». Super Gospel. Consultado em 06 de agosto de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. «Davi Sacer comemora 15 anos de carreira com DVD cheio de participações». Super Gospel. Consultado em 31 de dezembro de 2018 
  12. «Tua Graça Me Basta (Ao Vivo) - Single de Davi Sacer & Clovis Pinho». iTunes. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  13. «Trazendo a Arca reúne formação clássica em gravação - O Encontro». Super Gospel. Consultado em 5 de maio de 2020 
  14. «Davi Sacer». Pro-Música Brasil. Consultado em 14 de janeiro de 2021 
  15. (2006) Créditos do álbum Olha pra Mim por Toque no Altar. Apascentar Music.
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Toque no Altar é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.