Tupinambarana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilha Tupinambarana
Tupinambarana.png
As quatro cores delimitam as ilhas que compõem Tupinambarana
3° S 58° O[1]
Geografia física
País  Brasil
Localização Bandeira do Amazonas.svg Amazonas
Área 11 850  km²

A chamada Ilha Tupinambarana é, na verdade, um conjunto de ilhas que, antes, era considerado como sendo uma única ilha. É rodeada pelo sistema fluvial do Amazonas (rios Amazonas, Madeira, Sucunduri e Abacaxis). Situa-se no leste do estado do Amazonas, no Brasil. Hoje, é considerada como formada por quatro ilhas completamente separadas por canais naturais denominados "paranás" ou "furos". O conjunto de ilhas tem uma área total de 11 850 quilômetros quadrados e, assim, pode ser considerado o segundo maior conjunto fluvial de ilhas do mundo, depois da Ilha do Bananal, no estado do Tocantins, no Brasil.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Há uma pequena e baixa serra que percorre o centro da maior ilha. O grupo de ilhas é majoritariamente coberto por floresta equatorial e somente é acessível por barco ou avião. Sua área é dividida, de sudoeste a nordeste, entre os municípios de Nova Olinda do Norte, Itacoatiara, Urucurituba, Boa Vista do Ramos, Barreirinha e Parintins: este último, a mais populosa cidade do interior do Amazonas e onde se realiza, anualmente, no último fim de semana de junho, o Festival Folclórico de Parintins ou boi-bumbá.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo "Tupinambarana" é uma referência aos antigos habitantes do arquipélago, os índios tupinambaranas.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Há, no arquipélago, as ruínas de uma vila construída nos anos de 1930 por colonos imigrantes japoneses para o cultivo da juta.

Referências

  1. Tageo.com. Disponível em http://www.tageo.com/index-e-br-v-04-d-m951112.htm. Acesso em 29 de julho de 2015.
  2. Portal Amazônia.com. Disponível em http://www.portalamazonia.com.br/cultura/variedades/preparativos-da-48a-edicao-do-festival-de-parintins-agitam-ilha-tupinambarana/. Acesso em 29 de julho de 2015.
  3. NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo: a língua indígena clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 604.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.