NXT Cruiserweight Championship

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o título ativo entre 1991 e 2007, veja WWE Cruiserweight Championship (1991–2007).
NXT Cruiserweight Championship
NXT CW Title.png
Versão atual do título
Detalhes
Atual campeão Jordan Devlin
Santos Escobar (interino)
Conquista 25 de janeiro de 2020 (Devlin)
27 de maio de 2020 (Escobar, exibido em 3 de junho)
Promoção WWE
Programa NXT

NXT UK

205 Live

Criação 14 de setembro de 2016
Outros nomes
  • WWE Cruiserweight Championship (2016-2019)
  • NXT Cruserweight Championship (2019-presente)

O NXT Cruiserweight Championship (em português: Campeonato de Pesos-Médios do NXT) é um título de luta livre profissional pertencente a WWE, sendo disputado pelos lutadores com até 205 libras (93 quilos) dos programas NXT, NXT UK e 205 Live. Ele foi introduzido em 14 de setembro de 2016 como prêmio para o vencedor do WWE Cruiserweight Classic, uma competição entre 32 lutadores que visava achar o melhor lutador peso-médio do mundo. O título partilha o mesmo nome o título original, criado pela World Championship Wrestling em 1991; contudo este não partilha a mesma história de reinados.

Os campeões de pesos-médios da WWE são determinados com a realização de combates de luta profissional, em que os vencedores de cada combate são pré-determinados por um roteiro.[1] Até o presente mês de dezembro de 2020, 11 lutadores, distribuídos em 13 reinados distintos, já conquistaram o Cruiserweight Championship. O primeiro campeão foi T.J. Perkins e o atual campeão é Jordan Devlin, que está em seu primeiro reinado,no entanto, devido à proibição de viagens como resultado da pandemia do COVID-19 , um campeão interino está servindo como titular nos Estados Unidos até o retorno de Devlin. Santos Escobar do NXT é o atual campeão interino em seu primeiro reinado.

História[editar | editar código-fonte]

O Cruiserweight Classic,[2] foi um torneio de luta livre profissional produzido pela WWE e transmitido pelo WWE Network para lutadores com até 205 libras (93 quilos). As qualificatórias ocorreram em várias promoções independentes, incluindo Revolution Pro Wrestling, Progress Wrestling e Evolve. Ao todo, 32 lutadores se classificaram para competir no torneio, além de outros seis lutadores serem classificados como substitutos. As gravações ocorreram em quatro dadas diferentes: 23 de junho de 2016, 14 de julho de 2016, 27 de julho de 2016 e 3 de agosto de 2016.[3] A competição foi exibida semanalmente entre 13 de julho e 14 de setembro, quando as semifinais e final foram transmitidas ao vivo.[4]

Os finalistas do torneio foram T.J. Perkins e Gran Metalik. Originalmente, o vencedor iria receber apenas um troféu e ser coroado com o primeiro vencedor do Cruiserweight Classic. No entanto, antes do combate final começar, Triple H anunciou que o vencedor também seria coroado como o primeiro campeão dos pesos-médios para a nova divisão de pesos-médios do Raw. Perkins derrotou Metalik para se tornar no campeão inaugural.[5][4]

Em outubro de 2019, o título foi compartilhado entre 205 Live e NXT e foi renomeado para NXT Cruiserweight Championship, e foi estendido para o NXT UK em janeiro de 2020.

O título compartilha seu nome com o Cruiserweight Championship original, que se originou na World Championship Wrestling em 1991 e que foi aposentado em 2007. O novo campeonato, no entanto, não compartilha a mesma história deste novo título.[6]

Reinados[editar | editar código-fonte]

# Ordem de reinados na história
Reinado O número de reinados de cada lutador
Localização A cidade em que o título foi conquistado
Evento O evento em que o título foi conquistado.
Usados para o tempo em que o título estava vago.
+ Indica o reinado atual.
Lutador Reinado Data Dias com
o título
Dias contados pela WWE Local Evento Notas Ref.
1 T.J. Perkins 1 02016-09-14 14 de setembro de 2016 46 45 Winter Park, Flórida WWE Cruiserweight Classic Derrotou Gran Metalik na final do Cruiserweight Classic. [4]
2 Brian Kendrick 1 02016-10-30 30 de outubro de 2016 30 30 Boston, Massachusetts Hell in a Cell (2016) [7]
3 Rich Swann 1 02016-11-29 29 de novembro de 2016 61 60 Colúmbia, Carolina do Sul 205 Live Esse foi o episódio inaugural do 205 Live. [8]
4 Neville 1 02017-01-29 29 de janeiro de 2017 197 196 San Antonio, Texas Royal Rumble (2017) [9]
5 Akira Tozawa 1 02017-08-14 14 de agosto de 2017 6 5 Boston, Massachusetts Raw [10]
6 Neville 2 02017-08-20 20 de agosto de 2017 35 35 Brooklyn, Nova Iorque SummerSlam (2017) [11]
7 Enzo Amore 1 02017-09-24 24 de setembro de 2017 15 15 Los Angeles, Califórnia No Mercy (2017) [12]
8 Kalisto 1 02017-10-09 9 de outubro de 2017 13 12 Indianápolis, Indiana Raw Foi uma luta lumberjack. [13]
9 Enzo Amore 2 02017-10-22 22 de outubro de 2017 93 92 Minneapolis, Minnesota TLC: Tables, Ladders & Chairs (2017) [14]
Vago 02018-01-23 23 de janeiro de 2018 O título foi declarado vago após Amore ser demitido por conta de alegações de agressão sexual feitas publicamente contra ele. [15]
10 Cedric Alexander 1 02018-04-08 8 de abril de 2018 181 180 Nova Orleãs, Luisiana WrestleMania 34 Derrotou Mustafa Ali na final de um torneio para conquistar o título vago. [16]
11 Buddy Murphy 1 02018-10-06 6 de outubro de 2018 183 183 Melbourne, Austrália WWE Super Show-Down [17]
12 Tony Nese 1 02019-04-07 7 de abril de 2019 77 77 East Rutherford, Nova Jérsei WrestleMania 35 [18]
13 Drew Gulak 1 02019-06-23 23 de junho de 2019 108 108 Tacoma, Washington WWE Stomping Grounds Foi uma luta Triple Threat também envolvendo Akira Tozawa. [19]
14 Lio Rush 1 9 de outubro de 2019 63 63 Winter Park, Flórida NXT [20]
15 Angel Garza 1 11 de dezembro de 2019 45 44 Winter Park, Flórida NXT [21]
16 Jordan Devlin 1 25 de janeiro de 2020 311+ 311+ Houston, Texas Worlds Collide Foi uma luta Fatal Four-Way também envolvendo Isaiah "Swerve" Scott e Travis Banks [22]
Santos Escobar 1 27 de maio de 2020 188+ 181+ Winter Park, Flórida NXT Devido à proibição de viagens como resultado da pandemia do COVID-19 , um campeão interino foi coroado até que o atual campeão Jordan Devlin , que reside no Reino Unido, possa retornar aos Estados Unidos. El Hijo del Fantasma derrotou Drake Maverick nas finais de um torneio para se tornar o campeão interino. No episódio de 10 de junho, Fantasma se desmascarou e mudou o seu nome de ringue para Santos Escobar.

A WWE reconhece o reinado de Escobar como começando em 3 de junho de 2020, data em que a luta foi transmitida.

[23][24]

Reinados combinados[editar | editar código-fonte]

Jordan Devlin, o detentor do maior reinado da história do título.
+ Indica o atual campeão

Em 1 de dezembro de 2020.

Pos. Campeão Nº de reinados Dias combinados Dias combinados

contados pela WWE

1 Jordan Devlin 1 311+
2 Neville 2 232 231
3 Buddy Murphy 1 183
4 Cedric Alexander 1 181 180
5 Enzo Amore 2 108 107
Drew Gulak 1 108
7 Santos Escobar 1 188+ 181+
8 Tony Nese 1 77
9 Lio Rush 1 63
10 Rich Swann 1 61 60
10 T.J. Perkins 1 46 45
11 Angel Garza 1 45 44
12 Brian Kendrick 1 30
13 Kalisto 1 13 12
14 Akira Tozawa 1 6 5

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Grabianowski, Ed. «How Pro Wrestling Works». HowStuffWorks, Inc. (em inglês). Discovery Communications. Consultado em 15 de outubro de 2012 
  2. «WWE Network adds Global Cruiserweight Series to robust 2016 programming slate». wwe.com. Consultado em 8 de maio de 2016 
  3. «WWE Cruiserweight Classic tickets available starting Friday, May 20». www.wwe.com. Consultado em 17 de maio de 2016 
  4. a b c Caldwell, James (14 de setembro de 2016). «9/14 WWE Cruiserweight Tourney Finals – CALDWELL'S Live Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de setembro de 2016 
  5. «WWE Cruiserweight Classic: T.J. Perkins becomes Raw's first WWE Cruiserweight Champion». WWE. Consultado em 14 de setembro de 2016 
  6. «WWE Cruiserweight Championship». WWE.com 
  7. Powell, Jason (30 de outubro de 2016). «Powell's WWE Hell in a Cell 2016 live review: Sasha Banks vs. Charlotte for the WWE Women's Championship, Kevin Owens vs. Seth Rollins for the WWE Universal Championship, Roman Reigns vs. Rusev for the U.S. Championship» (em inglês). Pro Wrestling.Net. Consultado em 30 de outubro de 2016 
  8. Namako, Jason (29 de novembro de 2016). «WWE 205 Live Results – 11/29/16 (Live from Columbia, Swann captures the Cruiserweight Championship)» (em inglês). Wrestle View. Consultado em 4 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2016 
  9. Keller, Wade (29 de janeiro de 2017). «KELLER'S WWE ROYAL RUMBLE REPORT 1/29: Ongoing results updated throughout evening including Owens-Reigns, Styles-Cena, Rumble match» (em inglês). PW Torch. Consultado em 29 de janeiro de 2017 
  10. Keller, Wade (14 de agosto de 2017). «KELLER'S WWE RAW REPORT 7/14: Final episode before Summerslam with latest on Seth-Dean, Women's Title match, Fatal Four-way» (em inglês). PW Torch. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  11. Keller, Wade (20 de agosto de 2017). «KELLER'S WWE SUMMERSLAM REPORT 8/20: Lesnar vs. Strowman vs. Joe vs. Reigns, Jinder vs. Nakamura, Naomi vs. Natalya» (em inglês). PW Torch. Consultado em 20 de agosto de 2017 
  12. Docking, Neil. «WWE No Mercy 2017 LIVE - Results and updates with Strowman, Lesnar, Cena and Reigns in action» (em inglês). The Mirror 
  13. Keller, Wade. «KELLER'S WWE RAW REPORT 10/9: Shield reunion continues, Miz TV with Sheamus & Cesaro, TLC build up continues». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 de outubro de 2017 
  14. Powell, Jason. «Powell's WWE TLC 2017 live review: Kurt Angle, Dean Ambrose, and Seth Rollins vs. Braun Strowman, Kane, The Miz, Sheamus, and Cesaro in a TLC match, AJ Styles vs. Finn Balor, Asuka debuts, Alexa Bliss vs. Mickie James for the Raw Women's Championship». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 22 de outubro de 2017 
  15. Hanstock, Bill (23 de janeiro de 2018). «Daniel Bryan Announced What Will Happen To The Cruiserweight Championship, Kind Of» (em inglês). Uproxx. Consultado em 6 de outubro de 2018 
  16. Keller, Wade (8 de abril de 2018). «KELLER'S WWE WRESTLEMANIA 34 REPORT: Lesnar vs. Reigns, Styles vs. Nakamura, Charlotte vs. Asuka, Rousey's debut, Bryan's return, Battle Royals, more» (em inglês). PW Torch. Consultado em 8 de abril de 2018 
  17. Rose, Brian. «WWE SUPER SHOW-DOWN LIVE RESULTS: TRIPLE H VS. THE UNDERTAKER» (em inglês). Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 6 de outubro de 2018 
  18. Ravens, Andrew. «Tony Nese Wins Cruiserweight Title At WWE WrestleMania» (em inglês). SEScoops. Consultado em 7 de abril de 2019 
  19. Mazique, Brian (23 de junho de 2019). «WWE Stomping Grounds Results: Winners, Grades, Highlights And Analysis» (em inglês). Forbes. Consultado em 24 de junho de 2019 
  20. Moore, John. «10/09 NXT TV results: Moore's live review of Drew Gulak vs. Lio Rush for the NXT Cruiserweight Championship, WWE UK Champion Walter vs. Kushida in a non-title match, NXT North American Champion Roderick Strong vs. Isaiah "Swerve" Scott». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em October 9, 2019  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  21. Moore, John. «12/11 NXT TV results: Moore's live review of Finn Balor vs. Keith Lee vs. Tommaso Ciampa in a Triple Threat for a shot at the NXT Championship, Lio Rush vs. Angel Garza for the NXT Cruiserweight Championship, Dakota Kai vs. Mia Yim». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em December 11, 2019  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  22. Powell, Jason. «WWE Worlds Collide results: Powell's live review of Undisputed Era vs. Imperium, Rhea Ripley vs. Toni Storm for the NXT Championship, Angel Garza vs. Isaiah Scott vs. Travis Banks vs. Jordan Devlin for the NXT Cruiserweight Championship, Finn Balor vs. Ilja Dragunov, DIY vs. Moustache Mountain». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 25 de janeiro de 2020 
  23. Moore, John. «6/3 NXT TV results: Moore's review of El Hijo Del Fantasma vs. Drake Maverick in the finals of the Interim NXT Cruiserweight Title tournament, Mia Yim vs. Candice LeRae, final hype for Takeover: In Your House». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 3 de junho de 2020 
  24. Johnson, Mike (17 de abril de 2020). «MORE ON NEW WWE TAPING SCHEDULE». PWInsider. Consultado em 5 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]