Walter Simons

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Walter Simons
Wappen Deutsches Reich (Weimarer Republik).svg
Presidente do Supremo Tribunal Alemão
Período 16 de outubro de 1922
até 1 de abril de 1929
Presidente Friedrich Ebert
Hans Luther (interino)
ele mesmo (interino)
Paul von Hindenburg
Antecessor(a) Heinrich Delbrück
Sucessor(a) Erwin Bumke
Presidente da Alemanha Alemanha
(interino)
Período 12 de Março de 1925
12 de Maio de 1925
Chanceler Hans Luther
Antecessor(a) Hans Luther (interino)
Sucessor(a) Paul von Hindenburg
Ministro das Relações Exteriores da Alemanha Alemanha
Período 25 de junho de 1920
até 4 de maio de 1921
Chanceler Konstantin Fehrenbach
Antecessor(a) Adolf Köster
Sucessor(a) Friedrich Rosen
Vida
Nascimento 28 de Setembro de 1861
Elberfeld, Flag of Prussia 1892-1918.svg Reino da Prússia
Morte 14 de julho de 1937 (75 anos)
Potsdam, Flag of the NSDAP (1920–1945).svg Alemanha
Nacionalidade Flag of Prussia 1892-1918.svg Prússia
Dados pessoais
Águia Escudo do Reich Alemão (1931)
Cônjuge Erna Simons
Religião Luterano
Profissão Advogado

Walter Simons (Elberfeld, 24 de setembro de 1861 - Babelsberg, Potsdam, 14 de julho de 1937) foi um político alemão[1] . Ele foi presidente do Supremo Tribunal Alemão (1922-1929). Após a morte de Friedrich Ebert em fevereiro de 1925, ele ocupou o cargo de Presidente da República de Weimar[1] .

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Cristianismo e Crime, (1925)
  • Religião e Direito (palestras realizadas na Universidade de Uppsala), (1936)
  • Pessoas da Igreja e da nação, (1937)


Precedido por
Hans Luther (interino)
Presidente da Alemanha
interino

1925
Sucedido por
Paul von Hindenburg

Referências

  1. a b Este artigo incorpora texto do artigo «Walter Simons» da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.