Zelofilia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A zelofilia é uma parafilia onde o prazer ou excitação sexual é derivado do ciúme,[1][2] através de jogos ou cenas que o envolvam ou o provoquem.

É o nome que se dá para a excitação sexual associada aos ciúmes, podendo ser desencadeada pelo ciúme de um dos parceiros. Submetendo-se aos prazeres do parceiro amado incondicionalmente, sentindo prazer em realizar todos os seus caprichos. Um dos pontos comuns entre eles é o fato de estarem sempre prontos para servir o parceiro e até desejando que sejam solicitado a servirem.

Geralmente o zelofílico é uma pessoa que, se estimulada pelo seu(ua) parceiro(a) se torna uma pessoa totalmente fiel, carinhoso(a), e muito preocupado(a) com o bem estar de seu parceiro(a), seja na forma de prazer sexual ou de qualquer outro tipo de satisfação.

O prazer do zelofílico está em sentir o prazer que o parceiro(a) sente em submetê-lo aos seus caprichos e prazeres, principalmente sexuais, e ainda vê-lo satisfeito com tal situação. Isso faz com que certos zelofílicos estimulem seu(ua) parceiro(a) a exercer esse domínio sobre eles, cada vez mais.

Muitos acreditam que o parceiro de um zelofílico deve sentir-se a pessoa mais prestigiada possível, pois essa é a expressão maior de amor, gratidão, fidelidade, desejo e acima de tudo eterna paixão pela pessoa amada.

Referências

  1. «Parafilia: Quando o prazer se torna problema». Estadão. 19 de fevereiro de 2007. Consultado em 17 de agosto de 2020 
  2. Giusti, Edoardo; Fiume, Giada (2019). La Sessualità adulta: Per i professionisti della relazione d'aiuto (em italiano). Roma: Sovera Edizioni. p. 169 
Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.