AGM-88 HARM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AGM-88 HARM
AGM-88 HARM
Tipo Míssil anti-radiação
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Em serviço 1985 - presente
Utilizadores Marinha e Força Aérea dos Estados Unidos e outros
Histórico de produção
Criador Texas Instruments
Data de criação 1983
Fabricante Texas Instruments/Raytheon
Especificações
Peso 361-366 kg
Comprimento 4,1 m
Diâmetro 25,4 cm
Ogiva Alto explosivo c/ esferas de aço pré-fragmentado
Peso da ogiva 66Kg
Motor Foguete Thiokol YSR-113-TC-1
Propelente Combustível sólido
Alcance
Operacional
30+ Km
Velocidade mach 2+
Sistema de
orientação
Radar passivo c/ sistema de espoleta óptica Motorola DSU-19
Plataforma de
lançamento
F/A-18, F-4G, F-16

O AGM-88 HARM (high-speed antiradiation missile) é um míssil anti-superfície supersónco, destinado à busca e destruição de sistemas de defesa anti-aérea inimigos.
Desenvolvido e construído inicialmente pela Texas Instruments, para substituir no dispositivo bélico Norte-Americano o AGM-45 Shrike e AGM-78 Standard, é actualmente fabricado pela Raytheon.[1]

Desenvolvimento, produção e utilizadores[editar | editar código-fonte]

Desenvolvido pela Texas Instruments desde Maio de 1974, foram produzidos nove exemplares entre 1975 e 1976, os quais foram disparados / testados por F-4 Phantom, A-6 Intruder e A-7 Corsair II da Marinha Americana e também F-4G Wild Weasel da Força Aérea.[2]
A fase de pesquisa e desenvolvimento prolongou-se até Março de 1983 quando finalmente foi aprovada a sua produção. Estava planeada uma produção de 14,000 unidades para a US Navy e USAF, 1,000 para a Alemanha o primeiro dos quais foi entregue em Maio de 1987. Até 1990 tinham sido entregues 10,000 exemplares do total das encomendas.
Entretanto em Fevereiro de 1989 foram encomendados mais 2,449 mísseis, 1,319 para a US Navy, 950 para a USAF e 180 para a Alemanha. Em 2000 a Espanha encomendou 200 exemplares para usar nos seu aviões EF-18 Hornet.[1]

Descrição genérica[editar | editar código-fonte]

È um míssil considerado pelos seus detractores, como demasiado caro, mas com uma aplicação eficaz e bastante ampla, contra alvos terrestres ou navais, desde que emitam ondas radar. Possui vários modos de lançamento como:[1]

  • Contra alvos previamente seleccionados a longa distância;
  • Lançado sem qualquer alvo adquirido, esperando que o dispositivo de busca localize um alvo de oportunidade:
  • Como míssil auto defensivo em conjunto com uma aeronave de contra medidas electrónicas de apoio (ESM).

Dotado de auto piloto acoplado a um sistema de navegação inercial e um processador digital que actua em conjunto com o do avião lançador, rastreia possíveis alvos num espectro de frequências bastante amplo, entre 0,5 e 20 GHz.[1]

Destinado a substituir os AGM-45 Shrike e AGM-78 Standard dos quais evoluiu, têm sido utilizado paralelamente a estes, devido ao seu elevado preço de aquisição, 316,856 Dólares Americanos, que os tornam demasiado valiosos para serem empregues em conflitos de menor intensidade/importância.[3]

Variantes[editar | editar código-fonte]

  • AGM-88A - Versão inicial
  • AGM-88B - Actualização da versão anterior (software)
  • AGM-88C - Actualização da versão anterior (software)
  • AGM-88C - Parceria entre a Itália e os Estados Unidos, para o desenvolvimento de uma versão avançada (AARGM)[nota 1] com custos controlados, a ser produzido e desenvolvido pela ATK e que tinha uma expectativa de conseguir capacidade operacional durante o ano de 2010.[4]
AGM-88E HARM

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. AARGM acrónimo de Advanced Anti-Radiation Guided Missile. Que em Português fica mais ou menos assim: Míssil anti-radiação avançado.

Referências

  1. a b c d Coronel Timothy M. Laur, Steven L. Lanso, Encyclopedia of Modern U.S. Military Weapons, Berkley Publishing Group, 1998, pp. 257, ISBN 0425164373
  2. Michael John, Haddrick Taylor, Missiles of the World, MacMillan Publishing Company, 1982, pp. 46, ISBN 0684165937
  3. FAS. AGM-88 HARM Abril 2000. Página visitada em Abril 2011.
  4. Agência Reuters. ATK Awarded $55 Million Advanced Anti-Radiation Guided Missile Low Rate Initial Production 21 de janeiro de 2009. Página visitada em Abril 2011.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Laur, Timothy M.. Encyclopedia of Modern U.S. Military Weapons (em Inglês). 1ª ed. New York, USA: Berkley Books, 1998. ISBN 0425164373
  • Taylor, Michael J. H.. Missiles of the World (em Inglês). 3ª ed. Londres: Charles Scribner & Sons, 1980. ISBN ISBN 0684165937

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre AGM-88 HARM