Antônio Lino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antônio Lino da Silva Dinis
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Itumbiara
Atividade Eclesiástica
Predecessor Celso Pereira de Almeida
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 15 de agosto de 1966
Braga, Portugal
Ordenação episcopal 1 de Maio de 1999
por Alfio Rapisarda
Lema episcopal In Omnibus Christus
Dados pessoais
Nascimento São Mateus de Oliveira
22 de fevereiro de 1943
Morte Goiânia, Brasil
1 de dezembro de 2013 (70 anos)
Nacionalidade Portugal português
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Antônio Lino da Silva Dinis (São Mateus de Oliveira, Portugal, 22 de fevereiro de 1943 - Goiânia, Brasil, 1 de dezembro de 2013) foi um religioso católico português, bispo da Diocese de Itumbiara, Goiás, desde 8 de maio de 1999.

Ordenação Presbiteral[editar | editar código-fonte]

Foi ordenado padre em 15 de agosto de 1966, Braga, Portugal

Ordenação Episcopal[editar | editar código-fonte]

Foi sagrado bispo em 1 de Maio de 1999, Sete Lagoas, Minas Gerais

Lema: "In Omnibus Christus" (Col. 3,11)

Atividades exercidas antes do espiscopado[editar | editar código-fonte]

A convite do então Bispo Diocesano de Sete LagoasMG (Dom Daniel Tavares), veio para o Brasil em fevereiro 1967. Foi nomeado Vigário Paroquial e, em dezembro de 1968, Pároco da Catedral de Santo Antônio em Sete Lagoas, onde permaneceu até agosto de 1988. Nesse período introduziu na Diocese o Movimento de Emaús e Pastoral de Juventude, Cursilhos de Cristandade e Encontro de Casais com Cristo.

Em 1977/1978 frequentou em Roma um curso de espiritualidade sacerdotal. De 1968 a 1988 foi Diretor Espiritual no Seminário Diocesano São Pio X, em Sete Lagoas MG. Em 1988 voltou à sua Arquidiocese de origem, Braga, em Portugal, sendo pároco em duas paróquias em Santo Tirso.

Em setembro de 1991, retornou à Diocese de Sete Lagoas, sendo encarregado de iniciar a formação da paróquia de São Pedro, onde foi pároco e também Capelão da Santa Casa de Nossa Senhora das Graças. Em dezembro de 1994 foi nomeado Reitor do Seminário Maior São Pio X. Foi Diretor Espiritual do Movimento de Encontro de Casais com Cristo no Regional Leste 2.

Atividades exercidas durante o episcopado[editar | editar código-fonte]

Assistente Eclesiástico Nacional do ECC.

Falecimento[editar | editar código-fonte]

D. Antônio lino desde 2012 apresentou significativa piora de seu estado de saúde. Em 01 de dezembro de 2013, veio a falecer, deixando a Diocese de Itumbiara em Sé Vacante.

Sucessão Apostólica[editar | editar código-fonte]

  • Arcebispo St. Józef Bilczewski † (1901)
  • Jan Maurycy Pawel Cardeal Puzyna de Kosielsko † (1886)
  • Mieczyslaw Halka Cardeal Ledóchowski † (1861)
  • Camillo Cardeal Di Pietro † (1839)
  • Chiarissimo Cardeal Falconieri Mellini † (1826)
  • Papa Leão XII (Annibale Francesco Clemente Melchiore Girolamo Nicola della Genga) † (1794)
  • Henry Benedict Mary Clement Cardeal Stuart de York † (1758)
  • Papa Clemente XIII (Carlo della Torre Rezzonico) † (1743)
  • Papa Bento XIV (Prospero Lorenzo Lambertini) † (1724)
  • Papa Bento XIII (Pietro Francesco (Vincenzo Maria) Orsini de Gravina, O.P.) † (1675)
  • Paluzzo Cardeal Paluzzi Altieri Degli Albertoni † (1666)
  • Ulderico Cardeal Carpegna † (1630)
  • Luigi Cardeal Caetani † (1622)
  • Ludovico Cardeal Ludovisi † (1621)
  • Arcebispo Galeazzo Sanvitale † (1604)
  • Girolamo Cardeal Bernerio, O.P. † (1586)
  • Giulio Antonio Cardeal Santorio † (1566)
  • Scipione Cardeal Rebiba †

Estudos realizados[editar | editar código-fonte]

  • Teologia

Braga / Portugal (1962-1966).

  • Filosofia

1959-1961.

  • Ensino médio

Braga / Portugal.

  • Ensino fundamental e básico

Braga / Portugal

Veja Também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Dom Celso Pereira de Almeida O.P.
Brasão episcopal.
Bispo de Itumbiara

1999 - 2013
Sucedido por
sede vacante


Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.