Apollon Limassol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Apollon Limassol
Nome Apollon Limassol
Fundação 14 Abril 1954
Estádio Tsirion Stadium
Limassol, Chipre
Capacidade 13.331
Presidente Chipre Nicos Kirzis
Treinador Roménia Ioan Andone
Competição Primeira Divisão do Chipre
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Apollon Limassol (Apollon Lemesou) é um clube desportivo cipriota, com sede em Limassol. Tem equipas de futebol, basquetebol e voleibol. Fundado em 1954, o Apollon F.C. actualmente joga na Primeira Divisão do Chipre e conquistou o campeonato três vezes, a taça sete vezes e a Supertaça uma vez.

História[editar | editar código-fonte]

No final da temporada de futebol de 1953, uma equipa de jovens tiveram como sonho e objectivo a fundação de uma associação nacional com fins desportivos e baseada na promoção da educação e das habilidades sociais dos seus membros mais jovens.[1] A 14 de Abril de 1954, uma assembléia geral com membros suficientes com o líder Christaki Pavlides propõe a fundação de uma associação atlética chamada Apollon Limassol. A assembleia aprovou a proposta e, portanto, no dia 14 do mês de Abril do ano 1954 o Apollon nasceu. O primeiro conselho administrativo da equipa incluiu: Charalambos Lymbourides (Secretário), Andreas Psyllides (Tesoureiro), Antonakis Fourlas (Conselheiro), Melis Charalampous (Conselheiro), Andreas Theoharous (Conselheiro) Andreas Aggelopoulos (Conselheiro) e Kostas Panayiotou (Conselheiro).[1]

A primeira equipa de futebol foi criada sob as diretrizes de Antonakis Fourlas, jogando contra equipas distritais. Isto fez com que as despesas aumentassem levando a um registo rápido de novos membros. Por esta razão, foi decidido enviar uma carta para a C.F.A (Associação de Futebol do Chipre), com data de 23 de Março de 1955 para a integração do Apollon na Associação. A 16 de outubro de 1955, a Associação de Futebol do Chipre (CFA) incluiu nas suas ordens o Apollon na 2 ª divisão [1] .

1954–1955: Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

No seu primeiro ano, o Apollon sofreu oito derrotas em oito partidas na segunda divisão. Pouco antes da temporada seguinte(1956-1957), o Apollon venceu o grupo regional na segunda divisão e, posteriormente, os play-offs e, em seguida, foi promovido para a primeira divisão. Isso aconteceu em 1957 e desde então o Apollon vem competindo na primeira divisão. As coisas não foram fáceis no entanto para o clube recém-promovido. O Apollon não poderia alcançar uma posição satisfatória na tabela e lutou no meio da tabela por muitos anos. Mas em meados dos anos 60 as coisas mudaram[1] .

1964–1967: As primeiras distinções[editar | editar código-fonte]

Em 1965 o Apollon atingiu a final da Taça do Chipre. No entanto, o Omonia venceu o troféu com um resultado de 5-1[1] . Um ano depois, o Apollon foi à final de novo, e conquistou a Taça do Chipre ao derrotar o Nea Salamina com um resultado de 4-2 (Marcadores: Panikkos Yiolites, Andros Konstantinou, Panikkos Kristallis, Antonis Panayides) e triunfante levou o troféu para Limassol[1] . O Apollon conseguiu manter o seu título da Taça em 1967, ao bater o Alki por 1-0, graças ao golo de Antonis Panayides. Depois de comemorar esses títulos, o Apollon tive que esperar mais 15 anos para começar a fazer história mais uma vez[1] .

1981–1987: De volta à final da Taça após 20 anos de seca[editar | editar código-fonte]

Na temporada de 1981-1982 o Apollon conseguiu chegar mais uma vez à final da Taça do Chipre no entanto, numa final a duas mãos, o Omonia venceu a Taça[1] . Na temporada 1985-1986, após 20 anos de "seca" o Apollon venceu mais uma vez a Taça do Chipre no Tsirion Stadium, superando o Apoel com uma vitória por 2-0. Os golos foram marcados por Kenny e Sokratous[1] .

1990–1999: 10 anos de glória[editar | editar código-fonte]

Nos anos anteriores verificou-se claramente a falta de "algo" que pudesse fazer a diferença para a equipa liderar no campeonato. Esse "algo" foi, portanto, o treinador alemão Diethelm Ferner que, ao chegar ao Chipre estava determinado a vencer. O alemão, com a sua disciplina e trabalho duro realiza ligações entre jovens futebolistas talentosos, com jogadores mais velhos e mais experientes, criando uma equipa pronta para o grande momento. Assim, na temporada 1990-1991 a equipa entrou no campeonato a querer escrever a maior e mais gloriosa página do seu livro de história. Depois de uma temporada frenética e impressionante, oferecendo conteúdo e espetáculo no seu jogo, o Apollon foi finalmente coroado campeão de Chipre[2] ! A partir desse ano e por um período de cinco anos, a equipa ganhou a admiração de todos os fãs de futebol cipriota depois de jogar futebol moderno. Na temporada 1991-1992 o Apollon venceu a Taça do Chipre pela quarta vez, superando o Omonia na final com um resultado final de 1-0[1] . O marcador foi Evgenio Ptak. No entanto, na temporada de 1992-1993 o Apollon perdeu os dois títulos. A equipa voltou com força e ganhou o segundo Campeonato do clube um ano mais tarde, em 1993-1994, mais tarde, após um duelo duro com o Anorthosis, onde o título foi jogado no último dia da temporada[1] . Na temporada 1994-1995 Ao pollon alcançou a final da Taça do Chipre mas perdeu por 2-4 com o Apoel, enquanto o mesmo aconteceu também na temporada 1997-1998 com o "carrasco" a ser desta vez o todo-poderoso Anorthosis, que vence a final com um resultado de 1-3.

2000–2010: 1 Campeonato, 2 Taças e 1 Supertaça[editar | editar código-fonte]

Na temporada 2000-2001 o Apollon venceu a Taça do chipre contra o Nea Salamina no estádio GSP, com o resultado de 1-0. O marcador foi o inesquecível Viktor Zubarev[3] .

A meio da temporada de futebol 2004-2005 e depois de tentativas fracassadas para atingir a glória, após a final de 2001, o treinador alemão Bernd Stange assumiu a responsabilidade, cumprindo regularmente, mas tarde, ele trouxe de volta o glamour perdido da equipa. Na temporada 2005-06 o Apollon venceu o campeonato invicto e ganhou um recorde do clube de 64 pontos[1] . O Apollon teve 19 vitórias e sete empates em 26 partidas e entrou para a história do futebol cipriota, devido ao facto de ser a quarta equipe no Campeonato do Chipre que conquistou o título invicto. No ano seguinte o Apollon venceu pela primeira vez na sua história a Supertaça do Chipre batendo o Apoel por 1-3 em casa.

Em 2010 o Apollon venceu a Taça do Chipre depois de 9 anos, batendo o APOEL Nicosia no GSZ Stadium. O resultado final foi 2-1[4] .

2011–presente: 1 Taça[editar | editar código-fonte]

No ano seguinte (2011), o Apollon chegou à final da Taça do Chipre, pelo segundo ano consecutivo, mas perdeu para o Omonia nas grandes penalidades, após um empate 1-1 na sequência de um tempo extra[5] .

A 22 de Maio de 2013, o Apollon chegou à final da Taça do Chipre novamente, mas desta vez competindo contra AEL Limassol. O Apollon venceu a final com um resultado de 1-2 no tempo extra, conseguindo o sétimo título da Taça do Chipre do clube[6] .

Plantel de Futebol 2012/2013[editar | editar código-fonte]

No. Posição Jogador
5 República da Macedónia D Bojan Markovski
8 Chipre M Andreas Stavrou
11 Chipre A Alex Konstantinou
16 Chipre D Giorgos Merkis
17 Chipre M Kyriacos Panagi
20 Roménia A Romeo Surdu
22 Brasil D Paulinho
25 Chipre M Panos Theodorou
26 Grécia M Fotios Papoulis
27 Chipre D Angelis Charalambous
28 Chipre M Marios Stylianou
29 Espanha A Roberto
Posição Jogador
31 Chipre G Michalis Fani
34 Chipre D Ioannis Efstathiou
40 Chipre D Andys Andreas Nicolaou
41 Chipre D Alasdair Reynolds
42 Chipre M Stylianos Stylianou
43 Chipre M Georgios Aresti
48 Chipre M Charalambos Kyriacou
56 Marrocos M Rachid Hamdani
70 Brasil M Farley Vieira Rosa
77 Chipre M Dimitris Froxylias
83 Portugal G Bruno Vale
88 Chipre M Giorgos Vasiliou


97 Chipre M Andreas Frangou
98 Chipre D Christos Wheeler

Honras[editar | editar código-fonte]

Títulos Nacionais[editar | editar código-fonte]

Primeira Divisão Cipriota: 3

  • Campeão: 1990-91; 1993–94; 2005–06
Segundo lugar (4): 1984-85; 1989-90; 1992-93; 1996-97

Taça do Chipre: 7

  • Vencedor: 1965–66; 1966–67]; 1985–86; 1991–92; 2000–01; 2009-10, 2012–13
Finalistas (7): 1964–65; 1981–82; 1986–87; 1992–93; 1994–95; 1997–1998; 2010–11

Supertaça do Chipre: 1

  • Vencedor: 2006;

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]