Baduanjin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prática do 3º movimento do Baduanjin, Separar Céu e Terra, durante o Dia Mundial do Tai Chi Chuan e do Chi Kung.

Baduanjin (八段锦) (ou "pa tuan chin") pode ser traduzido literalmente do chinês como "Oito peças de brocado", o nome designa sequências de oito exercícios de Qigong utilizadas pela medicina tradicional chinesa como forma de manter ou recuperar a saúde e como um treino básico por diversos estilos de artes marciais chinesas.[1] Há uma sequência de movimentos para ser praticada de pé e outra para ser praticada sentado.[2]

A referência às "Oito peças de brocado" por vezes é explicada como uma associação entre a beleza e perfeição dos tecidos de seda e tapeçarias com a riqueza e satisfação originadas na boa saúde. É uma das formas de Chi Kung mais utilizadas como exercício.[3]

Histórico da prática do baduanjin[editar | editar código-fonte]

Forma sentada do movimento Separar Céu e Terra, conforme manual de Chi Kung da Dinastia Qing.

Há diversas histórias sobre sua origem, atribuindo sua criação à tradições do sul e do norte da China. A mais conhecida o vincula ao famoso General Yue Fei (岳飛), que teria desenvolvido estas séries de exercícios como forma de manter a saúde de seus comandados[4] [5] Assim esta prática teria sido criada no período da dinastia Song do Sul, entre 1127 e 1279 A.D..[1]

Outros autores, como Catherine Despeux, atribuem sua criação a Zhong Li (Chung-li Ch'üan), da dinastia Tang (618-907).

O texto da dinastia Wei (魏) "灵剑子引导子午记" se refere a um exercício de ginástica que corresponde a um dos que constituem o Baduanjin, mas a antiga referência a este nome registrada ocorre no Yi Jian Zhi (夷坚志), um texto da época da dinastia Song.

No Dao Shu, Zhong Miao Pian (道枢•众妙篇) há diversas descrições sobre o método de alongamento destes exercícios. Este título se refere ao fato que a sequência do Baduanjin se divide em oito técnicas, e que cada uma delas corresponde a uma frase que descreve o movimento e seus efeitos.

Cada técnica deve ser repetida diversas vezes, geralmente se recomenda oito repetições de cada movimento. A respiração acompanha a movimentação de modo natural. A língua é suspensa em direção ao palato, sem esforço, durante a realização da sequência.

Historicamente, a prática é realizada tanto dentro da tradição taoísta quanto na budista shaolin.

Após a revolução comunista chinesa foi um dos primeiros conjuntos de exercícios tradicionais chineses a ser reabilitado na década de 1950, despojado dos conceitos taoístas, tornou-se muito popular em toda a China, sendo inclusive praticado por Mao Zedong e Zhou Enlai.

Uma variação do baduanjin com 12 movimentos, conhecida como "Exercícios para a Saúde dos 12 Órgãos Internos", integra as práticas de Tai Chi Pai Lin oferecidas à população pela Secretária Municipal de Saúde de São Paulo.[6]

Atualmente estão sendo realizadas diversas pesquisas sobre os benefícios físicos e psicológicos que sua prática pode trazer para a saúde, como sua contribuição como prática complementar na prevenção da osteoporose [7] e no tratamento da depressão em idosos com doenças crônicas.[8]

Os oito movimentos do Baduanjin em pé[editar | editar código-fonte]

  1. 两手托天理三焦 - Liangshou tuo tian li sanjiao
    Sustentar o céu com as mãos para regular o Triplo aquecedor
  2. 左右开弓似射雕 - Zuoyou kai gong si she diao
    Estirar o arco e lançar a flecha para fortalecer os pulmões
  3. 调理脾胃须单举 - Tiaoli piwei xu dan ju
    Elevar um braço para recuperar o apetite ou Separar Céu e Terra
  4. 五劳七伤向后瞧 - Wulaoqishang xianghou qiao
    Olhar os calcanhares para evitar o enfraquecimento do organismo
  5. 摇头摆尾去心火 - Yao tou bai wei qu xinhuo
    Balançar a cabeça e o cóccix para acalmar o fogo do coração
  6. 两手攀足固肾腰 - Liangshou pan zu gu shen yao
    Segurar a ponta dos pés para fortalecer os rins
  7. 攒拳怒目增气力 - Zan quan numu zeng qili
    Estirar as mãos em punho com um olhar firme para fortalecer a força física
  8. 背后七颠百病消 - Beihou cidian baibing xiao
    Suspender os calcanhares sete vezes para se recuperar da doença

Referências

  1. a b YANG, Jwing-Ming. Eight Simple Qigong Exercises for Health: The Eight Pieces of Brocade. Jamaica Plain, Mass. USA: YMAA Publication Center, 2000. ISBN 1-886969-52-3
  2. OLSON, Stuart Alve. Qigong Teachings of a Taoist Immortal: The Eight Essential Exercises of Master Li Ching-yun Healing Arts Press, 2002. ISBN 0-892819-45-6
  3. KUEI, Stephen. Beginning Qigong: Chinese Secrets for Health and Longevity. [S.l.]: Tuttle Publishing, 1993. ISBN 0-8048-1721-9
  4. BISIO, Tom. A Tooth from the Tiger's Mouth: How to Treat Your Injuries with Powerful Healing Secrets of the Great Chinese Warrior. Fireside, 2004 (ISBN 0-7432-4551-2)
  5. YANG, Jwing-Ming. Qigong Meditation: Embryonic Breathing. YMAA Publication Center, 2003 (ISBN 1-8869-6973-6)
  6. "Caderno Temático da Medicina Tradicional Chinesa", editado pela Secretária Municipal de Saúde de São Paulo, 2002
  7. (em inglês) Efeitos do baduanjin na prevenção da osteoporose em mulheres de meia idade.
  8. (em inglês) Qigong para idosos deprimidos com doenças crônicas.
  • Chang Dsu Yao, Roberto Fassi. Il Kung Fu, le tecniche fisiche e mentali per l'autodifesa. Milano, De Vecchi Editore, 1990. ISBN 8841280336
  • Yang Jwing-Ming (Dr). "Muscle/Tendon Changing and Marrow/Brain Washing Chi Kung: The Secret of Youth." YMAA Publication Center, 1989. ISBN 0-940871-06-8.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Baduanjin