Campeonato Hondurenho de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Liga de Fútbol Profesional
Campeonato Hondurenho de Futebol
Liga de Fútbol Profesional
Dados gerais
Organização Fédération du Honduras de football
Edições 65
Local de disputa Flag of Honduras.svg Honduras
Sistema Sistema misto
editar

A Liga de Fútbol Profesional de Honduras é o campeonato nacional de futebol de Honduras. A temporada é dividida em dois torneios: Apertura e Clausura. A equipe que estiver rebaixada irá para a segunda divisão (Liga de Ascenso), enquanto outra equipe é promovida da Liga de Acesso. Os quatro melhores times classificados participam no play-off para decidir o vencedor do Campeonato.[1]

O torneio profissional de futebol mais importante de Honduras, foi fundado em 10 de maio de 1964, sendo primeiro torneio realizado em 1965, com a participação de 10 clubes. Seu primeiro campeão foi o Club Deportivo Platense. Desde a temporada de 1965-1966 até 1996/1997 o torneio realizado anualmente. Desde então, o sistema mudou a competição resultando em dois torneios por ano. Esses chamados torneios Apertura e Clausura, foram tomadas ao longo dos anos vários formatos de concorrência.

A maioria dos títulos do Campeonato Nacional são distribuídos entre as equipes do: Olimpia, Motagua, Real Espanha e Marathon. Estes títulos, permitiu-lhes estes clubes representar Honduras internacionalmente em mais oportunidades, sendo o Olimpia o clube mais bem sucedido no campeonato, tendo ganho dois títulos da CONCACAF .

Atualmente, o torneio da Liga Nacional serve de classificação, após a conclusão das fases de qualificação, passam automaticamente para a fase semifinal. As equipes classificados do terceiro para o sexto lugar, jogou uma partida de playoffs que irá qualificar para as semifinais, as equipes nesta liga obter os dois primeiros lugares.

História[editar | editar código-fonte]

Em Honduras, o mais antigo clube de futebol é o Sports Club Olimpia fundada em 1912. Mais tarde, as equipes da maratona em 1925, Excelsior Puerto Cortés, em 1925, o "Tejeros" da Espanha, em 1926, Motagua de Tegucigalpa, Naco e La Ceiba Club foi fundado Espanha de San Pedro Sula em 1929. o nascimento desses clubes de futebol, resultou em ordem torneios amadores no país. O primeiro torneio nacional foi realizada no ano de 1928. [2]

As primeiras sessões da Liga Nacional de Honduras durou entre 3 de abril a 4 de Novembro. No dia 10 de maio de 1964 tornou-se oficial, anunciando a criação da Liga de futebol semi-profissional; que foi dado o nome de: National Football League n.º Fan [2] .

O primeiro Conselho de Administração da Liga Nacional foi composto da seguinte forma: Presidente Óscar Lara Mejía (CD Espanha), José E. Coello Members (Life), Antonio Vigo Farino (La Salle) René Bendeck (Honduras), Jesús J. Handal (Honduras), o procurador Humberto Soriano Solis (Platense), Secretário Alfredo Soto Bueso / (Marathon). [2]

Primeiro torneio[editar | editar código-fonte]

O primeiro torneio da Liga de Futebol de Honduras foi realizada com a participação de 10 clubes: Athletic espanhol, Olímpia, Motagua, e Troy na capital da República. Cidade Marathon, Espanha e La Salle San Pedro Sula. Honduras cidade de El Progreso, Platense de Puerto Cortés e da Vida de La Ceiba. O primeiro dia foi realizada no dia 18 de julho de 1965 com reuniões entre; Olimpia (3-0) Marathon, a Espanha (1-0) Troy, Honduras (3-0) A. espanhol, Vida (4-1) Motagua e Platense (6-2) La Salle.

O primeiro artilheiro do campeonato hondurenho foi Pedro Deras Clube Honduras. No final do primeiro torneio da temporada, o Club Deportivo Platense foi campeão o Platense como os outros clubes, disputou 18 partidas,ganhando 11 jogos, empatando cinco e perdeu apenas dois, totalizando 27 pontos, com 42 gols prós e 23 contra. Enquanto o Club Deportivo Olimpia ficou com o vice-campeonato com 26 pontos, e Atlético de espanhol, terminou em último com apenas 9 pontos dos 36 possíveis.

Evolução[editar | editar código-fonte]

Depois do primeiro torneio, a Liga Nacional realizou seis concursos sem interrupção, até 1972, quando a Liga decidiu declarar inválido o campeonato. Isto, para proteger os interesses de alguns grandes equipes nomeadas como Marathon que corria o risco de rebaixamento, em 1978 houve uma outra crise. A luta pelo poder na National Football League, provocado divisões entre as equipes do norte e do centro. Para resolver esta situação, os gestores da liga e as equipes tiveram de realizar uma reunião de emergência em [[Lake Yojoa]], terminando com as diferenças que ameaçavam o bem-estar da National Football League.

Em quase meio século, exceto para os formatos de competição, a Liga Nacional não evoluiu. Nos últimos anos, a presença nos estádio caiu consideravelmente devido ao violência, más atuações, e desconforto nos estádios onde os jogos são jogados a Liga Nacional.

Sistema de disputa[editar | editar código-fonte]

Até 1973, os torneios foram disputados regularmente, e o vencedor era o de melhor pontuação no campeonato. Em 1974, mudou para pontos corridos na fase regular. Sob este novo formato e competitiva, o Real Club Deportivo Espanha foi a equipe que mais beneficiou, ganhando seus primeiros três títulos consecutivos de 1974 a 1976. Em 1977 a decisão ficou num pentagonal. Para a temporada 1997/98, o sistema de competição mudou para torneio Apertura e Clausura com classificação de seis equipes, para os confrontos entre o: 1 Vs 6, 5 e 3 2 Vs. Vs 4.º, destes três confrontos avançam os vencedores das três séries, mas a equipe com a melhor média de perdedores. Estes enfrentam nas semifinais, para determinar os finalistas. Porém depois passou por outra mudança, a classificação de seis equipes para as finais foi substituída por uma liga de quatro equipes. Estes são confrontados com: 1 vs 4 e 2.º. Vs 3. Os vencedores destas chaves se o direito de disputar a final conquistada. A nível competitivo, este sistema tornou-se beneficiar muito Olimpia, Motagua Marathon e clubes. Entre esses três clubes, a maioria dos títulos nesse estilo. Para o 2011-2012 do Torneio Apertura, a Liga novamente mudou o sistema de competição. Em reunião realizada em San Pedro Sula em 15 de julho de 2011. Os diretores dos clubes da Liga Nacional decidiu terminar em primeiro e em segundo na classificação, à espera de seus rivais que viria de confrontos entre terceiro versus o sexto clube e o quarto versus o quinto lugar. Isto como uma espécie de playoff.

A equipe que terminar primeiro na classificação, enfrentar o clube que ele obteve o pior resultado de clubes de avançar para a fase de grupos final.

Acesso e Rebaixamento[editar | editar código-fonte]

O Rebaixamento é decidido pela soma dos pontos dos torneios: Apertura e clausura mesas do torneio. A última equipe da tabela é rebaixada para a Liga de Ascenso de Honduras, para ocupar a vaga deixada o promovido é é decidido pela Liga de Ascenso de Honduras. Até 2004, os campeões foram premiados com a promoção automática. Desde então, a temporada foi dividida em Apertura e clausura , onde os campeões se enfrentam para decidir promoção.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Estádios[editar | editar código-fonte]

San Pedro Sula San Pedro Sula Puerto Cortés Tegucigalpa
Estádio Olímpico
Capacidad: 40.000
Estádio Morazán
Capacidad: 18.900
Estádio Excelsior
Capacidad: 10.000
Estádio Nacional
Capacidad: 34.000
Aficion.jpg CDPEntreno.jpg 180px
Tocoa San Pedro Sula La Ceiba El Progreso
Francisco Martínez Durón
Capacidad: 6.000
Estádio Yankel Rosenthal
Capacidad: 15.000
Estádio Ceibeño
Capacidad: 18.000
Estádio Humberto Micheletti
Capacidad: 5.000
Encuentro Marathon-Olimpia 2012.JPG

Clubes da temporada 2014-2015[editar | editar código-fonte]

Clube Cidade Nº de títulos Estádio Capacidade
Honduras El Progreso 0 Estádio Humberto Micheletti 5 500
Marathon San Pedro Sula 8 Estádio Yankel Rosenthal 15 000
Motagua Tegucigalpa 13 Estádio Tiburcio Carias Andino 35 000
Olimpia Tegucigalpa 26 Estádio Tiburcio Carias Andino 35 000
Parrillas One Tela 0 Estádio León Gómez 3 000
Platense Puerto Cortés 2 Estádio Excelsior 7 910
Real España San Pedro Sula 11 Estádio Francisco Morazán 26 781
Real Sociedad Tocoa 0 Estádio Francisco Martínez Durón 3 000
Victoria La Ceiba 1 Estádio Nilmo Edwards 18 000
Vida La Ceiba 2 Estádio Nilmo Edwards 18 000

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ano Campeão Placar Vice-Campeão Notes
Championnat Saisonnier
1965-1966 Platense - Olimpia
1966-1967 Olimpia - Marathon
1967-1968 Olimpia - Marathon
1968-1969 Motagua - CD Olimpia
1969-1970 Olimpia - Motagua
1970-1971 Motagua 1-1 CD Olimpia
1971-1972 Olimpia - Vida
1972-1973 - Cancelado campeonato depois de nove dias..
Campeonato Anual
1973 Motagua - Marathon
1974 Real España 1-0 Motagua
1975 Real España 3-1 Olimpia
1976 Real España 4-1 Motagua
1977 Olimpia 2-0 Real España
1978 Motagua 5-1 Real España
1979 Marathon 1-1 Pumas UNAH O Marathon campeão com o empate.
1980 Real España 4-2 Marathon Final em três jogos.
1981 Vida 4-1 Atlético Morazán
1982 Olimpia - Motagua
1983 Vida - Pumas UNAH
1984 Olimpia - Vida
1985 Marathon - Vida
1986 Olimpia - Real España
1987 Olimpia 1-0 Marathon
1988 Real España 2-2 Olimpia O Real España campeão com o empate.
1989 Olimpia 1-1 Real España O CD Olimpia ecampeão com o empate.
1990 Real España 2-1 Motagua
Championnat Saisonnier
1991-1992 Motagua 1-0 Real España
1992-1993 Olimpia - CD Petrotela
1993-1994 Real España - Motagua
1994-1995 Victoria 1-1 Olimpia
1995-96
1995-1996
Olimpia 3-0 Real España
1996-1997 Olimpia 4-1 Platense
Campeonato Apertura e Clausura
1997 A Motagua 5-1 Real España
1998 C Motagua 1-0 Olimpia
1999 C Olimpia 2-1 Real España
1999 A Motagua 0-0 Olimpia Motagua vitória nos penaltis por 6 a 5.
2000 C Motagua 2-2 Olimpia Motagua vitória nos penaltis por 3 a 2.
2000 A Olimpia 2-1 Platense
2001 C Platense 2-1 Olimpia
2001 A Motagua 3-3 Marathon Motagua vitória nos penaltis por 5 a 3.
2002 C Marathon 4-2 Olimpia
2002 A Olimpia 3-2 Platense
2003 C Marathon 4-1 Motagua
2003 A Real España 4-2 Olimpia
2004 C Olimpia 2-1 Marathon
2004 A Marathon 5-3 Olimpia
2005 C Olimpia 3-2 Marathon
2005 A Olimpia 3-2 Marathon
2006 C Olimpia 4-3 Victoria
2006 A Motagua 4-2 Olimpia
2007 C Real España 4-3 Marathon
2007 A Marathon 2-0 Motagua
2008 C Olimpia 2-1 Marathon
2008 A Marathon 2-1 Real España
2009 C Olimpia 4-3 Real España
2009 A Marathon 2-1 Olimpia
2010 C Olimpia 3-2 Motagua
2010 A Real España 3-2 Olimpia
2011 C Motagua 5-3 Olimpia
2011 A Olimpia 3-0 Real España
2012 C Olimpia 1-0 Marathon
2012 A Olimpia 4-0 Victoria
2013 C Olimpia 2-1 Real Sociedad
2013 A Real España 3-3 Real Sociedad Real España vitória nos penaltis por 3 a 1.
2014 C Olimpia 0-0 Marathon Olimpia vitória nos penaltis por 4 a 2.
2014 A Motagua 2-1 Real Sociedad
2015 C -

Títulos por clube[editar | editar código-fonte]

Clube Campeão Vice-Campeão Anos do Campeonato
Olimpia 28 17 1966–67, 1967–68, 1969–70, 1971–72, 1977–78, 1982–83, 1984–85, 1986–87, 1987–88, 1989–90, 1992–93, 1995–96, 1996–97, 1998–99, 2000–01 A, 2002–03 A, 2003–04 C, 2004–05 C, 2005–06 A, 2005–06 C, 2007–08 C, 2008–09 C, 2009–10 C, 2011–12 A, 2011–12 C, 2012–13 A, 2012–13 C, 2013–14 C
Motagua 13 9 1968–69, 1970–71, 1973–74, 1978–79, 1991–92, 1997–98 A, 1997–98 C, 1999–2000 A, 1999–2000 C, 2001–02 A, 2006–07 A, 2010–11 C, 2014–15 A
Real España 11 11 1974–75, 1975–76, 1976–77, 1980–81, 1988–89, 1990–91, 1993–94, 2003–04 A, 2006–07 C, 2010–11 A, 2013–14 A
Marathón 8 13 1979–80, 1985–86, 2001–02 C, 2002–03 C, 2004–05 A, 2007–08 A, 2008–09 A, 2009–10 A
Vida 2 3 1981–82, 1983–84
Platense 2 3 1965–66, 2000–01 C
Victoria 1 2 1994–95
Real Sociedad 0 3
Universidad 0 2
Atlético Morazán 0 1
Petrotela 0 1
Total 65 65

Maiores Goleadores[editar | editar código-fonte]

Maiores Goleadores (entre 10/05/2009)'
Jogador Gols
Honduras Wilmer Velásquez 196
Brasil | Honduras Denilson Costa 155
Honduras Juan Manuel Cárcamo 101
Honduras Francisco Ramírez 95
Brasil | Honduras Marcelo Ferreira 94
Brasil Luciano Emílio 89
Honduras Prudencio Norales 88
Argentina Danilo Tosello 86
Honduras Reynaldo Mejía 83
Honduras Angel Obando 78
Honduras Eduardo Bennet 82
Brasil Ney Costa 82
Honduras Pompilio Cacho 81
Argentina Luis Oswaldo Altamirano 80
Honduras Carlos Alvarado 79
Honduras Antonio Obando 76
Honduras Leonel Machado 78
Honduras Nelson "Hungaro" Larios 75

Goleadores por campeonato[editar | editar código-fonte]

Temporada Nome Equipe Gols
1965
Honduras Enrique Grey Fúnez La Salle
14
1966
Honduras Mauro Caballero Club Deportivo Marathón
12
1967
Honduras Junia Garden Club Deportivo Vida
13
1968
Brasil Roberto Abruzzesse Club Deportivo Motagua
16
1969
Brasil Flavio Ortega Club Deportivo Marathón
18
1970
Honduras Carlos Alvarado Club Deportivo Vida
16
1971
Honduras Carlos Alvarado Club Deportivo Vida
14
1973
Honduras Mario B. Artica
Costa Rica Allard Plummer
Club Deportivo Motagua
Club Deportivo Marathón
13
1974
Chile Rubén Rodríguez Peña Club Deportivo Platense
14
1975
Honduras Marco Tulio López Club Deportivo Olimpia
11
1976
Honduras Óscar Hernández Club Deportivo Marathón
10
1977
Chile Mario Hernán Yubini Carreño Club Deportivo Motagua
10
1978
Honduras Salvador Bernárdez Club Deportivo Motagua
11
1979
Honduras Prudencio Norales Club Deportivo Olimpia
15
1980
Argentina Luis Oswaldo Altamirano Club Broncos
13
1981
Argentina Luis Oswaldo Altamirano Club Broncos
15
1982
Argentina Luis Oswaldo Altamirano Club Broncos
13
1983
Honduras Raúl Centeno Gamboa Club Deportivo Platense
17
1984
Argentina Luis Oswaldo Altamirano Club Universidad
13
1985
Honduras Juan Alberto Flores Club Deportivo Olimpia
9
1986
Honduras Cipriano Dueñas Club Deportivo Vida
12
1987
Honduras Gilberto Leonel Machado Club Deportivo Marathón
19
1988
Honduras Raúl Centeno Gamboa
Honduras Carlos H. Lobo
Honduras Miguel Matthews
Uruguai Rubén Alonso
Club Deportivo Platense
Curacao
Club Deportivo Motagua
Real Club Deportivo España
8
1989
Honduras Alex Giovanny Ávila Real Club Deportivo España
13
1990
Honduras Luis Orlando Vallejo Real Club Deportivo España
12
1991
Honduras Eduardo Bennett Club Deportivo Olimpia
12
1992
Honduras Jorge Arturo Arriola Súper Estrella
18
1993
Honduras Alex Pineda Chacón Club Deportivo Olimpia
12
1994
Honduras Alex Geovanny Ávila Club Deportivo Motagua
14
1995
Honduras Edwin Geovanny Castro Club Deportivo Motagua
14
1996
Brasil Denilson Costa Club Deportivo Motagua
13
1999
Brasil Marcio Machado Club Deportivo Platense
11
Ap. 1997
Honduras Wilmer Velásquez Olimpia
19
Cl. 1998
Honduras Amado Guevara Motagua
14
Ap. 1999
Honduras Wilmer Velásquez Olimpia
12
Cl. 2000
Honduras Juan Manuel Cárcamo Olimpia
16
Ap. 2000
Argentina Marcelo Verón Platense
12
Cl. 2001
Honduras Pompilio Cacho Marathón
12
Ap. 2001
Honduras Enrique Centeno Renau Motagua
14
Cl. 2002
Brasil Marcelo Ferrerira Platense
13
Ap. 2002
Brasil Marcelo Ferreira Platense
14
Cl. 2003
Brasil Luciano Emilio Real España
10
Ap. 2003
Argentina Danilo Javier Tosello Olimpia
12
Cl. 2004
Brasil Luciano Emilio Olimpia
14
Ap. 2004
Brasil Luciano Emilio Olimpia
16
Cl. 2005
Honduras Francisco Ramírez Platense
10
Ap. 2005
Honduras Francisco Ramírez Platense
13
Cl. 2006
Brasil Luciano Emilio Olimpia
12
Ap. 2006
Honduras Carlo Costly Platense
10
Cl. 2007
Honduras Carlos Pavón Real España
15
Ap. 2007
Honduras Emil Martínez Marathón
10
Cl. 2008
Honduras Wilmer Velásquez Olimpia
10
Ap. 2008
Brasil Everaldo Ferreira Real España
13
Cl. 2009
Argentina Sergio Diduch Hispano
10
Ap. 2009
Honduras Jerry Palacios Marathón
14
Cl. 2010
Honduras Jerry Bengtson Vida
13
Ap. 2010
Honduras Jerry Bengtson Vida
12
Cl. 2011
Honduras Jerry Bengtson Motagua
15
Ap. 2011
Uruguai Claudio Cardozo Marathón
15
Cl. 2012
Uruguai Oscar Torlacoff
Uruguai Mauricio Copete
Atlético Choloma
Victoria
9
Ap. 2012
Honduras Roger Rojas Olimpia
10
Cl. 2013
Honduras Rony Martínez Real Sociedad de Tocoa
13
Ap. 2013
Honduras Rubilio Castillo Vida
12
Cl. 2014
Honduras Rony Martínez Real Sociedad de Tocoa
16
Ap. 2014
Honduras Eddie Hernández Vida
14

Ligação Externa[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.campeoesdofutebol.com.br/honduras.html
  2. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas Birth_of_a_Liga_Nacional