Charles Ephraim Burchfield

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Charles Ephraim Burchfield (Ashtabula, Ohio, 9 de abril de 1893 - Garnerville, Nova Iorque, 10 de janeiro de 1967) foi um pintor de aquarelas e poeta norte-americano, conhecido pela visão mística impressa às paisagens e representações da natureza e às vistas urbanas daquele país.[1]

Vida e obra[editar | editar código-fonte]

Sua casa de infância em Salem.

Burchfield faz suas primeiras incursões no campo das artes visuais ainda na infância. Entre 1912 e 1916, estuda no Cleveland Institute of Art, com Henry Keller, Frank Wilcox e William J. Eastman, retornando para sua cidade-natal após concluir a graduação. Em 1921, muda-se para Buffalo, onde trabalha como designer.[2] Entre as décadas de 1920 e 1930, suas paisagens mostram semelhanças com o estilo de Edward Hopper, dando ênfase à atmosfera de solidão e isolamento do interior americano.[1]

A partir da década de 1940, Burchfield começa a se firmar como artista de renome. Suas paisagens então já evocam uma visão encantada, fantástica, da natureza norte-americana, por meio do tratamento cromático variado e da transfiguração mística da iluminação. Burchfield busca a expressão de Deus na natureza, dando a suas aquarelas uma dimensão transcendental, cuja inspiração vem em parte dos paisagistas norte-americanos do século XIX.[1]

Na década de 1950, as experiências pictóricas de Burchfield o conduzirão a uma "abstração", definida por ele de forma peculiar: "O caráter abstrato de minha recente obra é o resultado de um longo período de destilação das formações da natureza, ou dos estados de espírito, em símbolos, idéia almejada em 1915 e atingida ao cabo de um longo período de tentativas (...)".[1] [3]

Burchfield recebeu vários prêmios e expôs em um grande número de mostras. Em 1956, o Whitney Museum of American Art dedicou-lhe uma retrospectiva em homenagem aos seus 40 anos de atividade artística.[1] Em 1966, o Buffalo State College o homenageou com a criação do Charles Burchfield Center.[2] Faleceu em 1967, aos 74 anos.

Referências

  1. a b c d e Luiz Marques, 1998, pp. 142.
  2. a b Charles Burchfield's Story Burchfield Penney Art Center. Página visitada em 21 de abril de 2009.
  3. Czestochowski, 1982, pp. 152.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Marques, Luiz (org.) Catálogo do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand: Arte do Brasil e demais coleções. São Paulo: Prêmio, 1998. 142 p.
  • Czestochowski, Joseph S.. The American Landscape Tradition: A Study and Gallery of paintings. Nova Iorque: Dutton, 1982. ISBN 0525476741

Ligações externas[editar | editar código-fonte]