Corinne Bailey Rae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Corinne Bailey Rae
Corinne Bailey Rae at Divan du Monde, Jan 2009.jpg
Corinne em 2009
Informação geral
Nome completo Corinne Jacqueline Bailey Rae
Nascimento 26 de Fevereiro de 1979 (35 anos)
Origem Leeds, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Soul, R&B, jazz, blues, acústica
Ocupação(ões) cantora, compositora
Instrumento(s) vocal, violão
Período em atividade 2005 - presente
Gravadora(s) EMI
Influência(s) Led Zeppelin, Roberta Flack, Billie Holiday, Lenny Kravitz, Stevie Wonder, Mary J. Blige, Portishead, Erykah Badu, Lauryn Hill, Amy Winehouse[1] e Herbie Hancock.
Página oficial corinnebaileyrae.net

Corinne Bailey Rae (nascida Corinne Jacqueline Bailey; Leeds, 26 de Fevereiro de 1979) é uma cantora britânica de soul music. Atualmente Bailey Rae, esta em The Sea Tour pela Europa e América do Norte, para divulgar o álbum de mesmo nome.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Corinne nasceu e se criou na cidade de Leeds, na Inglaterra, filha de pai são-cristovense e mãe inglesa, sendo a mais velha de três irmãs. Canta desde criança. Começou como muitas cantoras de Soul Music, cantando em coros de Igreja. Na escola, chegou a estudar violino clássico, mas não levou tal aprendizado muito adiante, pois tinha ambições diferentes.

Uma delas, foi sua primeira aventura fora dos coros: uma banda indie que formou, aos 15 anos, com meninas de sua cidade, que foi batizada de Helen. O som possuía influências estilísticas de Led Zeppelin unida com a vontade der obter o mesmo sucesso de bandas femininas anteriores, como Veruca Salt e L7. Corinne era a vocalista e autora das letras que embalavam os hits da banda. Helen chegou a se destacar na cidade local, dando visibilidade ao talento daquela jovem vocalista.

A banda durou pouco mais de 3 anos, dissolvendo-se após a gravidez da guitarrista.

Depois do fim da Helen, Rae estudou Literatura Inglesa, na Universidade de Leeds, graduando-se em 2000. Enquanto estava, trabalhava à noite na chapelaria de um clube de jazz local. Ali, nos dias de menor movimento, subia ao palco para cantar, acompanhada pela banda do clube. Foi lá que descobriu um tipo diferente de música, que a levou a uma outra direção: "Eu ficava ouvindo jazz e soul e descobri que adorava música também."

Nessa época, conheceu Jason Rae (n. 1976), um saxofonista escocês, com quem veio a se casar em 2001, aos vinte e dois anos. Jason foi encontrado morto em 22 de março de 2008, por overdose de metadona e álcool.[2]

Depois de 10 anos, cantando com algumas componentes da banda, ou então em festas de família, Corinne já possuía material suficiente para lançar um CD. Foi então que a gravadora EMI a descobriu e decidiu apostar em seu repertório. Porém, meses antes do lançamento do álbum, a gravadora fez com que Corinne apresentasse ao público o single "Like a Star". O retorno não poderia ser melhor. O sucesso da música lhe concedeu o prêmio "Som de 2006" da BBC, muitas capas de revista e diversas entrevistas em programas de rádio.

Em 27 de Fevereiro de 2006, Corinne lançou seu álbum solo. Com influências do Jazz (de que se declara fã), da Música Clássica e da soul music, Corinne então se solidificou e encantou o Reino Unido com sua voz doce e suave, arrancando da crítica jornalística artigos absolutamente positivos, e aplausos do público.

A principal marca de Corinne, como cantora, é o profundo sentimento que põe nas letras de suas músicas, unido ao fantástico poder de encantar e prender o ouvinte. As músicas do Cd tem um toque de leveza, confirmado pela própria aparência angelical da cantora, mas que não foge de suas influências de Black Music, fazendo uma mistura de estilos sem se perder nos arranjos. A personalidade de seu trabalho se reflete em cada estrofe das letras musicais, que embora sentimentais, não pecam por excesso.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Melhor Posição Vendas Certificação
U.S. U.S. R&B UK UK R&B
2007 Corinne Bailey Rae 4 3 1 1
  • Vendas mundiais: 4,000,000
  • Vendas nos EUA: 1,900,000
2010 The Sea 7 2 5 2
  • Vendas mundiais: 1,000,000
  • Vendas nos EUA: 200,000

Álbuns Ao Vivo[editar | editar código-fonte]

Ano CD Vendas
2007 Live in London & New York 50,000

EP's[editar | editar código-fonte]

Ano CD Vendas
2011 The Love EP 30,000

Declarações da Imprensa[editar | editar código-fonte]

  • A estrela feminina de 2006 - Sunday Mirror
  • Bailey Rae é uma grande diva. Ela brilha - Sunday Times
  • O estrelato é garantidamente dela - Independent on Saturday
  • Essa moça vai tornar-se uma estrela - uma estrela muito grande - The Sun
  • Nada vai parar Corinne Bailey Rae quando seu álbum sair - Daily Star
  • Sua voz foi comparada a de Billie Holiday, mas deve muito também a de Lauryn Hill e Macy Gray. É tão calorosa, e seu estilo tão intimista (…) ela é uma verdadeira estrela - The Guardian
  • Ela possui uma voz que estala com vivacidade e coração (…) e tem o potencial de tornar-se algo distinto e especial - Metro
  • Quando Ouvi a voz Dela Fiquei Enlouquecida perguntei:quem é essa menina,a voz dela é brilhante - Lady Gaga

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Grammy[editar | editar código-fonte]

O prêmio Grammy é realizado desde 1958.Corinne Bailey Rae ganhou no total dois Grammys, e teve quatro indicações, incluindo, Melhor Artista Revelação, Álbum do Ano e Gravação do Ano.

Ano Nomeação Categoria Resultado
2007 Corinne Bailey Rae Melhor Artista Revelação Indicação
"Put Your Records On" Gravação do Ano Indicação
Música do Ano Indicação
2008 "Like A Star" Música do Ano Indicação
River: The Joni Letters Álbum do Ano Venceu
Melhor Álbum de Jazz Contemporâneo Venceu

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jim Farber (29 de março de 2011). British music invasion triggered by Amy Winehouse now includes Eliza Doolittle, Adele, Rumer (em inglês) New York Daily News. Página visitada em 20 de maio de 2013.
  2. BBC News, 22 de dezembro de 2008 Overdose killed singer's husband
  3. a b ARIA accreditations - 2009 Albums Australian Recording Industry Association. Página visitada em 2009-07-06.
  4. Certificados ABPD. (2009). Página visitada em 15/10/2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
The Bravery
Sound of...
2006
Sucedido por
Mika
Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.