Eleições gerais nos Países Baixos em 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
‹ 2010 • Flag of the Netherlands.svg             
Eleições gerais nos Países Baixos em 2012
Todos os 150 lugares da Câmara dos Representantes dos Países Baixos
76 assentos são necessários para obter-se a maioria
12 de setembro de 2012
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  12 689 810
Votantes : 9 462 223
  
74.57% Red Arrow Down.svg 1.1%
Mark Rutte-6.jpg
Partido Popular para a Liberdade e Democracia - Mark Rutte
Votos: 2 504 948  
lugares obtidos: 41 Green Arrow Up.svg 32.3%
  
26.47%
01. Diederik Samsom.jpg
Partido do Trabalho - Diederik Samsom
Votos: 2 340 750  
lugares obtidos: 38 Green Arrow Up.svg 26.7%
  
24.74%
Slotdebat verkiezingen (final debate elections) 2006-2 cropped and flipped.jpg
Partido para a Liberdade - Geert Wilders
Votos: 950 263  
lugares obtidos: 15 Red Arrow Down.svg 37.5%
  
10.04%
Emile Roemer 2009.jpg
Partido Socialista - Emile Roemer
Votos: 909 853  
lugares obtidos: 15 Red Arrow Down.svg 0%
  
9.62%
Sybrand van Haersma Buma 2012.jpg
Apelo Cristão-Democrático - Sybrand van Haersma Buma
Votos: 801 620  
lugares obtidos: 13 Red Arrow Down.svg 38.1%
  
8.47%
Pechtold 29 03 048b (2).jpg
Democratas 66 - Alexander Pechtold
Votos: 757 091  
lugares obtidos: 12 Green Arrow Up.svg 20%
  
8.00%
Arie Slob.JPG
União Cristã - Arie Sloob
Votos: 294 586  
lugares obtidos: 5 Red Arrow Down.svg 0%
  
3.11%
Jolande Sap 2.jpg
EsquerdaVerde - Jolande Sap
Votos: 219 896  
lugares obtidos: 4 Red Arrow Down.svg 60%
  
2.32%
Kees van der Staaij.jpg
Partido Política Reformada - Kees van der Staaij
Votos: 196 780  
lugares obtidos: 3 Green Arrow Up.svg 50%
  
2.08%
Marianne Thieme.jpg
Partido pelos Animais - Marianne Thieme
Votos: 182 162  
lugares obtidos: 2 Red Arrow Down.svg 0%
  
1.93%

Royal coat of arms of the Netherlands.svg Primeiro-ministro dos Países Baixos
Titular
Mark Rutte
VVD
Eleito
A definir

Uma eleição geral antecipada foi realizada nos Países Baixos a 12 de Setembro de 2012[1] , na sequência da demissão do governo do primeiro-ministro Mark Rutte a 23 de Abril. Os 150 lugares da Câmara dos Representantes serão distribuidos pelo sistema de representação proporcional.[2] Foi a quinta vez em dez anos que os holandeses participam das eleições legislativas.

O governo de Mark Rutte caiu após o Partido para a Liberdade (PVV), que o apoiava no parlamento, ter recusado apoiar as medidas de austeridade que o gabinete pretendia implementar.[3]

O Partido Popular para a Liberdade e Democracia (VVD) venceu as eleições, conquistando duas cadeiras a mais que o segundo colocado, o Partido do Trabalho. O Partido para a Liberdade, do populista de direita Geert Wilders, foi o maior derrotado nestas eleições, perdendo 9 das 24 cadeiras que possuia no Parlamento. Este partido configura-se como sendo euroceticista, e o resultado demonstra que os holandeses confiam na zona do euro.[4] A eleição também mostrou uma diferença em relação com a maioria das eleições de outros países europeus, onde, independentemente da ideologia que estava no poder, todos os partidos políticos estavam sendo substituídos pela oposição.[5]

Mark Rutte, tem o desafio de formar uma coalizão com o Partido do Trabalho, que apesar de ser favorável à União Europeia tem grnades divergências políticas social e fiscal. A união deles torna-se incomum; as coalizões costumam englobar três ou quatro partidos, o que pode demorar meses.[4] Os liberais (como, por exemplo, Mark) possuem tendência de maior aliança com as ideias alemãs de um plano de austeridade, e os trabalhistas tendem a aproximação com o presidente francês François Hollande para relançar a economia europeia, sem, no entanto, renunciar à disciplina orçamentária.[4]

Processo eleitoral[editar | editar código-fonte]

Nos Países Baixos, os eleitores possuem o costume de fazer teste eleitorais online. Vários sites como o Stemwijzer (Indicador de Voto) e o Kieskompas (Bússola Eleitoral) elaboram teses nos principais temas mais relevantes de 20 partidos. Nessas pesquisas virtuais, o internauta escolhe uma opção (concorda, não concorda, nenhum dos dois) com relação à uma ideia partidária; e por fim apresenta-se o partido que tem mais afinidade com o internauta.[6]

Partidos concorrentes[editar | editar código-fonte]

Lista Partido Sigla Líder Eleições de 2010 Detalhes
1. Partido Popular para a Liberdade e Democracia
(Volkspartij voor Vrijheid en Democratie)
VVD Mark Rutte 20,5% (31 deputados)
2. Partido do Trabalho
(Partij van de Arbeid)
PvdA Diederik Samsom 19,6% (30 deputados) em aliança eleitoral com o SP e a GL
3. Partido para a Liberdade
(Partij voor de Vrijheid)
PVV Geert Wilders 15,4% (24 deputados)
4. Apelo Cristão-Democrático
(Christen-Democratisch Appèl)
CDA Sybrand van Haersma Buma 13,6% (21 deputados)
5. Partido Socialista
(Socialistische Partij)
SP Emile Roemer 9,8% (15 deputados) em aliança eleitoral com o PvdA e a GL
6. Democratas 66
(Democraten 66)
D66 Alexander Pechtold 6,9% (10 deputados)
7. EsquerdaVerde
(GroenLinks)
GL Jolande Sap 6,7% (10 deputados) em aliança eleitoral com o PvdA e a SP
8. União Cristã
(ChristenUnie)
CU Arie Slob 3,2% (5 deputados) em aliança eleitoral com o SGP
9. Staatkundig Gereformeerde Partij SGP Kees van der Staaij 1,7% (2 deputados) em aliança eleitoral com a CU
10. Partij voor de Dieren PvdD Marianne Thieme 1,3% (2 deputados)
11. Partido Pirata
(Piratenpartij)
PP Dirk Poot 0,1% (0 deputados)
12. Partij voor Mens en Spirit MenS Lea Manders 0,3% (0 deputados) não concorre nos Países Baixos Caribenhos
13. Nederland Lokaal NL Ton Schijvenaars não participou
14. Libertarische Partij LP Toine Manders não participou
15. Democratisch Politiek Keerpunt DPK Hero Brinkman não participou fusão do TON com OBP (dissidentes do PVV).
16. 50Plus 50+ Henk Krol não participou
17. Liberaal Democratische Partij LibDem Sammy van Tuyll van Serooskerken não participou não concorre nos Países Baixos Caribenhos
18. Anti Europa Partij Arnold Reinten não participou
19. Soeverein Onafhankelijke Pioniers Nederland SOPN Johan Oldenkamp não participou não concorre nos Países Baixos Caribenhos
20. Partij van de Toekomst PvdT Johan Vlemmix não participou não concorre nos Países Baixos Caribenhos
21. Politieke Partij NXD Anil Samlal não participou concorre apenas no círculo 9

Resultados[editar | editar código-fonte]

A participação eleitoral foi de cerca de 74%, menos um ponto percentual que dois anos antes.

Eleições gerais nos Países Baixos de 2012
Partido Votos Votos (%) Votos (±) Assentos Assentos
(%)
Assentos
(±)
  Partido Popular para a Liberdade e Democracia 2 504 948
 
26,47%
+6,04% 41 27,33% +10
  Partido do Trabalho 2 340 750
 
24,74%
+5,16% 38 25,33% +8
  Partido para a Liberdade 950 263
 
10,04%
-5,36% 15 10% -9
  Partido Socialista 909 853
 
9,62%
-0,17% 15 10% 0
  Apelo Cristão-Democrático 801 620
 
8,47%
-5,1% 13 8,67% -8
  Democratas 66 757 091
 
8%
+1,07% 12 8% +2
  União Cristã 294 586
 
3,11%
-0,12% 5 3,33% 0
  EsquerdaVerde 219 896
 
2,32%
-4,33% 4 2,67% -6
  Partido Política Reformada 196 780
 
2,08%
+0,35% 3 2% +1
  Partido pelos Animais 182 162
 
1,93%
+0,63% 2 1,33% 0
  50PLUS 177 631
 
1,88%
+1,88% 2 1,33% +2
  Partido Pirata 30 600
 
0,32%
+0,21% 0 0% 0
  Partij voor Mens en Spirit 18 310
 
0,19%
-0,09% 0 0% 0
  Soeverein Onafhankelijke Pioniers Nederland 12 982
 
0,14%
+0,14% 0 0% 0
  Partij van de Toekomst 8 194
 
0,09%
+0,09% 0 0% 0
  Democratisch Politiek Keerpunt 7 363
 
0,08%
+0,08% 0 0% 0
  Libertarische Partij 4 163
 
0,04%
+0,04% 0 0% 0
  Nederland Lokaal 2 842
 
0,03%
+0,03% 0 0% 0
  Liberaal Democratische Partij 2 126
 
0,02%
+0,02% 0 0% 0
  Anti Europa Partij 2 013
 
0,02%
+0,02% 0 0% 0
  Politieke Partij NXD 62
 
0%
+0% 0 0% 0
Totais 9 424 235   150  
Votos em Branco 17 004 0,18% +0,09%  
Votos Nulos 20 984 0,22% +0,03%  
Participação 9 462 223 74,57% -0,81%  
Fonte: Resultados Oficiais

Sondagens[editar | editar código-fonte]

Data Empresa VVD PvdA PVV CDA SP D66 GL CU SGP PvdD 50 Plus
11 de Setembro de 2012[7] Ipsos
Neth.
24.3%
(37)
23.4%
(36)
11.4%
(17)
8.8%
(13)
13.4%
(21)
6.7%
(10)
2.3%
(4)
3.7%
(5)
1.2%
(2)
2.1%
(3)
1.5%
(2)
8 de Setembro de 2012[7] Ipsos
Neth.
22.5%
(35)
22.7%
(35)
12.3%
(19)
8.4%
(13)
13.4%
(21)
7.7%
(11)
2.9%
(4)
4.2%
(6)
1.5%
(2)
2.2%
(3)
0.7%
(1)
5 de Setembro de 2012[8] Ipsos
Neth.
21.6%
(34)
20.5%
(32)
13.3%
(20)
8.0%
(12)
14.2%
(22)
8.3%
(13)
2.7%
(4)
4.1%
(6)
1.6%
(2)
2.2%
(3)
1.8%
(2)
3 de Setembro de 2012[8] Ipsos
Neth.
22.7%
(35)
19.3%
(30)
11.7%
(18)
9.0%
(14)
15.4%
(24)
9.5%
(14)
1.7
(3)
3.1%
(4)
1.3%
(2)
3.0%
(4)
1.8%
(2)
31 de Agosto de 2012[9] Ipsos
Neth.
22.1%
(34)
16.6%
(26)
13.2%
(20)
8.9%
(13)
17.1%
(27)
9.2%
(14)
2.9%
(4)
3.5%
(5)
1.5%
(2)
2.6%
(4)
1.0%
(1)
24 de Agosto de 2012[9] Ipsos
Neth.
22.1%
(34)
14.0%
(22)
12.4%
(19)
9.3%
(14)
19.8%
(30)
9.5%
(14)
3.4%
(5)
3.9%
(6)
1.6%
(2)
2.0%
(3)
1.1%
(1)
17 de Agosto de 2012[10] Ipsos
Neth.
22.7%
(35)
14.9%
(23)
11.9%
(18)
9.0%
(14)
18.4%
(29)
9.5%
(14)
2.7%
(4)
3.4%
(5)
2.0%
(3)
2.5%
(3)
1.4%
(2)
10 de Agosto de 2012[10] Ipsos
Neth.
21.0%
(32)
14.3%
(22)
12.6%
(19)
9.6%
(15)
19.8%
(31)
10.2%
(15)
2.6%
(4)
4.2%
(6)
1.4%
(2)
2.5%
(3)
1.2%
(1)
27 de Julho de 2012[11] Ipsos
Neth.
22.2%
(35)
14.9%
(23)
11.9%
(18)
9.5%
(15)
18.8%
(29)
9.4%
(14)
3.1%
(4)
4.5%
(6)
1.5%
(2)
1.9%
(3)
1.2%
(1)
13 de Julho de 2012[11] Ipsos
Neth.
23.3%
(36)
14.7%
(23)
12.4%
(19)
10.5%
(16)
17.8%
(27)
8.3%
(13)
3.6%
(5)
3.6%
(5)
1.6%
(2)
2.3%
(3)
0.8%
(1)
6 de Julho de 2012[12] Ipsos
Neth.
23.0%
(35)
16.0%
(25)
11.9%
(18)
9.4%
(14)
18.8%
(29)
8.7%
(13)
2.7%
(4)
3.9%
(6)
1.6%
(2)
2.4%
(3)
0.8%
(1)
29 de Junho de 2012[12] Ipsos
Neth.
20.8%
(32)
15.1%
(23)
13.1%
(20)
9.4%
(14)
18.3%
(28)
9.3%
(14)
3.2%
(5)
4.5%
(7)
2.1%
(3)
2.3%
(3)
0.9%
(1)
15 de Junho de 2012[13] Ipsos
Neth.
22.3%
(34)
15.5%
(24)
15.3%
(23)
8.0%
(12)
16.6%
(25)
9.6%
(15)
3.3%
(5)
4.0%
(6)
1.4%
(2)
2.1%
(3)
0.7%
(1)
2 de Junho de 2012[13] Ipsos
Neth.
21.0%
(32)
15.3%
(24)
14.1%
(22)
9.4%
(14)
17.6%
(27)
9.7%
(15)
3.7%
(5)
3.4%
(5)
1.6%
(2)
2.3%
(3)
0.8%
(1)
25 de Maio de 2012[14] Ipsos
Neth.
19.8%
(30)
16.2%
(25)
13.4%
(20)
10.3%
(16)
17.5%
(27)
10.3%
(16)
3.8%
(5)
3.7%
(5)
1.4%
(2)
2.3%
(3)
0.8%
(1)
18 de Maio de 2012[14] Ipsos
Neth.
20.1%
(31)
16.0%
(24)
13.8%
(21)
10.7%
(16)
17.3%
(27)
9.8%
(15)
3.8%
(5)
3.4%
(5)
1.4%
(2)
2.5%
(3)
0.7%
(0)
12 de Maio de 2012[15] Ipsos
Neth.
21.4%
(33)
14.5%
(22)
12.7%
(19)
10.3%
(16)
18.5%
(28)
9.9%
(15)
3.8%
(5)
3.9%
(6)
1.3%
(2)
2.5%
(3)
0.8%
(0)
5 de Maio de 2012[15] Ipsos
Neth.
22.9%
(35)
14.7%
(23)
11.4%
(17)
9.0%
(14)
18.5%
(28)
10.1%
(15)
4.1%
(6)
3.6%
(5)
1.4%
(2)
2.9%
(4)
0.8%
(1)
27 de Abril de 2012[16] Ipsos
Neth.
22.4%
(34)
16.5%
(25)
12.1%
(18)
8.4%
(13)
17.2%
(26)
10.6%
(16)
3.3%
(5)
4.0%
(6)
1.7%
(2)
2.2%
(3)
0.8%
(1)
19 de Abril de 2012[16] Ipsos
Neth.
24.0%
(37)
17.3%
(27)
12.0%
(18)
8.2%
(12)
17.0%
(26)
8.8%
(13)
3.5%
(5)
3.3%
(5)
1.6%
(2)
3.1%
(4)
0.8%
(1)
5 de Abril de 2012[17] Ipsos
Neth.
23.6%
(36)
17.1%
(26)
13.3%
(20)
8.8%
(13)
16.3%
(25)
8.7%
(13)
4.1%
(6)
3.2%
(5)
1.4%
(2)
2.0%
(3)
0.8%
(1)
22 de Março de 2012[17] Ipsos
Neth.
22.1%
(34)
16.8%
(26)
13.9%
(21)
9.4%
(14)
16.8%
(26)
7.7%
(11)
4.5%
(7)
3.3%
(5)
1.5%
(2)
2.4%
(4)
1.1%
(1)
Data Empresa VVD PvdA PVV CDA SP D66 GL CU SGP PvdD 50 Plus

Referências

  1. Dutch government sets election date (em Inglês) CNN (27 de abril de 2012). Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  2. Liberais vencem eleições e preparam governo de coalizão na Holanda (em português) Rfi (13/9/2012). Página visitada em 13/9/2012.
  3. Schneider, Howard (24 de abril de 2012). Dutch government falls in skirmish over austerity measures (em Inglês) The Washington Post.. Página visitada em 5 de setembro.
  4. a b c Liberais vencem eleições acirradas na Holanda (em português) DW (13/9/2012). Página visitada em 13/9/2012.
  5. Primeiro-ministro da Holanda vence eleições e continua no poder Bom Dia Brasil (13/9/2012). Página visitada em 13/9/2012.
  6. Holandeses vão às urnas em eleições parlamentares (em portuguesa) IG (12/9/2012).
  7. a b Politieke Barometer in Detail - Week 37 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 12 de setembro de 2012.
  8. a b Ipsos Netherlands 5 September 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 6 de setembro de 2012.
  9. a b Ipsos Netherlands 31 August 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  10. a b Ipsos Netherlands 17 August 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  11. a b Ipsos Netherlands 27 July 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  12. a b Ipsos Netherlands 6 July 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  13. a b Ipsos Netherlands 15 June 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  14. a b Ipsos Netherlands 25 May 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  15. a b Ipsos Netherlands 12 May 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  16. a b Ipsos Netherlands 27 April 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.
  17. a b Ipsos Netherlands 5 April 2012 (em Holandês) Politiekebarometer.nl. Página visitada em 5 de setembro de 2012.