Elma Chips

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

A Elma Chips é a empresa brasileira da Frito-Lay, subsidiária do ramo de snacks do grupo americano Pepsico, que engloba, entre outras marcas, os refrigerantes Pepsi e os sucos Tropicana.

Com presença em praticamente todo o país, seja através de venda direta ou de distribuidores, a Elma Chips conta com market share superior a 75% do mercado brasileiro.

Em 1974 a PepsiCo adquiriu e uniu as empresas American Potato Chips de São Paulo e a Elma Produtos Alimentícios, de Curitiba. Dessa união, nasceu a Elma Chips: a empresa líder do setor de salgadinhos, com uma linha variada de produtos para diferentes tipos de consumidores. Não demorou a marca se tornou conhecida, muito em função do seu famoso slogan “É impossível Comer Um só”.

O Banconzitos, um dos sucessos da empresa foi lançado em 1974, acompanhado do Stiksy. Em 1976 foi introduzido no Brasil o salgadinho Cheetos na versão original, depois vieram o Fandangos original no sabor milho (1980), o salgado Cebolitos (1978), a batata Ruffles em 1986 e o Doritos. Em 1982 foram lançados os sabores Queijo e Presunto do salgadinho Fandangos. Em 2004, com uma campanha de lançamento de R$ 20 milhões, o maior da história da Elma Chips no país, intorduziu a linha Sensações, uma batata mais fina e condimentada feita para agradar o paladar dos adultos.

Hoje, a Elma Chips faz parte da divisão Frito-Lay, o maior produtor de salgadinhos do mundo, que pertence ao grupo PepsiCo, que é o quinto maior produtor de alimentos e bebidas do mundo. A produção é distribuída para as filiais de vendas espalhadas pelo Brasil e daí para mais de 200 mil pontos-de-venda. 

A Elma Chips vende atualmente mais de 560 mil pacotes de salgadinhos por dia.

Principais produtos: salgadinhos e biscoitos[editar | editar código-fonte]

Os salgadinhos Baconzitos foram lançados em 1974, juntamente com o biscoito Stiksy (que já era produzido artesanalmente desde 1959 pelas famílias Wagner e Unger em Curitiba, fundadores da empresa Elma)[1] ; em 1976 introduziu-se no Brasil o biscoito Cheetos na versão original, depois vieram Fandangos com sabor de milho (1980), Cebolitos (1978), a batata Ruffles (1986) e Doritos. Em 1982 foram lançados Fandangos com sabores queijo e presunto. Em 2004, a empresa introduziu a linha Sensações.[2]

A produção é distribuída para as filiais de vendas espalhadas pelo Brasil e, a partir dessas filiais, para mais de 200 mil pontos pontos de venda, e a Elma Chips vende atualmente mais de 560 mil pacotes de biscoito por dia.[2]

Ingredientes possivelmente danosos à saúde[editar | editar código-fonte]

Milho transgênico[editar | editar código-fonte]

A partir de 2011, a Elma Chips começou a utilizar milho transgênico em alguns produtos. Os biscoitos fabricados com esse ingrediente possuem um triângulo amarelo com a letra "T" e a frase "biscoito de milho geneticamente modificado" impressos na embalagem.[3] Os riscos do milho transgênico para a saúde têm sido objeto de pesquisas. Sabe-se que camundongos submetidos a dietas contendo quantidades significativas de determinado tipo de milho transgênico (o MON 863, produzido pela Monsanto), desenveram lesões consideráveis em órgãos importantes (rins, fígado, etc). Além disso, tiveram afetado o seu sistema imunológico (contagem de linfócitos, leucócitos, granulócito) e o metabolismo da glicose. [4] [5] [6]

Glutamato de sódio[editar | editar código-fonte]

O glutamato monossódico (GMS) é amplamente utilizado na indústria de alimentos como realçador de sabor, particularmente dos salgadinhos e biscoitos. Estudos epidemiológicos correlacionam o consumo de GMS a diversos quadros patológicos como o mal de Alzheimer e a doença de Huntington, bem como lesões irreversíveis em diversas áreas do hipotálamo, como o núcleo arqueado, as quais podem levar a diversas desordens metabólicas - hiperfagia, hiperinsulinemia[7] , alterações na termogênese [8] e desordens do sistema nervoso autônomo, produzindo a chamada obesidade hipotalâmica.[9]

Linha de produtos[editar | editar código-fonte]

  • Pegaditos (19xx-2004) biscoito na forma de pegadas de dinossauro (saiu de linha)
  • Baconzitos (1974)
  • Stiksy (1976)
  • Cheetos; Bola, Tubo e Tradicional (1977). Depois de (1986), permanece somente no formato original, retornando o Bola, Tubo e novidades: Estrela, Meia-Lua e Ondas, no sabor requeijão, em (2000). Atualmente, estão a venda as versões Lua, Onda e Tubo (relançado em 2010)
  • Cebolitos (1978)
  • Fandangos (1980); sabores: queijo e presunto (feitos de milho), além de sabores esporádicos, de edições limitadas.
  • Zambinos (1982); Sabor Pizza, de formato arredondado, lembrando uma mini-pizza (saiu de linha nos anos 90, retornando em 2004, porém devido as baixas vendas, imediatamente saiu de linha)
  • Lay's (1984) (retornando em 2013); Sabor original, saiu do mercado. Atualmente a marca batiza uma marca de batata-palha. (2013 - relançada ao mercado Brasileiro: devido a inumeros pedidos a Pepsico começou a distribuir em seus pontos de vendas de SP e RJ as batatas Lay's sabores: Clássica, Sour Cream e Picanha, esta última adaptada para o mercado brasileiro. disponivel nos tamanhos: 33g e 90g. Estará disponivel para todo o território brasileiro a partir de janeiro de 2014.
  • Doritos (1985); sabores: Original, Pizza (saiu do mercado), Quejo nacho, Dippas, Sweet Chili e Late Night (sabor Cheeseburger); estes dois últimos por edição limitada. Em 2012, foi introduzido no mercado Brasileiro novo sabor: Cool Ranch, já conhecido nos Estados Unidos.
  • Ruffles (1986); sabores: tradicional, cebola e salsa e churrasco. [10]
  • Pingo d'Ouro (2002); sabores: bacon e picanha grelhada. [11]
  • Sensações (2004); sabores: frango grelhado e peito de peru. [12]
  • Sensações Fit; sabores: ervas finas e toque de azeite e sal. [13]
  • Sensações ao Forno; sabores: original. [14]
  • Stax (2006); sabores: original, cheddar, sour cream & onion e pimenta tailandesa. [15]
  • Na Mesa (2007); sabores: tradicional, salsinha e cebola e toque de pimenta
  • Opa! (2008); sabores: ovinhos de amendoim, sabores: camarão, pizza. [16]
  • De Montão (2011): um snack com Ruffles, Doritos e Baconzitos juntos em uma só embalagem.Em outra versão, Ruffles, Fandangos e Cebolitos. [17]

Referências

  1. : Artigo sobre a Elma Chips na edição online da Gazeta do Povo
  2. a b Elma Chips - História da marca
  3. 'Snacks' de milho transgênico
  4. Arpad Pusztai. RE: EVALUATION OF MONSANTO'S FEEDING STUDY ON MON863. Visitado em 23 de março de 2013.
  5. The Institute of Science in Society. A Comparison of the Effects of Three GM Corn Varieties on Mammalian Health. Visitado em 23 de março de 2013.
  6. New Analysis of a Rat Feeding Study with a Genetically Modified Maize Reveals Signs of Hepatorenal Toxicity. Por Gilles-Eric Séralini,Dominique Cellier e Joël Spiroux de Vendomois. Archives of Environmental Contamination and Toxicology. © Springer Science+Business Media, Inc. 2007. 10.1007/s00244-006-0149-5
  7. Elevação da insulina na corrente sanguínea. Ver Hiperinsulinemia
  8. Capacidade do organismo de equilibrar a temperatura interna do corpo com a do meio ambiente. Ver O que é termogênese? Por Ana Paula Ferreira. Revista Vivasaúde, 13 de maio de 2013.
  9. Salgadinhos: deliciosos ou perigosos? Os riscos do glutamato monossódico. Bromatologia em Saúde, 8 de junho de 2011
  10. RUFFLES ® lança Super Onda sabor Original e repagina
  11. Elma Chips - Pingo D`ouro
  12. PepsiCo lança sabor exclusivo de Elma Chips Sensações para Norte e Nordeste
  13. A linha Elma Chips adultos traz mais uma inovação: Sensações Fit
  14. Elma Chips lança “Sensações ao Forno Original com um Toque de Azeite Gallo”
  15. Stax e Pringles em disputa no Brasil
  16. PepsiCo aposta em festas juninas para aumentar consumo de snacks
  17. DE MONTÃO™ traz RUFFLES®, FANDANGOS® e CEBOLITOS® em mesma embalagem

Ligações externas[editar | editar código-fonte]