Estádio Presidente Vargas (Fortaleza)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Presidente Vargas
Reforma-PV.JPG
Reforma do estádio em 2011.
Nomes
Nome Estádio Presidente Vargas
Apelido PV, Caldeirão, Arena PV
Antigos nomes Estádio Municipal (1945 a 1950)
Características
Local Fortaleza (CE),  Brasil
Gramado (105 x 68 m)
Capacidade 20 268 pessoas [1]
Construção
Data 1941
Inauguração
Data 14 de setembro de 1941
Partida inaugural Ferroviário 1 x 0 Tramways-PE
Primeiro gol Chinês (Ferroviário)
Recordes
Público recorde 20.062
Data recorde 11 de novembro de 2012
Partida com mais público Fortaleza Esporte Clube 1 x 3 Oeste Futebol Clube
Outras informações
Remodelado 20082011
Proprietário Prefeitura Municipal de Fortaleza
Administrador Prefeitura Municipal de Fortaleza
Mandante Fortaleza EC
AE Tiradentes
Ceará SC

O Estádio Presidente Vargas, mais conhecido como PV, é um estádio de futebol brasileiro localizado em Fortaleza, capital do estado do Ceará, Brasil. Sedia principalmente os jogos de Ceará, Ferroviário, Fortaleza, Tiradentes, além do Maguary, América, Calouros do Ar e Terra e Mar. Está localizado na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 1187, no bairro Benfica.

Inauguração[editar | editar código-fonte]

Antiga entrada principal do estádio.

O estádio Presidente Vargas foi construído no ano de 1941 com instalações "muito modernas" para a época. O PV era murado, tinha arquibancadas de madeira, cerca (também de madeira) separando o campo das torcidas e, a grande maravilha, um gramado (até então todos os campos na cidade de Fortaleza em vez de gramado tinham barro batido que era molhado antes das partidas).[2] O estádio foi inaugurado oficialmente em 14 de setembro de 1941, mas a primeira partida ocorreu uma semana depois.

Maior público pagante[editar | editar código-fonte]

O maior público pagante de que se tem referência já registrado no PV foi de 20.062 pessoas[3] , no jogo Fortaleza 1 - 3 Oeste, no dia 11 de novembro de 2012.

Após as reformas terminadas em 2011, o Presidente Vargas comportará apenas 20.268 torcedores sentados.

Últimas reformas[editar | editar código-fonte]

Entre fevereiro de 2008 e abril de 2011, o PV ficou interditado para a realização de uma série de melhorias. A obra, orçada em R$ 48 milhões, prevê a reconstrução da cobertura sobre as cadeiras sociais, cabines de rádio e TV, além da reforma da fachada histórica, dos túneis e das rampas de acesso, dos vestiários, das salas da administração, do estacionamento e da sala de imprensa, como também a instalação de um placar eletrônico e de alambrados em vidro.

A reforma do estádio Presidente Vargas inclui ainda a mudança de todo o sistema elétrico e hidro-sanitário, das cadeiras, das traves e a recuperação do campo. Será o principal estádio do futebol cearense até a reabertura do Castelão, em 2013. Possivelmente, será um dos centros de treinamentos (CT) para a Copa do Mundo de 2014 e a Copa das Confederações de 2013.

O PV irá receber os grandes clássicos do futebol cearense como o Clássico-Rei (Ceará x Fortaleza), o Clássico da Paz (Ferroviário x Ceará) e o Clássico das Cores (Fortaleza x Ferroviário). Além de tais clássicos, o estádio também receberá jogos da Copa do Brasil de 2011, Série A do Campeonato Brasileiro de 2011, Série C do Campeonato Brasileiro de 2011 e ainda será palco para a Copa Sul-Americana de 2011.

Os 20 maiores públicos pós-reforma[editar | editar código-fonte]

Aqui estão listados os maiores públicos do Presidente Vargas, após a reforma. Entram nas estatísticas apenas o público pagante. Clássicos não listados. Valor do ingresso da cadeira superior (arquibancada) está ao lado do público.1.     

1. Fortaleza x Oeste (Série C 2012) : 20.062 (Ingresso R$ 40,00)

2.   Ceará x Bahia (Série A 2011): 19.666 (Ingresso R$ 20,00)

3.   Fortaleza x Icasa (Cearense 2014): 19.138 (Ingresso R$ 30,00)

4.   Ceará x ASA (Copa do Brasil 2013): 18.845 (Ingresso R$ 10,00)

5.   Fortaleza x Grêmio (Copa do Brasil 2012): 18.414 (Ingresso R$ 30,00)

6.   Ceará x Tiradentes (Cearense 2012): 18.398 (Ingresso R$ 10,00)

7.   Ceará x Flamengo (Série A 2011): 18.245 (Ingresso R$ 40,00)

8.   Fortaleza x Santa Cruz (Série C 2012): 18.123 (Ingresso R$ 30,00)

9.   Fortaleza x Náutico (Copa do Brasil 2012): 17.887 (Ingresso R$ 20,00)

10.   Ceará x Joinville (Série B 2014): 17.834 (Ingresso R$ 30,00)

11. Fortaleza x Luverdense (Série C 2012): 17.721 (Ingresso R$ 30,00)

12. Fortaleza x Paysandu (Série C 2012): 17.619 (Ingresso R$ 30,00)

13. Ceará x Fluminense (Série A 2011): 17.554 (Ingresso R$ 20,00)

14. Ceará x Corinthians (Série A 2011): 17.532 (Ingresso R$ 20,00)

15. Ceará x Cruzeiro (Série A 2011): 17.331 (Ingresso R$ 40,00)

16. Ceará x América-MG (Série B 2012): 16.147 (Ingresso R$ 20,00)

17. Ceará x Santos (Série A 2011): 15.406 (Ingresso R$ 40,00)

18. Ceará x Vitória (Série B 2012): 15.011 (Ingresso R$ 40,00)

19. Fortaleza x Salgueiro (Série C 2012): 14.833 (Ingresso R$ 30,00)

20. Fortaleza x Treze (Série C 2012): 14.666 (Ingresso R$ 30,00))[1]

As 20 maiores rendas pós-reforma[editar | editar código-fonte]

PV antes da reforma.

Aqui estão listadas as maiores rendas do Presidente Vargas, após a reforma. Clássicos não listados.

  1. Fortaleza x Oeste/SP (Série C 2012): R$ 530.302,00 (Ingresso R$ 40,00)[4]
  2. Fortaleza x Santa Cruz (Série C 2012): R$ 414.570,00 (Ingresso R$ 30,00)
  3. Fortaleza x Icasa (Cearense 2014): R$ 407.124,00 (Ingresso R$ 30,00)
  4. Fortaleza x Grêmio (Copa do Brasil 2012): R$ 406.161,00 (Ingresso R$ 30,00)
  5. Fortaleza x Luverdense (Série C 2012): R$ 377.890,00 (Ingresso R$ 30,00)
  6. Fortaleza x Paysandu (Série C 2012): R$ 347.811,00 (Ingresso R$ 30,00)
  7. Ceará x Cruzeiro (Série A 2011): R$ 323.179,00 (Ingresso R$ 40,00)
  8. Ceará x Flamengo (Série A 2011): R$ 322.722,00 (Ingresso R$ 40,00)
  9. Ceará x Vitória (Série B 2012): R$ 316.934,00 (Ingresso R$ 40,00)
  10. Fortaleza x Salgueiro (Série C 2012): R$ 302.577,00 (Ingresso R$ 30,00)
  11. Ceará x Joinville (Série B 2014): R$ 296.661,00 (Ingresso R$ 30,00)
  12. Ceará x São Paulo (Sul-Americana 2011): R$ 293.220,00 (Ingresso R$ 40,00)[5]
  13. Fortaleza x Treze (Série C 2012): R$ 292.446,00 (Ingresso R$ 30,00)
  14. Fortaleza x Horizonte (Cearense 2012): R$ 291.691,00 (Ingresso R$ 30,00)
  15. Fortaleza x Náutico (Copa do Brasil 2012): R$ 273.773,00 (Ingresso R$ 20,00)
  16. Fortaleza x Águia (Série C 2012): R$ 263.668,00 (Ingresso R$ 40,00)
  17. Ceará x Santos (Série A 2011): R$ 263.021,00 (Ingresso R$ 40,00)
  18. Fortaleza x América-RN (Série C 2011): R$ 249.495,00 (Ingresso R$ 40,00)[6]
  19. Fortaleza x Guarany (Série C 2012): R$ 243.558,00 (Ingresso R$ 30,00)
  20. Fortaleza x Guarany (Cearense 2012): R$ 207.738,00 (Ingresso R$ 30,00)

Clássicos no PV[editar | editar código-fonte]

  1. Fortaleza x Ceará (Cearense 2012) - Público pagante: 16.098 - Renda: R$ 388.971,00 (Ingresso R$ 30,00)
  2. Ceará x Fortaleza (Cearense 2012 - Final) - Público pagante: 15.967 - Renda: R$ 257.756,00 (Ingresso R$ 30,00)
  3. Fortaleza x Ceará (Cearense 2012 - Final) - Público pagante: 13.832 - Renda: R$ 332.643,00 (Ingresso R$ 30,00)
  4. Ceará x Fortaleza (Cearense 2012) - Público pagante: 13.185 - Renda: R$ 298.996,00 (Ingresso R$ 30,00)
  5. Fortaleza x Ferroviário (Cearense 2012) - Público pagante: 12.165 - Renda: R$ 246.574,00 (Ingresso R$ 30,00)
  6. Ceará x Ferroviário (Cearense 2012) - Público pagante: 10.481 - Renda: R$ 173.327,00 (Ingresso R$ 30,00)
  7. Ferroviário x Ceará (Cearense 2012) - Público pagante: 8.373 - Renda: R$ 133.885,00 (Ingresso R$ 30,00)
  8. Ferroviário x Fortaleza (Cearense 2012) - Público pagante: 3.641 - Renda: R$ 74.895,00 (Ingresso R$ 30,00)

Referências

  1. CNEF da CBF (PDF) (em português). Site Oficial da CBF. Página visitada em 09/03/12.
  2. FARIAS, Airton de. Ceará - Uma História de Paixão e Glória, 2005, Página 41.
  3. http://www.rsssfbrasil.com/miscellaneous/attendce.htm
  4. Nota: Fortaleza x Oeste.
  5. Nota: Ceará x SP (SULA).
  6. Borderô: Fortaleza x América-RN.