Frederico Carlos da Prússia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frederico Carlos da Prússia
Príncipe da Prússia
Friedrich Karl von Preussen.jpg
Frederico Carlos da Prússia
Governo
Consorte Maria Ana de Anahalt-Dessau
Vida
Nascimento 20 de Março de 1828
Berlim, Reino da Prússia
Morte 15 de junho de 1885 (57 anos)
Potsdam, Reino da Prússia
Filhos Maria da Prússia
Isabel Ana da Prússia
Ana Vitória da Prússia
Luísa Margarida da Prússia
Frederico Leopoldo da Prússia
Pai Carlos da Prússia
Mãe Maria de Saxe-Weimar-Eisenach

Frederico Carlos da Prússia (Frederico Carlos Nicolau), (20 de março de 1828 - 15 de Junho de 1885) foi o filho do príncipe Carlos da Prússia e da sua esposa, a princesa Maria de Saxe-Weimar-Eisenach. Era também neto do rei Frederico Guilherme III da Prússia e sobrinho do rei Frederico Guilherme IV e do kaiser Guilherme I.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De 1842 a 1846, Frederico Carlos esteve sob tutela militar do então major Albrecht von Roon, que acompanhou o príncipe para a Universidade de Bonn em 1846. Depois de concluir os seus estudos, o príncipe prestou serviço como capitão do pessoal de Wrangel durante a campanha de Schleswig em 1848. Quando foi promovido a major, participou na campanha de Baden durante a qual foi ferido. Durante os anos de paz que se seguiram, foi promovido a coronel em 1852, major-general em 1854 e tenente em 1856. Em 1860 o príncipe publicou um livro militar, intitulado "Eine militärische Denkschrift von P. F. K.". Depois de ser promovido a General de Cavalaria, o príncipe participou na Segunda Guerra de Schleswig em 1864 contra a Dinamarca onde comandou as tropas austro-prussianas da força de expedição.

Prestou serviço com distinção na Guerra Austro-Prussiana onde comandou o Primeiro Exército que incorporava o segundo, terceiro e quarto corpos do exército. Tendo chegado primeiro a Königgrätz, manteve os austríacos, em números superiores, controlados até à chegada do seu primo, o príncipe-herdeiro Frederico Guilherme com o seu Segundo Exército que atacou os austríacos no flanco.

Quando rebentou a guerra franco-prussiana, o príncipe recebeu o comando do Segundo Exército, destacando-se nas batalhadas de Spicheren, Vionville-Mars le Tour, Gravelotte-St. Privat e no cerco de Metz. Após a queda de Metz, o seu exército foi enviado para Loire para limpar a zona em volta de Orléans, onde as tropas francesas, primeiro lideradas por Aurelle de Paladines, depois por Chanzy, estavam a tentar marchar para norte para libertar Paris. Venceu as batalhas de Orléans e Le Mans. Pelos serviços prestados foi promovido à posição de major-general de campo. Depois da guerra, o príncipe tornou-se inspector-geral e recebeu a posição de marechal-de-campo da Rússia pelas mãos do czar Alexandre II da Rússia.

Em 1878 tornou-se membro honorário dos cavaleiros da Ordem do Banho.[1]

Morreu em Jadscholoss Glienicke.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Frederico Carlos casou-se no dia 29 de novembro de 1854, em Dessau, com a princesa Maria Ana de Anhalt-Dessau, filha do duque Leopoldo IV de Anhalt-Dessau. Tiveram cinco filhos:

Referências

  1. Prince Frederick Charles of Prussia", The Irish Times, 27 July 1878