Potsdam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Potsdam
Potsdam - Schloss Sanssouci.jpg
Palácio Sanssouci, o símbolo da cidade
Brasão Mapa
Brasão de Potsdam
Potsdam está localizado em: Alemanha
Potsdam
Mapa da Alemanha, posição de Potsdam acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Brandemburgo
Distrito cidade independente
Prefeito Jann Jakobs
Partido no poder SPD
Estatística
Coordenadas geográficas 52° 23' 45" N 13° 03' 41" E52° 23' 45" N 13° 03' 41" E
Área 187,27 km²
Altitude 35 m
População 152.966[1] (31/12/2008)
Densidade populacional 817 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo P
Código postal 14401–14482
Código telefônico 0331
Endereço da prefeitura Friedrich-Ebert-Str. 79/81
14469 Potsdam
Website sítio oficial
Localização de Potsdam
no estado de Brandemburgo
Brandenburg P.svg

Potsdam é uma cidade do leste da Alemanha, capital e cidade mais populosa do estado federal de Brandemburgo. A Leste, faz fronteira com Berlim, formando a região metropolitana Berlim/Brandemburgo. [2] Potsdam é mundialmente conhecida por seu legado histórico como residência dos reis da Prússia bem como pelo grande número de belos parques e palácios, entre outros o Palácio de Sanssouci. O conjunto, englobando 500 ha de parques e 150 edifícios erguidos entre 1730 e 1916, foi nomeado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1990.[3] Desde meados do século XIX, Potsdam ganhou importância como centro científico. Hoje, conta com três universidades públicas e mais de 30 instituições de pesquisa. Cerca de 15% dos habitantes são estudantes. O bairro de Babelsberg é sede da UFA, um dos estúdios cinematográficos mais importante da Europa.

Localização geográfica[editar | editar código-fonte]

Lange Brücke ponte sobre o rio Havel.

Potsdam é localizado ao sudoeste de Berlim, nas margens do rio Havel e no meio de uma região de florestas e lagos, formada na era glacial. O ponto mais elevado da cidade é o morro “Kleiner Ravensberg”, com 114,2 metros acima do nível do mar (NMM). O ponto mais baixo é a superfície do rio Havel, a 29 metros NMM. 75% da superfície do município são cobertos de área verde, água ou áreas de cultivo; 25% são cobertos por edifícios.[4] Potsdam possui mais de vinte lagos, dos quais cinco ficam em volta do centro da cidade; muitos deles são formados e interligados pelo rio Havel.

Potsdam faz fronteira com os seguintes municípios (em sentido horário, começando no nordeste): Berlim, Stahnsdorf, Nuthetal, Michendorf, Schwielowsee, Geltow, Caputh, Ferch e Werder (Havel) (todos no Distrito de Potsdam-Mittelmark), bem como Ketzin, Wustermark e Dallgow-Döberitz no distrito Havelland.

A cidade de Potsdam é uma cidade independente (alemão: Kreisfreie Stadt) ou distrito urbano (Stadtkreis), ou seja, possui estatuto de distrito (Kreis). É composta pelos bairros Centro (“Innenstadt” ou “Altstadt”), Westliche Vorstadt, Nördliche Vorstadt, Potsdam Norte e Sul, Babelsberg e Drewitz, Stern e Kirchsteigfeld, alguns com subdivisões. [5]

História[editar | editar código-fonte]

Idade Média[editar | editar código-fonte]

Igreja de São Nicolau consagrada em 17 de setembro de 1837. Arquitetos:Karl Friedrich Schinkel, Ludwig Persius, August Stüler.

Diversos vestígios encontrados indicam para assentamentos humanos já na Idade do Bronze. Em decorrência das Migrações dos povos bárbaros, a tribu eslava dos Hevellos ergueu uma praça-forte nas margens do rio Havel, do lado oposto da foz do rio Nuthe. O primeiro registro oficial do local é o termo de doação do Emperador Otto III. do Sacro Império Romano-Germânico à Abadia de Quedlimburgo, datada de 3 de julho de 993. A importância da região se deve ao domínio da passagem pelo rio Havel. O nome da cidade se deduz das palavras eslavas ‘pod’ (em/perto de) e ‘dubimi’ (carvalho) — o que pode ser traduzido como “em baixo dos carvalhos”.[6] .

Em 1157, Alberto I., chamado o Urso, conquistou a cidade e fundou a Marca de Brandemburgo, integrando a Marca do Norte ao Sacro Império. Até o final do Sec. XII, Potsdam formava a ponta sudoeste da Marca. Em seguida, ergueu-se um castelo na passagem pelo rio Havel. Em 1317, a cidade e mencionada pela primeira vez nos documentos oficiais como burgo e cidade sob o nome de “Postamp”. Em 1345, recebeu o privilégio de cidade. Os séculos se passaram, e Potsdam continuava como pequeno burgo com um mercado.[7] . Entre 1416 e o fim da Primeira Guerra Mundial em 1918 — que também representa o fim da Monarquia na Alemanha –, Potsdam fazia parte do Império dos Hohenzollern. A Guerra dos Trinta Anos bem como dois incêndios em 1536 e 1550 devastaram a cidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Potsdam
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Bandeira da Brandemburgo Estado de Brandemburgo
Distritos

Barnim | Dahme-Spreewald | Elbe-Elster | Havelland | Märkisch-Oderland | Oberhavel | Oberspreewald-Lausitz | Oder-Spree | Ostprignitz-Ruppin | Potsdam-Mittelmark | Prignitz | Spree-Neiße | Teltow-Fläming | Uckermark

Cidades independentes

Brandemburgo em Havel | Cottbus | Frankfurt (Oder) | Potsdam

Imagem: Palácios e parques de Potsdam e Berlim A cidade de Potsdam inclui partes do sítio Palácios e parques de Potsdam e Berlim, Património Mundial da UNESCO. Welterbe.svg