Gascão Saintongeois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gascão de Saintonge
Nome original Gascon Saintongeois
País de origem  França
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 6
Seção 1 - Sabujos farejadores e raças assemelhadas - Farejadores de grande e médio porte
Estalão ##21 24 de janeiro de 1996

A Gascão de Saintonge[Nota] (em francês: Gascon Saintongeois) é uma raça de cão farejador, reconhecida em dois tamanhos, grand (grande) e petite (menor). Originário da França, a raça é usada para caçar em matilhas e descende do velho sabujo de Saintonge, um cão de caça de grande porte.

Historicamente, apenas três sabujos sobreviveram à Revolução Francesa e Conde Joseph de Carayon-Latour, em meados da década de 1840,[1] cruzou o último da raça velho sabujo de Saintonge com alguns dos restantes da raça antiga de azul da Gasgonha. Os nascidos brancos com manchas pretas foram mantidos e, mais tarde receberam o nome Gascon-Saintongeois. Em meados do século XX, os caçadores do sudoeste da França selecionaram cães menores de ninhadas do Grand Gascon Saintongeois para caçar lebres e outros animais pequenos. Estes tornaram-se o Petite Gascon Saintongeois.[2]

O Grand Gascon Saintongeois é preferencialmente usado para caça de animais grandes, embora também seja utilizado para perseguir animais menores, geralmente em bando. O Petite Gascon Saintongeois é um caçador versátil, usado em caça de animais pequenos e até mesmo os animais pouco maiores que ele.[3]

Este é cão tipicamente sabujo francês, de corpo magro e musculoso, patas compridas, orelhas longas e boca pendente e caída. O tamanho do grand macho varia entre 65 e 72 cm; já as fêmeas são ligeiramente menores. O tamanho do petite macho é medido entre 56 e 62 cm, com os exemplares femininos também menores. A cor da pelagem é branca com manchas pretas, e às vezes pintas. Suas orelhas e face ao redor dos olhos são em preto e as bochechas acastanhadas, embora não apresente uma aparência tricolor. Suas manchas castanhas acima dos olhos, e às vezes na base da coxa, são chamadas de "marca de corço".[3] Esta raça destaca-se por seus bons faro e latido, atributos importantes de um cão de caça. Instintivamente coletivo,[3] possui a cauda roliça, tem as pernas longas e as patas grandes para seu tamanho.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Fogle (2009), pág 175
  2. Clark, Anne Rogers; Andrew H. Brace. The International Encyclopedia of Dogs. [S.l.]: Howell Book House, 1995. p. 230–231. ISBN 0-87605-624-9
  3. a b c Padrão da raça no FCI (DOC). Fci.be.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Gascão Saintongeois
Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.