Glinda, a Bruxa Boa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Glinda)
Ir para: navegação, pesquisa
Ilustração de capa com Glinda

Glinda (ou Glinda a Bondosa), a Bruxa Boa do Sul, é um personagem fictício da Terra de Oz criado pelo escritor Americano L. Frank Baum. Ela é a mais poderosa feiticeira de Oz, governadora do País Quadling no Sul da Cidade Esmeralda e protetora da Princesa Ozma.

Os livros clássicos[editar | editar código-fonte]

O livro de Baum escrito em 1900, O Maravilhoso Mágico de Oz refere-se a Glinda como a Bruxa Boa do Sul. Livros escritos posteriormente chamam ela de "feiticeira" ao invés de "bruxa." Os livros de Baum deixam claro que ele não via as bruxas como malvadas, provavelmente esta mudança ocorreu para demonstrar que Glinda era ainda mais poderosa que uma Bruxa. Na verdade, ela é descrita como a mais poderosa Bruxa de Oz.

Além de ter um grande conhecimento sobre magia, Glinda usa várias ferramentas, encantamentos, e instrumentos em seu laboratório. O livro A Cidade Esmeralda de Oz revela que ela possui um grande livro de registros que permite ela saber tudo que ocorre no mundo. Começando com O Caminho de Oz ela treina o então humbug Feiticeiro em mágica; ele torna-se um grande mago, mas reconhece que Glinda é mais poderosa que ele. A mágica de Glinda é mais comentada no livro Glinda de Oz, o último livro escrito por Baum.

Glinda vive em um palácio perto da southern border of the Quadling Country, servida por cem belas moças (vinte e cinco pertencendo a cada País de Oz). Ela também tem um grande exercito de mulheres soldados, com o qual ela coloca Ozma no trono de Oz no final do livro A Terra Maravilhosa de Oz. A sociedade de Glinda é matriarcal e homens não ocupam uma posição relevante em seu reino.

Como líder, Glinda é extremamente protetora. Ela criou comunidades para os coelhos de Bunnybury e para as bonecas de papél da Senhora Cuttenclip, e depois no livro A Cidade Esmeralda de Oz ela sela todo o mundo de Oz para protegê-lo do mundo exterior. Entretanto diferente de Ozma, Glinda é indiferente a opressão e problemas existentes em áreas remotas de Oz como Jinxland e o território de Skeezer uma vez que não ameacem a Cidade Esmeralda ou visitantes inocentes.

O filme de 1939[editar | editar código-fonte]

no filme de 1939 The Wizard of Oz, Glinda é chamada de A Bruxa boa do Sul. O personagem é interpretado pela atriz Billie Burke. Ela é famosa por usar uma bolha cor-de-rosa para transportar-se. Glinda é uma conselheira para Dorothy Gale, que deseja retornar para seu lar no Kansas.

Versões modernas[editar | editar código-fonte]

No Livro de Gregory Maguire públicado em 1995: A Vida e a Época da Bruxa Malvada do Oeste, Glinda é inicialmente chamada de "Galinda," mas ela deixa de usar o primeiro 'a' em seu nome no meio da história, em tributo ao Doutor Dillamond, um bôde que ensina na Universidade de Shiz (Doutor Dillamond cometeu o erro de chama-la "Glinda" ao invés de "Galinda" na classe). A personagem Glinda aparece extensivamente na primeira metade do livro, mas está quase ausente no final do livro. Maguire segue o filme de 1939 que apresenta Glinda como a Bruxa do Norte e não do Sul. Glinda também aparece no livro Filho de uma Bruxa.

Na adaptação do musical da Broadway, do romance Wicked, Glinda é uma das duas mulheres protagonistas, já que o musical foca na amizade entre Glinda e Elphaba (a mulher jovem que se torna a infame Bruxa Malvada do Oeste. No musical, Glinda está caracterizada por sua popularidade e ambição e usa o nome de Galinda Upland (seu último nome, tirado de Uplands e Upper Uplands, que são as regiões da Terra de Oz. Ela e Elphaba cruzam seus caminhos quando estão na Shiz University, e enquanto as duas garotas se odeiam de início, eventualmente se tornam melhores amigas depois. Como no romance, Galinda encurta seu nome para Glinda. Ela faz isso para marcar a passagem de Dr. Dillamond, mas também em uma tentativa de impressionar Fiyero, seu interesse amoroso.

Na Broadway, o personagem de Glinda foi primeiro interpretado por Kristin Chenoweth, seguido depois por Jennifer Laura Thompson e Megan Hilty. No tour, ela é interpretada por Kendra Kassebaum, e em Chicago originalmente por Kate Reinders, seguida por Stacie Morgain Lewis. Reinders repetirá a sua interpretação na Broadway devindo a partida de Hilty em Maio de 2006.

Na terceira temporada da série Once Upon A Time, O mundo de Oz é explorado e Glinda é representada pela atriz Sunny Mabrey.