Halo.Bungie.Org

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Halo.Bungie.Org
Gênero fã site
Lançamento 26 de maio de 1999
Desenvolvedor Claude Errera
Proprietário Bungie.org
Página oficial halo.bungie.org

Halo.Bungie.Org, muitas vezes referido como HBO, é um fã site, criado em 1999 por Claude Errera (conhecido online pelo pseudônimo "Louis Wu") e dois companheiros, como um site de notícias para o jogo da Bungie chamado Halo: Combat Evolved. O site começou em 1999 como Blam.bungie.org que era o seu nome antes de ser chamado de Halo. O site cobre agora todos os posts de notícias de jogos, boatos, fan-art e vídeos de Halo.

O Halo.Bungie.Org cresceu e se tornou o fã site de Halo mais lido, recebendo em torno de 600.000 de page views em um dia de 2007.[1] Enquanto seus co-fundadores deixaram participação no site, Errera continuou a atualizar todas as seções do site, ocasionalmente com a ajuda de outras pessoas. Além de concursos, o Halo.Bungie.Org também coordena obras de caridade, além de outras atividades para angariar fundos.

Historia[editar | editar código-fonte]

Claude Errera e alguns companheiros criaram primeiro o bungie.org para outros jogos da desenvolvedora Bungie, nomeadamente o Marathon, em 1998. Antes do bungie.org, Errera tinha desenvolvido outros sites relacionado a Bungie.[2] Halo.bungie.org começou como "blam.bungie.org", em 26 de maio de 1999, após a informação sobre o que viria a se tornar o Halo, informação que havia vazado após o Electronic Entertainment Expo de 1999.[1]

Enquanto Errera havia usado seu nome real para os sites outros sites anteriores sobre a Bungie, seus co-fundadores preferiram permanecer no anonimato. Naquele momento, pouco se sabia sobre o novo projeto, ao qual no jogo, era sobre um mundo que possuia um habitat em forma de anel maciço. Como tal, os fundadores do site analisaram o romance de Larry Niven, Ringworld; Errera assumiu o nome de "Louis Wu", o protagonista do romance de Niven.[3] O primeiro trailer de Halo foi lançado em julho de 1999, e o site foi renomeado. Errera e os outros fundadores do site procuraram as informações da web e disponibilizaram um fórum na página Halo.bungie.org para que os fãs pudessem discutir.[4]

Após um tempo um membro da equipe retirou-se, seguido de outro pouco após a aquisição da Bungie pela Microsoft, deixando Errera como o único webmaster do site.[2] Para Errera a única razão para ser conhecido como o "padrinho" da comunidade sobre Halo é devido a sua presença a longo prazo na comunidade.[4] Halo.Bungie.Org é incomum entre os grandes sites não comerciais por não ter qualquer tipo de anúncios pagos em nenhuma de suas páginas.[1]

Visão geral[editar | editar código-fonte]

O Halo.Bungie.Org é o fã site mais lido sobre Halo. Em 2007, recebeu em torno de 600.000 page views em um dia. O site cobre as notícias do jogo, além de boatos, estratégia de jogo, machinima feitas por fãs, histórias, concursos e fóruns.[1] Nos primeiros anos, o site recebeu apenas uma pequena quantidade de material dos fãs, que aumentou o que tornou a manutenção do site um desafio constante.[5] Errera atribui a longevidade do site pelo fato de não ter apenas fornecer notícias aos fã de Halo, mas por ser um lugar para compartilhar seu amor a franquia. Em uma época em que não era facil o compartilhamento de vídeos via YouTube, Halo.bungie.org publicava e categorizava os vídeos que os fãs de Halo apresentavam.[4]

Errera lê o conteúdo dos fóruns do Halo.Bungie.Org, à procura de itens interessantes para colocar na página de notícias e monitora os comentários. Ele, então, verifica outros sites de jogos afim de ficar mais por dentro das notícias.[2] Errera credita o sucesso do site pela sua longevidade; "Quando você está lá desde o início, e você adicionar conteúdo novo a cada dia, as pessoas tendem a volvar," disse.[5]

Reconhecimento e caridade[editar | editar código-fonte]

A Bungie tem uma relação forte com o Halo.bungie.org.[6] O site Halo.bungie.org já foi listado como uma fonte dos projetos da Bungie.[7] Os funcionários da Bungie frequentam os fóruns da Halo.bungie.org, para responder perguntas dos fãs.[8] O Halo.bungie.org muitas vezes recebe itens promocionais da Bungie para dar de presente em vários concursos.[9] Seus administradores e membros são repetidamente citados em publicações tradicionais.[10] [11]

Errera foi entrevistados várias vezes por sites de jogos, como o Xbox.com da Microsoft[5] e as grandes organizações de mídia, como CBS e BBC.[6] [12] O site foi indicado para o prêmio de "melhor fã site", em 2005.[13]

O Halo.bungie.org tem usado a sua notoriedade para realizar diversas fundraising para várias causas, incluindo a arrecadação de dinheiro para ajudar aqueles que sofreram as consequências do Furacão Katrina. Os membros do site participaram de um enorme esforço por parte da comunidade de Halo para levantar dinheiro, principalmente através da venda de itens colecionáveis ​​por meio de leilões no eBay.[14] Estes leilões levantaram um pouco menos de 11.000 dólares. Membros da comunidade também ajudaram através de meios pessoais.[15] Em 2003, através das notícias de que o câncer do membro da comunidade, Brian Morden, havia retornado, a comunidade decidiu criar um fundo de doação para ajudá-lo. Embora Brian tenha morrido mais tarde nesse ano, o fundo tornou-se o Brian Morden Memorial Fund (Fundo Memorial Brian Morden).[16]

Referências

  1. a b c d Barron, Noah (27 de setembro de 2007). Lord of the Ringworld. The Knight Digital Media Center. University of Southern California. Página visitada em 2 de abril de 2008.
  2. a b c Big-Ern (8 de julho de 2007). Interview with Louis Wu. Gamespy. Arquivado do original em 9 de fevereiro de 2012. Página visitada em 15 de abril de 2008.
  3. About this site. Halo.Bungie.Org. Arquivado do original em 14 de março de 2012. Página visitada em 1 de março de 2009.
  4. a b c Staff (2 de novembro de 2009). Waypoint: Spotlight on Louis Wu. halo.xbox.com. Microsoft. Página visitada em 9 de novembro de 2009.
  5. a b c Gettys, Jim (2004). A Labor of Love: halo.bungie.org Webmaster Claude Errera. Xbox.com. Microsoft. Arquivado do original em 8 de março de 2008. Página visitada em 20 de abril de 2008.
  6. a b Chamberlain, Chad; Vitka, William (9 de março de 2005). GameSpeak: Claude Errera. CBS. Arquivado do original em 30 de dezembro de 2013. Página visitada em 21 de abril de 2008.
  7. Bungie. Bungie: Projects. Bungie.net. Página visitada em 13 de abril de 2008.
  8. Staff. (February 2007). "2007: The Best Year Ever; Fall". Electronic Gaming Monthly 1 (212).
  9. Jarrard, Brian (25 de maio de 2007). Win a Halo Zune!. Bungie.net. Arquivado do original em 30 de dezembro de 2013. Página visitada em 29 de julho de 2008.
  10. Snider, Mike. "'Halo' takes industry to new heights; early sales slash gaming records", USA Today, 27 de setembro de 2007, p. D1.
  11. Wylie, David. "No tomorrow without Halo 3; Fans of immensely popular video game series expect the most from third installment", The Gazette, 24 de setembro de 2007, p. D6.
  12. Staff (3 de outubro de 2006). Halo universe expands as fans wait. BBC. Arquivado do original em 5 de maio de 2011. Página visitada em 16 de julho de 2009.
  13. Howarth, Robert (5 de dezembro de 2005). Best Fansite 2005? - Voodoo Extreme. IGN. Página visitada em 5 de junho de 2008.
  14. Blow Me Away charity auction. Arquivado do original em 24 de fevereiro de 2012.
  15. Davies, Dave (9 de setembro de 2005). Gamers get into the action of helping Katrina victims. San Antonio Express-News. Arquivado do original em 23 de março de 2006.
  16. Brian Morden update page. Halo.Bungie.Org. Arquivado do original em 24 de fevereiro de 2012. Página visitada em 19 de maio de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]