Hino de Minas Gerais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oh! Minas Gerais
Hino do estado de Minas Gerais
Hino Mineiro
Hino de Minas
Hino de  Minas Gerais
Letra desconhecido
Composição desconhecido
Adotado não-oficial

O Estado de Minas Gerais não possui um hino oficial. A música "Oh! Minas Gerais", versão de "Viene Sul Mar" é vista, por muitos, como tal, ainda que nunca tenha sido oficializada pelo governo.

Legislação[editar | editar código-fonte]

A Constituição Estadual de 1989 definiu, em seu artigo sétimo, que os símbolos do Estado são a bandeira, o brasão e o hino. Este, para tornar-se oficial, deve ser aprovado em concurso público ou decretado pelo governador do Estado.

Em 1985, foi instituído pela Secretaria de Estado da Cultura um concurso público, por meio de resolução publicada no Diário Oficial, para escolha do hino oficial do Estado. No entanto, a comissão julgadora abriu mão das 72 composições inscritas, por considerá-las aquém das expectativas.

Sete anos depois, em 1992, a Assembléia Legislativa estabeleceu novo concurso, tomando por tema a Inconfidência Mineira. As 570 músicas foram novamente desclassificadas por não alcançarem os padrões estabelecidos de métrica, tema e qualidade.

Hino de Brandão e Lehmann[editar | editar código-fonte]

O "Hino a Minas Gerais", com letra escrita por Lucas Brandão e música do Padre João Lehmann, é bastante conhecido regionalmente, apesar de nunca ter sido oficializado. Teve grande número de execuções nas primeiras décadas do século XX nas instituições educacionais do Estado.

Oh! Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

A canção mais famosa dentro e fora do Estado de Minas Gerais é "Oh! Minas Gerais". Tida por alguns como o hino oficial, e é originária da valsa italiana "Viene Sul Mare" com letra adaptada por José Duduca de Moraes, cantor e autor de mais de 200 músicas. A obra italiana chegou ao Brasil através das companhias líricas que apresentavam-se no país no fim do século XIX e início do século XX e teve sua primeira versão brasileira escrita por Eduardo das Neves em homenagem ao couraçado brasileiro batizado com o nome do Estado.

Oh! Minas Gerais

Oh! Minas Gerais

Quem te conhece

Não esquece jamais

Oh! Minas Gerais

Tuas Terras que são altaneiras

O seu céu é do puro anil

És bonita oh terra mineira

Esperança do nosso Brasil

Tua lua é a mais prateada

Que ilumina o nosso torrão

És formosa oh terra encantada

És orgulho da nossa nação

Oh! Minas Gerais

Oh! Minas Gerais

Quem te conhece

Não esquece jamais

Oh! Minas Gerais

Teus regatos a enfeitam de ouro

Os teus rios carreiam diamantes

Que faiscam estrelas de aurora

Entre matas e penhas gigantes

Tuas Montanhas são preitos de ferro

Que se erguem da pátria alcantil

Nos teus ares suspiram serestas

És altar deste imenso Brasil

Oh! Minas Gerais

Oh! Minas Gerais

Quem te conhece

Não esqueces jamais

Oh! Minas Gerais.

Gravações[editar | editar código-fonte]

O primeiro registro em áudio, já com a letra adaptada, foi feita por José Duduca de Moraes e data de 1942. A ela, seguiram-se muitos outras gravações conhecidas, incluindo a de Milton Nascimento e outras de vários corais mineiros.

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Hino de Minas Gerais