Imre Kertész

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imre Kertész Medalha Nobel
Imre Kertész em Szeged, 2007
Nascimento 9 de Novembro de 1929 (84 anos)
Budapeste
Nacionalidade Hungria Húngaro
Ocupação Escritor
Prêmios Nobel prize medal.svg Nobel de Literatura (2002)

Imre Kertész (Budapeste, 9 de Novembro de 1929) é um escritor húngaro de religião judaica, sobrevivente do holocausto.

Foi galardoado com o Nobel de Literatura de 2002, "por escrita que confirma a frágil experiência do indivíduo face à arbitrariedade bárbara da história".

A obra mais conhecida de Kertész, Sem destino (Sorstalanság), descreve a experiência de um rapaz de quinze anos nos campos de concentração de Auschwitz-Birkenau, Buchenwald e Zeitz. Foi interpretada por alguns críticos como quase-autobiográfica, mas o autor desmente uma forte ligação à sua biografia.

A partir de Sem destino foi rodado um filme na Hungria, em 2005.

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Sorstalanság (trad.Sem destino)(1975)
  • A nyomkereső (1977)
  • Detektívtörténet (1977)
  • A kudarc (pt: A Recusa/ br: O Fiasco)(1988)
  • Kaddis a meg nem született gyermekért (pt: Kaddish para uma Criança que não Vai Nascer)(1990)
  • Az angol lobogó (1991)
  • Gályanapló (1992)
  • A holocaust mint kultúra : három előadás (1993)
  • Jegyzőkönyv Imre Kertész; Élet és Irodalom / Esterházy Péter (1993)
  • Valaki más: a változás krónikája (pt: Um Outro - Crónica de Uma Metamorfose)(1997)
  • A gondolatnyi csend, amíg a kivégzőosztag újratölt (1998)
  • A száműzött nyelv (2001)
  • Felszámolás (br: Liquidação) (2003)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Vidiadhar Naipaul
Nobel de Literatura
2002
Sucedido por
John Coetzee


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.