Incidente do Golfo de Tonkin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ilustração mostra o incidente naval no Golfo de Tonkin.

Incidente do Golfo de Tonkin é o nome dado a dois incidentes separados por dois dias envolvendo as forças navais dos Estados Unidos e da República Democrática do Vietnã (Vietnã do Norte) nas águas do Golfo de Tonkin, costa vietnamita, em agosto de 1964. Este incidente foi usado como pretexto pelo governo norte-americano para iniciar ações militares contra os norte-vietnamitas e marca o começo do envolvimento dos Estados Unidos na Guerra do Vietnã.

O incidente[editar | editar código-fonte]

Em 2 de agosto de 1964, o destróier USS Maddox, em missão de vigilância e espionagem eletrônica secreta da costa do Vietnã do Norte, entrou nas águas do golfo e foi atacado por três lanchas torpedeiras da marinha norte-vietnamita, respondendo ao fogo com a ajuda de aviões norte-americanos da força tarefa a que ele pertencia, resultando em danos em duas lanchas inimigas. Dois dias depois, tendo a seu lado o destróier USS Turner Joy, o Maddox novamente reportou a presença de torpedeiras inimigas em sua direção, fato nunca confirmado, e nova escaramuça teve efeito nas águas do golfo entre os dois destróieres, aviões americanos e as pretensas embarcações atacantes inimigas, apenas localizadas como pontos no radar das belonaves.

Consequências[editar | editar código-fonte]

Foto tirada do USS Maddox mostra torpedeiras norte-vietnamitas em volta do navio no Golfo de Tonkin.

O incidente, que teve repercussão mundial, dado o fato de que os Estados Unidos, apesar do apoio político, financeiro e de treinamento militar que dava ao Vietnã do Sul, então em guerra com o norte comunista, ainda não se encontrava em hostilidades abertas diretas com os comunistas do norte, acabou sendo o pretexto para que o Congresso dos Estados Unidos assinasse um ato, a Resolução do Golfo de Tonkin, dando autorização legal ao presidente Lyndon Johnson para entrar na guerra. O governo de Hanói fez diversas declarações oficiais de que houve apenas um ataque, e que este foi ocasionado pelo fato de vasos de guerra estrangeiros terem adentrado suas águas territoriais.

O incidente provocou o bombardeio de bases norte-vietnamitas por caças de dois porta-aviões ao largo da costa, destruindo depósitos de combustível e maquinaria para a construção de torpedos, marcando o primeiro ataque aéreo dos Estados Unidos à instalações militares no território norte-vietnamita.

Em 2005, documentos secretos da Agência de Segurança Nacional (NSA) norte-americana vieram a público, apontando o fato de que a presença das torpedeiras norte-vietnamitas nos ataques de 4 de agosto nunca foi realmente confirmada.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Incidente do Golfo de Tonkin