Campanha Ho-Chi-Minh

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campanha Ho Chi Minh
Guerra do Vietname
South Vietnam Map.jpg
Mapa do Vietname do Sul
Data 13 de dezembro de 1974 - 30 de abril de 1975
Local Vietname do Sul
Resultado Vitória do Vietname do Norte.
Combatentes
Flag of Vietnam.svg Vietname do Norte
FNL Flag.svg Vietcongues
Flag of South Vietnam.svg Vietname do Sul
Comandantes
Van Tien Dung
Le Trong Tan
Hoang Minh Thao
Tran Van Tra
Nguyen Minh Chau
Nguyễn Văn Thiệu
Ngo Quang Truong
Pham Van Phu
Du Quoc Dong
Nguyen Van Toan
Nguyen Khoa Nam
Tran Quang Khoi
Forças
1 000 000 soldados 1 351 000 soldados
Baixas
20 000 mortos e feridos 90 000 mortos e feridos
1 100 000 capturados

A campanha Ho-Chi-Minh (em vietnamita: Chiến dịch Hồ Chí Minh) é o conjunto de operações militares, essencialmente ofensivas, levadas a cabo pelo Exército do Povo do Vietnam e pela Frente Nacional para a Libertação do Vietname entre o 13 de dezembro de 1974 e o 30 de abril de 1975, terminando com a queda de Saigon e a vitória do Vietname do Norte.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Xuân Lộc[editar | editar código-fonte]

Durante 12 dias a 18.ª divisão de infantaria sul-vietnamita tentou parar a invasão da cidade por três divisões norte-vietnamitas. Para os soldados sul-vietnamitas, chefiados pelo major-general Lê Minh Đảo, esta batalha comprovou que estavam determinados a lutar, em contradição com o que os médias ocidentais afirmavam.

Tendo em conta a inferioridade numérica, os sul-vietnamitas perderam a batalha, apesar dos ferozes e heróicos combates contra as unidades do EPV. O governo norte-vietnamita iria, mais tarde, qualificar como "cruéis" os combates em Xuân Lộc. A tomada de Xuân Lộc permitiu aos norte-vietnamitas abrir as portas que levavam a Saigon, e assim iniciar o assalto final ao Vietname do Sul.

Saigon[editar | editar código-fonte]

O assalto final à cidade inicia-se em 29 de abril de 1975 às 6 horas da manhã, após uma série de bombardeamentos. As forças sul-vietnamitas continuam a lutar na cidade em ruínas apesar da inferioridade numérica, enquanto que os últimos americanos ainda presentes são rapidamente evacuados. É a operação Frequent Wind. Importantes membros do governo sul-vietnamita e alguns civis são também evacuados e levados para os Estados Unidos. Em alguns dias, um total de mais de 7 000 pessoas são evacuadas, entre as quais 1 373 americanos e 5 595 sul-vietnamitas.

Às primeiras horas do 30 de abril, a 324.ª divisão norte-vietnamita entra na cidade em ruínas. às 10h24 o presidente do Vietname do Sul anuncia a capitulação do país e pede a todas as forças sul-vietnamitas para que parem de imediato com as hostilidades. às 11h30, carros blindados norte-vietnamitas destroem as portas do palácio presidencial. É içada a bandeira Vietcongue no teto do palácio.

O coronel norte-vietnamita Bui Tin, o oficial mais graduado a entrar no palácio presidencial de Saigon, encontra-se com o presidente Dương Văn Minh para receber a rendição. Às 15h30 o último presidente da República do Vietname anuncia na rádio: "Eu declaro o governo de Saigon (...) completamente dissolvido a todos os níveis". As suas palavras assinalam assim a dissolução da Vietname do Sul e o fim da guerra do Vietname, um conflito com mais de 15 anos.

O processo de reunificação do Vietname terminaria a 2 de julho de 1976.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dawson, Alan, 55 Days: The Fall of South Vietnam. Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall, 1977.
  • Dougan, Clark, Edward Doyle, Samuel Lipsman., Thomas Maitland, Stephen Weiss, et al. The False Peace. Boston: Boston Publishing Company, 1983.
  • Dougan, Clark, David Fulghum, et al. The Fall of the South. Boston: Boston Publishing Company, 1985.
  • Goodman, Allen E. The Lost Peace: America's Search for a Negotiated Settlement of the Vietnam War. Stanford CA: Hoover Institute Press, 1978.
  • Hosmer, Stephen T., Konrad Kellen, and Brian M. Jenkins, The Fall of South Vietnam: Statements by Vietnamese Civilian Leaders. Sant Monica CA: RAND Corporation, 1978.
  • Isaacs, Arnold R. Without Honor: Defeat in Vietnam and Cambodia. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 1983.
  • Joes, Anthony J. The War for South Vietnam, 1954–1975. New York: Praeger, 1989.
  • Kinnard, Douglas, The War Managers. Wayne NJ: Avery Publishing Group, 1985.
  • Kolko, Gabriel, Anatomy of a War: Vietnam, the United States, and the Modern Historical Experience. New York: Pantheon, 1985.
  • Leepson Marced. with Helen Hannaford, Webster's New World Dictionary of the Vietnam War. New York: Simon & Schuster, 1999.
  • Olsen, James S. and Randy Roberts, Where the Last Domino Fell: America and Vietnam, 1945–1990. New York: St. Martin's 1991.
  • Prados, John, The Blood Road:The Ho Chi Minh Trail and the Vietnam War. New York: John Wiley & Sons, 1998.
  • Snepp, Frank, Decent Interval: An Insider's Account of Saigon's Indecent End Told by the CIA's Chief Strategy Analyst in Vietnam. New York: Random House, 1977.
  • Willbanks, James H. Abandoning Vietnam: How America Left and South Vietnam Lost Its War. Lawrence KS: University of Kansas Press, 2004.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.