Guerra Civil da Guatemala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guerra Civil da Guatemala
Parte da(o) Conflitos armados na América Central
Rabinal cross.jpg
Data 1960-1996
Local Guatemala
Desfecho Tratado de paz
Combatentes
Bandera pgt.jpg PGT (1960–1982)
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg URNG (1982–1996)
EGP (1972-1996)
ORPA (1979-1996)
FAR (1962-1996)

Apoiados por:
Cuba Cuba[1]
Nicarágua Nicarágua (1979-90)
México México
 União Soviética União Soviética

Flag of Guatemala.svg Governo da Guatemala
Guatemala Forças Armadas da Guatemala (FAG)
Guatemala PDC

Apoiados por:
Estados Unidos Estados Unidos[2]
Israel Israel
Argentina Argentina (1976-83)[3]

Principais líderes
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Rolando Morán
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Luis Turcios
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Marco Yon
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Luis Trejo Esquivel
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Alejandro de León
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Humberto Alvarado
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Bernardo Alvarado
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg José Alberto Cardoza
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg Rodrigo Asturias
Flag of Guatemala.svg Miguel Ydígoras
Flag of Guatemala.svg Enrique Peralta
Flag of Guatemala.svg Julio Méndez
Flag of Guatemala.svg Carlos Arana
Flag of Guatemala.svg Kjell Laugerud
Flag of Guatemala.svg Fernando Lucas
Flag of Guatemala.svg Efraín Ríos Montt
Flag of Guatemala.svg Óscar Mejía
Flag of Guatemala.svg Vinicio Cerezo
Flag of Guatemala.svg Jorge Serrano
Flag of Guatemala.svg Gustavo Espina
Flag of Guatemala.svg Ramiro de León
Flag of Guatemala.svg Álvaro Arzú
Forças
Flag of the Guatemalan National Revolutionary Unity.svg URNG:
6.000 (1982)[4]
2.000-2.500 (1986-1987)[5]
1.000-2.000 (1988)[5]
1.500-2.000 (1989)[5]
1.000 (1992)[5]
1.500-3.000 (1994)[6]
800-1.100 (1996)[5]
Guatemala FAG:
51.600 (1985)[7]
32.000 (1986)[8]
45.000 (1994)[6]
Guatemala PDC:
300.000 (1982)[4]
500.000 (1985)[7]
Cerca de 200.000 mortos no total; entre 1994 e 1996 se desmobilizam cerca de 200.000 paramilitares e 3.000 guerrilheiros; as FAG se reduzem a 28.000 membros.[9]

A Guerra Civil da Guatemala foi um conflito armado que decorreu na Guatemala entre 1960 e 1996, entre o governo guatemalteco e vários grupos de guerrilha que se lhe opunham. Estima-se que tenham perdido a vida neste conflito cerca de 150.000 pessoas; outras 40.000 foram consideradas desaparecidas.[10]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Considera-se que a origem da guerra civil na Guatemala remonta a 1954, quando o presidente eleito Jacobo Arbenz foi derrubado através de um golpe de estado planeado pela CIA,[11] sendo substituído pelo coronel Carlos Castillo Armas, ligado a grupos anticomunistas e a esquadrões da morte. Carlos Castillo foi assassinado em 1957, sendo substituído pelo General Miguel Ydígoras Fuentes, que assumiu o poder em 1958. Em 1960, um grupo de jovens oficiais militares armou uma revolta, que no entanto fracassou. Na sequência, vários deles passaram à clandestinidade e estabeleceram estreitos laços com o governo de Cuba. Este grupo se converteu no núcleo das forças que organizaram a insurreição armada contra o governo durante os 36 anos seguintes.

Nesse período, morreram cerca de 140 mil pessoas em choques envolvendo a guerrilha, forças do governo e população civil. Além dos mortos, houve 44 mil desaparecidos e 50 mil camponeses foram obrigados a deixar suas terras.

Havia quatro principais grupos guerrilheiros de esquerda, que se opunham ao governo: o Exército Guerrilheiro dos Pobres, a Organização Revolucionária do Povo em Armas, as Forças Armadas Rebeldes e o Partido Guatemalteco do Trabalho. Esses grupos levavam a cabo acções de sabotagem e ataques a instalações das forças de segurança governamentais. Em 1982, os quatro grupos uniram-se para formarem a Unidade Revolucionária Nacional Guatemalteca.

Fim da guerra civil[editar | editar código-fonte]

Apenas em 1990 iniciou-se um processo de negociação entre o governo e a guerrilha. Um acordo de cessar-fogo permanente foi assinado em dezembro de 1996[12] . Um dos principais pontos do acordo foi a instituição de uma amnistia geral para os guerrilheiros e para militares, que cometeram abusos no combate aos rebeldes.

O governo guatemalteco, ao se comprometer com as reformas estruturais em troca da paz, e a guerrilha, ao exigir essas reformas e abandonar a luta armada, criam condições para construir o país sobre um alicerce mais justo e civilizado.

Referências

  1. http://www.gwu.edu/~nsarchiv/NSAEBB/NSAEBB100/Doc9.pdf
  2. http://www.gwu.edu/~nsarchiv/NSAEBB/NSAEBB11/docs/
  3. Gilbert Michael Joseph, Daniela Spenser - 2008, pg 151
  4. a b Political terrorism: a new guide to actors, authors, concepts, data bases, theories, & literature, Alex Peter Schmid & A. J. Jongman, pp. 564, Transaction Publishers, 2005. El URNG fue resultado de la fusión de los grupos armados izquierdistas EGP, ORPA, FAR y PGT, apoyados por el FDR de El Salvador y el NDF del Nicaragua. Las PDC fueron milicias locales creadas por el gobierno guatemalteco.
  5. a b c d e Uppsala conflict data expansion. Non-state actor information. Codebook pp. 51-56.
  6. a b Stedman, 2002: 165
  7. a b María Eugenia Gallardo & José Roberto López (1986). Centroamérica. San José: IICA-FLACSO, pp. 249. ISBN 978-9-29039-110-4.
  8. Moshe Y. Sachs (1988). Worldmark Encyclopedia of the Nations: Americas. Nueva York: Worldmark Press, pp. 156. ISBN 978-0-47162-406-6.
  9. Global security - Guatemala Civil War 1960-1996
  10. National Security Archive Electronic Briefing Book N°. 170 The Guatemalan Police Archives, por Kate Doyle.
  11. National Security Archive Electronic Briefing Book N°. 4 CIA and Assassinations: The Guatemala 1954 Documents, por Kate Doyle e Peter Kornbluh (em inglês).
  12. Guatemala's future. 30 de dezembro de 1996]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Schmid, Alex, & Jongman, Albert (2005) [1988]. Political Terrorism: A new guide to actors, authors, concepts, data bases, theories and literature. Amsterdam; New York: North-Holland; New Brunswick: Transaction Books. ISBN 978-1-41280-469-1.
  • Stedman, Stephen John; Donald S. Rothchild & Elizabeth M. Cousens (2002). Ending civil wars: the implementation of peace agreements. Boulder: Lynne Rienner Publishers. ISBN 978-1-58826-083-3.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Flag map of Guatemala.svg Guatemala
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens


Ícone de esboço Este artigo sobre conflitos armados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História da Guatemala é um esboço relacionado ao projeto sobre países. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.