Marxismo-leninismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Marxismo-leninismo é uma linha de pensamento política que combina os conceitos de imperialismo e centralismo democrático marxista de Vladimir Lenin e a mudança de foco revolucionário dos países desenvolvidos para os subdesenvolvidos.[1]

O Marxismo-leninismo é uma adaptação das teses do filósofo alemão Karl Marx por parte de Lenin. Formou as bases ideológicas para a criação do bloco comunista centrado na URSS.[2] [3] [4]

O termo em si foi criado após a morte de Lenin, para demonstrar que os seus ensinamentos prevaleciam na União Soviética.

A maioria dos actuais partidos comunistas ainda adoptam o Marxismo-leninismo como a sua ideologia de base, embora muitos tenham adaptado o termo a novas condições políticas, sociais e económicas. Apesar disso, outros partidos, especialmente os associados com o Eurocomunismo, escondeam o termo dos seus documentos oficiais.[5]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre comunismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.