Ensino público

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Entrada de uma antiga escola estadual, em Belo Horizonte.

O ensino público é a forma de ensino em que o Estado é a instituição patrocinadora da escola ou universidade de referência.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o ensino público para escolas de ensino fundamental é, na maioria das vezes, conhecido por ter qualidade inferior em relação ao ensino privado, embora colégios militares constituem exceções, pois normalmente estão entre os melhores do país. Para o ensino médio, contudo, o ensino público consegue obter escolas de melhor qualidade, como, por exemplo, escolas de nível federal, escolas técnicas estaduais (ETEs) e os colégios de aplicação das universidades públicas. Além da questão de qualidade, as escolas públicas brasileiras também apresentam como entraves a violência,[1] [2] a baixa remuneração dos docentes,[3] [4] [5] a falta de infra-estrutura[6] [7] [8] e as greves.[9] [10]

O ensino público para o ensino superior costuma ter melhores professores e vestibulares mais concorridos que no ensino particular, porém é comum possuir menos equipamentos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Insegurança na escola e greves prejudicam alunos de Belém do Pará (em português). Jornal Nacional (20 de maio de 2011). Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  2. Honorato, Renata (20 de agosto de 2010). Insegurança compromete desempenho dos alunos das escolas públicas (em português). Revista Veja. Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  3. Professores reclamam de baixos salários (em português). Jornal da Globo (17 de março de 2009). Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  4. Constantino, Luciana (16 de outubro de 2003). Professor estuda mais, mas salário é baixo (em português). Folha Online. Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  5. Baixa remuneração ameaça profissão de professor (em português). R7 (5 de julho de 2010). Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  6. Redação (19 de outubro de 2010). Infraestrutura e pais são os maiores problemas das escolas públicas, dizem coordenadores (em português). Universo Online. Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  7. Estudo da UNESCO alerta para a falta de infra-estrutura nas escolas brasileiras (em português). Associação Nacional de Jornais. Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  8. Borges, Priscila (10 de fevereiro de 2011). Em Brasília, aulas começam sem professores e infraestrutura (em português). Último Segundo. Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  9. Cinco meses de greve prejudicam alunos do Paraná (em português). Estadão (18 de fevereiro de 2002). Página visitada em 1 de outubro de 2011.
  10. Greve prejudica 23,7 mil que vão fazer o Enem (em português). Diário do Nordeste (27 de setembro de 2011). Página visitada em 1 de outubro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.