InuYasha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Inu Yasha)
Ir para: navegação, pesquisa
InuYasha
戦国お伽草子–犬夜叉
(Sengoku Otogizōshi InuYasha)
Capa do primeiro volume do mangá
Gênero Aventura, comédia romântica, fantasia
Mangá
Autor Rumiko Takahashi
Editora(s) Shogakukan
Editora(s)
lusófonas(s)
Editora JBC
Revista Weekly Shōnen Sunday
Público-alvo Shōnen
Data de publicação 13 de novembro de 1996 – 18 de junho de 2008
Volumes 56 (Lista de Volumes)
Anime
Direção Masashi Ikeda
Yasunao Aoki
Estúdio Sunrise
Exibição original 16 de outubro de 2000 – 13 de setembro de 2004
Emissoras de TV NNS (ytv)
Emissoras lusófonas Cartoon Network, Rede Globo, Rede Bandeirantes, Animax, Panda Biggs
Nº de episódios 167 (Lista de episódios)
Anime
InuYasha: The Final Act
Direção Yasunao Aoki
Estúdio Sunrise
Exibição original 3 de outubro de 2009 – 29 de março de 2010
Emissoras de TV NTV, ytv, TSB, FCT
Nº de episódios 26 (Lista de episódios)
Filmes

Projeto Animangá  · Portal Animangá

InuYasha (犬夜叉?), também conhecido como A Fantástica História do Período Feudal de Inuyasha (戦国御伽草子 犬夜叉, Sengoku Otogizōshi InuYasha?), é um mangá escrito e ilustrado por Rumiko Takahashi. Foi publicado na revista Weekly Shōnen Sunday entre 13 de novembro de 1996 e 18 de junho de 2008, totalizando 56 volumes tankōbon.

A adaptação em anime foi produzida pela Sunrise e foi exibida pela Yomiuri TV no Japão de 16 de outubro de 2000 a 13 de setembro de 2004. A segunda temporada, chamada InuYasha: The Final Act, foi transmitida entre 3 de outubro de 2009 e 29 de março de 2010. A série possui quatro filmes e cinco OVAs, além de ter video games e uma light novel.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A história começa em Tóquio, no Japão, com uma garota de 15 anos chamada Kagome Higurashi. Ela vive com sua mãe, seu avô e seu irmão mais novo, Sota, nas terras do santuário Shinto. Quando ela vai procurar seu gato, Buyo, no poço perto de sua casa, um monstro a puxa para o Poço Come-Ossos (骨喰いの井戸, Honekui no Ido?) e a leva consigo. Assim, ela reaparece no período Sengoku do Japão. Aparentemente, um yōkai tinha atacado uma aldeia perto do poço, com objetivo de roubar a Joia de Quatro Almas (四魂の玉, Shikon no Tama?) e matar a sacerdotisa que a protegia. Por Kagome se parecer bastante com a mulher, acaba sendo atacada por um yōkai. Desesperada, ela acaba libertando o hanyou InuYasha, que estava lacrado por uma flecha sagrada em uma árvore. Embora facilmente salve Kagome, ele se revela um problema maior. InuYasha foi selado na árvore há 50 anos pela sacerdotisa Kikyou, que era a guardiã da Joia de Quatro Almas. Ela pediu que, quando morresse, a joia fosse queimada junto a ela, para que ninguém mais pudesse abusar do seu poder. No entanto, Kagome é a reencarnação de Kikyo e traz consigo a Joia de Quatro Almas. Dessa forma, a joia acaba sendo quebrada em vários fragmentos, que se dispersaram por todo o Japão. Cada fragmento é capaz de garantir um grande poder e, por isso, acaba sendo procurado por seres humanos e yōkais. Então, InuYasha e Kagome se propõem a juntar os fragmentos da joia e evitar desastres que ela pode causar.

Ao longo da jornada, eles unem forças com Shippo, um pequeno yōkai raposa orfão; Miroku, um monge que sofre com uma poderosa maldição passada através dos seus antepassados; e Sango, uma exterminadora de youkais, que teve seu clã morto por seu irmão mais novo, Kohaku, que estava sendo controlado por Naraku. O principal adversário deles é Naraku, que fez com que Kikyou odiasse InuYasha e, posteriormente, o selasse na árvore, além de ter sido o responsável por ter matado o clã de Sango e pela maldição de Miroku. Mais tarde, eles se encontram com Sesshomaru, o irmão yōkai de InuYasha, que também deseja matar Naraku e com Kikyo, que é ressuscitada, além de Koga, que teve seus companheiros mortos pelas forças de Naraku.

Eventualmente, Naraku recolhe todos os fragmentos e obtém a Joia de Quatro Almas completa. Apesar de InuYasha e seus aliados o derrotarem, Naraku usa a força e o poder restantes e deseja que o espírito de Kagome fosse preso junto ao dele na joia. Isso faria com que Naraku sobrevivsse dentro da joia e que os dois, consequentemente, permanecessem em um conflito eterno. Porém, com InuYasha ao seu lado, Kagome deseja que a joia desaparecesse e, dessa forma, Nakaru deixa de existir. Depois disso, eles voltam as suas respectivas eras e os dois não são capazes de se ver por três anos. Nesse tempo, no período Sengoku, Sango e Miroku se casam e têm três crianças, Kohaku sai em uma jornada para se tornar um forte exterminador de youkais, Koga se casa com Ayame e Shippo passa a treinar para se tornar mais forte.

De volta ao presente, Kagome consegue seu diploma do Ensino Médio aos dezoito anos. Ao chegar em casa, ela vai em direção ao Poço Come-Ossos e nota que ele está funcionando. Com a permissão de sua mãe, Kagome retorna ao período Sengoku e se casa com InuYasha.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Rumiko Takahashi escreveu InuYasha depois de terminar Ranma ½. Diferente dos seus trabalhos anteriores, que eram focados na comédia romântica, Takahashi queria fazer uma história mais sombria. Com o objetivo de retratar temas violentos de maneira simples, ela utilizou o Período Sengoku, pois as guerras eram comuns. Ela não fez nenhuma pesquisa para desenhar os samurais ou castelos, pois considerou que aquilo era um conhecimento universal.

Mídia[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

Escrito e ilustrado por Rumiko Takahashi, InuYasha foi lançado no Japão em 13 de novembro de 1996 na revista Weekly Shōnen Sunday,[1] [2] na qual foi finalizado em 18 de junho de 2008.[3] Os capítulos foram publicados pela Shogakukan em 56 volumes tankōbon, lançados entre maio de 1997 e fevereiro de 2009.[4] [5] Em 2013, um capítulo "epílogo" especial foi publicado na Shōnen Sunday como parte da antologia "Heroes Come Back", composta por contos de artistas de mangá para arrecadar fundos para a recuperação das áreas atingidas pelo terromoto e tsunami de Tōhoku em 2011.[6]

No Brasil, o mangá foi publicado pela Editora JBC em meados de 2002 e foi finalizado em julho de 2009. É o mangá mais longo publicado até hoje no país.

Anime[editar | editar código-fonte]

Inuyasha[editar | editar código-fonte]

A adaptação em anime de InuYasha foi produzida pela Sunrise e foi exibida pelo Animax no Japão entre 16 de outubro de 2000 e 13 de setembro de 2004. Composta por 167 episódios, também foi transmitida pela Yomiuri TV e Nippon Television.[7] A Aniplex lançou os episódios do anime em uma coleção de sete volumes em DVD, lançados entre 30 de maio de 2001 e 27 de julho de 2005.[8] [9]

A série possui seis temas de aberturas, que são: "Change the World" por V6, "I Am" por Hitomi Yaida, "Owarinai Yume" (終わりない夢?) por Nanase Aikawa, "Grip!" por Every Little Thing, "One Day, One Dream" por Tackey & Tsubasa e "Angelus" por Hitomi Shimatani. Os oito temas de encerramento são: "My Will" por Dream, "Fukai Mori" (深い森?) por Do As Infinity, "Dearest" por Ayumi Hamasaki, "Every Heart - Minna no Kimochi" (Every Heart -ミンナノキモチ-?) por BoA, "Shinjitsu no Uta" (真実の詩?) por Do As Infinity, "Itazura na Kiss" (イタズラなKISS?) por Day After Tomorrow, "Come" por Namie Amuro e "Brand New World" por V6.

No Brasil, o anime foi transmitdo pelo Cartoon Network a partir de 2 de dezembro de 2002.[10] Mais tarde, foi exibido pela Rede Bandeirantes e Rede Globo, mas foi rapidamente tirado do ar, devido a problemas com a classificação indicada. Em Portugal, a série estreou no Panda Biggs em 7 de maio de 2011.

InuYasha: The Final Act[editar | editar código-fonte]

Na 34º edição da revista Shōnen Sunday, publicada em 22 de julho de 2009, foi anunciado que uma segunda temporada do anime estava sendo produzida. Composta por 26 episódios, ela é a adaptação de 36 volumes do mangá. O elenco original da série foi mantido e a série foi ar pela YTV do Japão.[11] Na semana seguinte, a Viz Media anunciou que havia licenciado o novo anime, intitulado InuYasha: The Final Act (犬夜叉 完結編, InuYasha Kanketsu-hen?).[12] A série estreou em 3 de outubro de 2009 e foi finalizada em 29 de março de 2010.[13] A Aniplex lançou os episódios do anime em uma coleção de sete volumes em DVD, lançados entre 23 de dezembro de 2009 e 23 de junho de 2010.[14] [15]

O tema de abertura da série é "Kimi ga Inai Mirai" (君がいない未来?) por Do As Infinity, enquanto os temas de encerramentos são "With you" por AAA, "Diamond" por Alan e "Tooi Michi no Saki de" (遠い道の先で?) por Takekawa Ai.

Filmes[editar | editar código-fonte]

A série possui quatro filmes escritos por Katsuyuki Sumisawa, que também elaborou os episódios do anime.[16] Todos os filmes foram dirigidos por Toshiya Shinohara. O primeiro filme, InuYasha: Toki wo Koeru Omoi, foi lançado em 16 de dezembro de 2001. O segundo, InuYasha: Kagami no Naka no Mugenjou, em 21 de dezembro de 2002. O terceiro, InuYasha: Tenka Hadou no Ken, em 20 de dezembro de 2003. O último filme, InuYasha: Guren no Horaijima, em 23 de dezembro de 2004.

Original video animation[editar | editar código-fonte]

Uma OVA de 30 minutos, intitulada Black Tetsusaiga (黒い鉄砕牙 , Kuroi Tetsusaiga?), foi exibida em 30 de julho de 2008 na exposição "It's a Rumic World" na loja de departamento Matsuya Ginza no distrito comercial de Ginza, em Tóquio. O episódio apresenta o elenco original do anime.[17] Foi lançado em 20 de outubro de 2010 em DVD e Blu-ray.[18] [19]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Diversas trilhas sonoras e character songs foram lançados pela Avex Mode. Três singles dos personagens foram lançados em 3 de agosto de 2005, os quais são "Aoki Yasei o Daite" (蒼き野生を抱いて?) de InuYasha e Kagome, "Kaze no Naka e" (風のなかへ?) de Miroku, Sango e Shippo, e "Gō" (?) de Sesshomaru, Jaken e Rin. Os singles ficaram nas 63ª, 76ª e 79ª posições, respectivamente, na parada Oricon.[20] [21] [22] Outras três canções foram lançadas em 25 de janeiro de 2006, as quais são "Rakujitsu" (落日?) de Naraku, "Tatta Hitotsu no Yakusoku" (たったひとつの約束?) de Kagome Higurashi e "Abarero!!" (暴れろ!!?) de Bankotsu e Jakotsu. Os singles ficaram nas 130ª, 131ª e 112ª posições, respectivamente, na parada Oricon.[23] [24] [25]

Em 24 de março de 2010, a Avex lançou o álbum InuYasha Best Song History (犬夜叉 ベストソング ヒストリー, Inuyasha Besuto Songu Hisutorī?), que contém todas as aberturas e encerramentos presentes na série. Ele ficou na 20ª posição no Oricon durante sete semanas.[26]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Três jogos baseados na série foram lançados pela WonderSwan: InuYasha: Kagome no Sengoku Nikki (犬夜叉 〜かごめの戦国日記?), InuYasha: Fūun Emaki (犬夜叉 風雲絵巻?) e InuYasha: Kagome no Yume Nikki (犬夜叉 かごめの夢日記?). Em 23 de janeiro de 2003, foi lançado InuYasha: Naraku no Wana! Mayoi no Mori no Shōtaijō (犬夜叉〜奈落の罠!迷いの森の招待状?) para Game Boy Advance no Japão.

Um jogo para celular de InuYasha foi lançado para os aparelhos Java e Brew em 21 de junho de 2005.[27] Um jogo de cartas original em língua inglesa foi criado pela Score Entertainment e lançado em 20 de outubro de 2004. Dois títulos foram lançados para PlayStation, InuYasha e InuYasha: A Feudal Fairy Tale. Para PlayStation 2, foram lançados InuYasha: The Secret of the Cursed Mask e InuYasha: Feudal Combat. Um jogo totalmente em inglês foi lançado para Nintendo DS, intitulado InuYasha: Secret of the Divine Jewel, em 23 de janeiro de 2007.[28]

O personagem InuYasha apareceu no jogo Sunday VS Magazine: Shuuketsu! Choujou Daikessen![29] e a Tetsusaiga em Monster Hunter.

Light novel[editar | editar código-fonte]

Uma light novel, escrita por Tomoko Komparu e ilustrada por Rumiko Takahashi, foi publicada pela Shogakukan.[30]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Takahashi, Rumiko. (13 de novembro de 1996). "Inuyasha". Shōnen Sunday (50). ISSN 1236-2409.
  2. Izawa, Eri (December 1996). Shonen Sunday, 1996 Issue 50. Visitado em February 9, 2010.
  3. "Inuyasha Confirmed to End Next Wednesday in Japan", Anime News Network, June 10, 2008. Página visitada em 14 de fevereiro de 2010.
  4. 犬夜叉 1 (em japonês) Amazon.com. Visitado em 9 de fevereiro de 2010.
  5. 犬夜叉 56 (em japonês) Amazon.com. Visitado em 9 de fevereiro de 2010.
  6. Mikikazu Komatsu (26 de dezembro de 2012). Inuyasha" One-Shot Manga Returns in Quake Charity Crunchyroll. Visitado em 18 de março de 2013.
  7. あゆ・V6ら完全収録! 「犬夜叉」テーマソング集が発売決定 (em japonês) Oricon (23 de janeiro de 2010). Visitado em 10 de fevereiro de 2010.
  8. Inuyasha Vol.1 Neowing. Visitado em 28 de junho de 2011.
  9. 犬夜叉 七の章 3 (em japonês) Amazon.com. Visitado em 28 de junho de 2011.
  10. Estréia de InuYasha no Brasil
  11. Inuyasha's Final Chapters Get TV Anime Green-Lit (Updated) Anime News Network. Visitado em 15 de julho de 2009.
  12. Viz Adds Inuyasha Final Act, Kekkaishi Anime (Updated) Anime News Network. Visitado em 24 de julho de 2009.
  13. Viz Media Announces Inuyasha The Final Act Scheduled to Stream in the U.S. Simultaneous to Airing in Japan Anime News Network (28 de setembro de 2009). Visitado em 10 de fevereiro de 2010.
  14. Inuyasha The Final Act 1 Neowing. Visitado em 28 de junho de 2011.
  15. Inuyasha The Final Act 7 Neowing. Visitado em 28 de junho de 2011.
  16. 隅沢克之 のプロフィール All Cinema. Visitado em 10-02-2010.
  17. New InuYasha Short to Debut at Tokyo's Takahashi Event Anime News Network (9 de julho de 2008). Visitado em 4 de setembro de 2008.
  18. It's a Rumic World Inuyasha - Kuroi Tessaiga (Blu-ray) Neowing. Visitado em 7 de julho de 2011.
  19. It's a Rumic World Inuyasha - Kuroi Tessaiga Neowing. Visitado em 7 de julho de 2011.
  20. Aoki Yasei o Daite Oricon Profile (em japonês) Oricon Style Oricon. Visitado em 8 de fevereiro de 2010.
  21. Kaze no Naka e Oricon Profile (em japonês) Oricon Style Oricon. Visitado em 8 de fevereiro de 2010.
  22. Gō Oricon Profile (em japonês) Oricon Style Oricon. Visitado em 8 de fevereiro de 2010.
  23. Rakujitsu Oricon Profile (em japonês) Oricon Style Oricon. Visitado em 8 de fevereiro de 2010.
  24. Tatta Hitotsu no Yakusoku Oricon Profile (em japonês) Oricon Style Oricon. Visitado em 8 de fevereiro de 2010.
  25. Abarero!! Oricon Profile (em japonês) Oricon Style Oricon. Visitado em 8 de fevereiro de 2010.
  26. 犬夜叉 ベストソング ヒストリー (em japonês) Oricon Style Oricon. Visitado em 26-06-2010.
  27. InuYasha mobile phone game
  28. ign.com
  29. サンデー VS マガジン 集結! 頂上大決戦:Sunday VS Magazine: Shūketsu! Chōjō Daikessen (em japonês) Konami. Visitado em 22-01-2012.
  30. http://www.shogakukan.co.jp/comics/detail/_isbn_4091278116

Ligações externas[editar | editar código-fonte]