Jbel Musa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jbel Musa
O Jbel Musa visto do lado norte do estreito de Gibraltar
Jbel Musa está localizado em: Marrocos
Jbel Musa
Localização do Jbel Musa em Marrocos
Coordenadas 35° 53' 57" N 5° 24' 44" O
Altitude 851 m
Proeminência 851 m
Localização  Marrocos, Tânger-Tetuão
Cordilheira Rife

O Jbel Musa, Jebel Musa, Djebel Moussa ou Monte Musa (em árabe: جبل موسى‎; transl.: Jabal Mūsā; em berbere: Adrar Musa) é uma montanha do norte de Marrocos, situada na costa do estreito de Gibraltar, entre Ceuta e Tânger. Tem o seu cume a 851 metros de altitude. Em Ceuta, a serra onde se situa a montanha é conhecida pelo nome de Serra de Anyera ou da "Mulher Morta", um nome também aplicado ao monte. Este nome deve-se ao facto do monte visto da região de Benzú fazer lembrar uma mulher deitada de costas.[1]

É identificado com o Monte Abila (Mons Abyla)[2] ou Colonna, uma das Colunas de Hércules, mencionado por geógrafos da Antiguidade. A outra coluna, no outro lado (europeu) do Estreito, é o Rochedo de Gibraltar, situado a 27 km em linha reta.[3] Segundo outras versões, a Coluna de Hércules do lado africano seria o Monte Hacho, situado no istmo de Ceuta, embora este seja bastante mais baixo (204 m).

Segundo algumas algumas tradições, teria sido no sopé do Monte Musa que o herói grego da Odisseia, Ulisses, esteve prisioneiro de Calipso durante sete anos.[4]

Segundo a tradição, o Jbel Musa (tradução: Monte Moisés) deve o seu nome ao governador e militar iemenita de Ceuta Musa ibn Nusair (640–716), comandante de Tárique, o conquistador muçulmano da península Ibérica. No entanto, não há a certeza disso, pois existem outros montes com o nome de Musa em países muçulmanos, como por exemplo o Monte Sinai no Egito ou o Musa Dagh na Turquia. Moisés é uma figura religiosa tão importante para os muçulmanos como o é para os cristãos.

Faz parte da província de Fahs-Anjra e da região de Tânger-Tetuão e encontra-se próximo do enclave espanhol de Ceuta 3 km a oeste da fronteira próxima de Benzú, 9 km a oeste da cidade de Ceuta, 15 km a nordeste de Alcácer-Ceguer (Ksar Sghir) e 37 km a nordeste de Tânger (distâncias em linha reta; por estrada são sensivelmente o dobro).

Ecologia[editar | editar código-fonte]

A montanha é um local com excelentes condições para observação de aves (birdwatching), pois o Estreito fica na rota de migração de inúmeras espécies e as aves usam as correntes ascendentes e térmicas do Jbel Musa para ganhar altura antes de atravessarem o Estreito.[5] Devido à concentração de aves migratórias — o Estreito é dos pontos do mundo com maiores "engarrafamentos" de migração — a observação de aves de rapina também é uma atividade popular no Jbel Musa, apesar dos melhores pontos de observação se encontrarem na margem europeia do Estreito.[6]

Na área em volta da montanha há mais de 200 grutas que também atraem amantes de espeleologia. A região circundante está em grande parte coberta por florestas e está classificada com "Sítio de interesse biológico e ecológico" (Site of biological and ecological interest, SIBE).[7]

Notas e referências

  1. Clammer, Paul. Morocco (em inglês). 9ª ed. [S.l.]: Lonely Planet, 2009. 536 pp. p. 192. ISBN 9781741049718
  2. Villaverde Vega, Noé. Tingitana en la Antigüedad Tardía, Siglos III-VII: Autoctonía y Romanidad en el Extremo Occidente Mediterráneo (em espanhol). [S.l.]: Real Academia de la Historia, 2001. 599 pp. p. 195. ISBN 9788489512948 Página visitada em 27 de julho de 2012.
  3. Bulfinch, Thomas. Legends of Charlemagne (em inglês). [S.l.]: 1st World Publishing, 2005. 412 pp. ISBN 9781595408051 Página visitada em 27 de julho de 2012.
  4. Le Guide Vert - Maroc (em francês). Paris: Michelin, 2003. 460 pp. p. 199. ISBN 978-2-06-100708-2
  5. Ham, Anthony. Morocco (em inglês). 8ª ed. [S.l.]: Lonely Planet, 2007. 528 pp. p. 176. ISBN 9781740599740
  6. Bildstein, Keith L. Migrating Raptors of the World: Their Ecology & Conservation (em inglês). [S.l.]: Cornell University Press, 2006. 320 pp. p. 227-231. ISBN 9780801441790 Página visitada em 27 de julho de 2012.
  7. In general – Cultural (em inglês). www.rifplanete.com. Rif Planète. Página visitada em 27 de julho de 2012.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jbel Musa