Calipso (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Odisseu e Calipso.

Calipso (do grego antigo Καλυψώ) na mitologia grega é uma ninfa do mar. Segundo Hesíodo seria uma das Oceânides filhas dos titãs Oceano e de Tétis[1] ,e vivia em uma gruta, na encosta de uma montanha na ilha de Ogígia. Mais frequentemente , seria filha de Atlas[2] com uma deusa qualquer, e, segundo Pseudo-Apolodoro, seria uma das Nereidas, filha de Nereu e Dóris[3] . A entrada da sua morada era cercada por um bosque sagrado, onde havia uma fonte, também sagrada. Os seus filhos mais importantes, e geralmente sendo apontados como filhos de Odisseu, eram Nausítoo e Nausínoo e Latino.

Nome[editar | editar código-fonte]

A etimologia do nome da ninfa é καλύπτω (kalyptō) que significa "esconder", "encobrir" e "ocultar"[4] , o que é o oposto de Apocalipse, que significa revelar, o que sugere que Calypso foi uma deusa da morte originalmente.[5]

Odisseia[editar | editar código-fonte]

No texto da Odisseia, atribuído a Homero, quando Odisseu (Ulisses) naufragou na costa da sua ilha,[a] Calipso acolheu-o em sua morada e por ele se apaixonou. Passava os dias a tecer e a fiar, e neste tempo insistia em seduzi-lo, oferecendo-lhe inclusive a imortalidade se aceitasse ficar com ela para sempre[6] .

O herói, entretanto, resistia, sem conseguir esquecer a sua pátria, a sua esposa (Penélope) e seu filho. Passados sete anos, após os quais Posídon acalmara a sua ira, Zeus, compadecido, enviou Hermes até à presença de Calipso com ordem para que a mesma libertasse o seu hóspede. Desse modo, mesmo contra a sua vontade, ela forneceu os recursos para que Odisseu construísse uma jangada, deu-lhe provisões e assegurou-lhe as condições favoráveis para o caminho de volta ao lar.

Outras obras[editar | editar código-fonte]

Na obra Les Aventures de Télémaque ("As Aventuras de Telêmaco"; 1699), de François Fénelon, encontram-se narradas as aventuras do filho de Odisseu à procura do pai.[7] Ele também chegou à ilha de Ogígia e Calipso também tentou retê-lo com as mesmas promessas. Mas Atena o acompanhava na forma de Mentor e ajudou-o a resistir à tentação. Nas obras "Percy Jackson & os Olimpianos" e "Os Heróis do Olimpo", ambas do autor Rick Riordan, os personagens Percy Jackson e Leo Valdez (respectivamente) também vão parar em Ogígia, e pelos quais Calipso se apaixona.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Calipso (mitologia)
[a] ^ Segundo algumas tradições, o sítio da morada de Calipso onde Ulisses esteve com Calipso teria sido o sopé da montanha do norte de Marrocos na costa do estreito de Gibraltar, o Jbel Musa.[8]
  1. Hesíodo, Teogonia, 359 (em inglês)
  2. Homero, Odisseia, 1.14, 1.50; Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, [1]. Por vezes é referida como Atlante (Ατλαντίς), que significa "filha de Atlas; ver Ατλαντίς em Liddell & Scott, bem como Hesíodo, Teogonia, 938. (em inglês)
  3. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.2.7 (em inglês)
  4. Verbete καλύπτω, no LSJ
  5. Calypso - Online Etymology Dictionary
  6. Homer, Odyssey 7.259
  7. [[François Fénelon|]]. Les aventures de Télémaque suivies des aventures d'Aritonoüs (em francês). Página visitada em 27 de julho de 2012 no Projeto Gutenberg
  8. Le Guide Vert - Maroc (em francês). Paris: Michelin, 2003. 460 pp. p. 199. ISBN 978-2-06-100708-2.