Calipso (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Odisseu e Calipso.

Calipso (do grego antigo Καλυψώ) na mitologia grega é uma ninfa do mar. Segundo Hesíodo seria uma das Oceânides filhas dos titãs Oceano e de Tétis[1] ,e vivia em uma gruta, na encosta de uma montanha na ilha de Ogígia. Mais frequentemente , seria filha de Atlas[2] com uma deusa qualquer, e, segundo Pseudo-Apolodoro, seria uma das Nereidas, filha de Nereu e Dóris[3] . A entrada da sua morada era cercada por um bosque sagrado, onde havia uma fonte, também sagrada. Os seus filhos mais importantes, e geralmente sendo apontados como filhos de Odisseu, eram Nausítoo e Nausínoo e Latino.

Nome[editar | editar código-fonte]

A etimologia do nome da ninfa é καλύπτω (kalyptō) que significa "esconder", "encobrir" e "ocultar"[4] , o que é o oposto de Apocalipse, que significa revelar, o que sugere que Calypso foi uma deusa da morte originalmente.[5]

Odisseia[editar | editar código-fonte]

No texto da Odisseia, atribuído a Homero, quando Odisseu (Ulisses) naufragou na costa da sua ilha,[a] Calipso acolheu-o em sua morada e por ele se apaixonou. Passava os dias a tecer e a fiar, e neste tempo insistia em seduzi-lo, oferecendo-lhe inclusive a imortalidade se aceitasse ficar com ela para sempre[6] .

O herói, entretanto, resistia, sem conseguir esquecer a sua pátria, a sua esposa (Penélope) e seu filho. Passados sete anos, após os quais Posídon acalmara a sua ira, Zeus, compadecido, enviou Hermes até à presença de Calipso com ordem para que a mesma libertasse o seu hóspede. Desse modo, mesmo contra a sua vontade, ela forneceu os recursos para que Odisseu construísse uma jangada, deu-lhe provisões e assegurou-lhe as condições favoráveis para o caminho de volta ao lar.

Outras obras[editar | editar código-fonte]

Na obra Les Aventures de Télémaque ("As Aventuras de Telêmaco"; 1699), de François Fénelon, encontram-se narradas as aventuras do filho de Odisseu à procura do pai.[7] Ele também chegou à ilha de Ogígia e Calipso também tentou retê-lo com as mesmas promessas. Mas Atena o acompanhava na forma de Mentor e ajudou-o a resistir à tentação. Nas obras "Percy Jackson & os Olimpianos" e "Os Heróis do Olimpo", ambas do autor Rick Riordan, os personagens Percy Jackson e Leo Valdez (respectivamente) também vão parar em Ogígia, e pelos quais Calipso se apaixona.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Calipso (mitologia)
[a] ^ Segundo algumas tradições, o sítio da morada de Calipso onde Ulisses esteve com Calipso teria sido o sopé da montanha do norte de Marrocos na costa do estreito de Gibraltar, o Jbel Musa.[8]
  1. Hesíodo, Teogonia, 359 (em inglês)
  2. Homero, Odisseia, 1.14, 1.50; Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, [1]. Por vezes é referida como Atlante (Ατλαντίς), que significa "filha de Atlas; ver Ατλαντίς em Liddell & Scott, bem como Hesíodo, Teogonia, 938. (em inglês)
  3. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.2.7 (em inglês)
  4. Verbete καλύπτω, no LSJ
  5. Calypso - Online Etymology Dictionary
  6. Homer, Odyssey 7.259
  7. Fénelon, François. Les aventures de Télémaque suivies des aventures d'Aritonoüs (em francês). Página visitada em 27 de julho de 2012 no Projeto Gutenberg
  8. Le Guide Vert - Maroc (em francês). Paris: Michelin, 2003. 460 pp. p. 199. ISBN 978-2-06-100708-2