Íris (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Janeiro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Íris, de Luca Giordano

Na mitologia grega, Íris era a filha de Taumante e de Electra (filha de Oceano);[1] [2] Taumante era filho do Mar (Ponto) e da Terra (Gaia),[2] [3] e Electra era uma das oceânides, as filhas de Oceano e Tétis.[4] [5] Íris é casada com Éolo.Suas irmãs eram as Harpias: Aelo[1] [2] e Ocípite.[1] [2]

Íris era a personificação do arco-íris e mensageira dos deuses. Como o arco-íris para unir a Terra e o céu. Íris é a mensageira dos deuses para os seres humanos; neste contexto ela é frequentemente mencionada na Ilíada, mas jamais na Odisseia, onde Hermes toma seu lugar.

Íris é representada como uma virgem com asas de ouro, que se move com a leveza do vento de um lado para outro do mundo, nas profundezas dos oceanos e no mundo subterrâneo (Hades). Ela é especialmente a mensageira de Hera, e é associada com Hermes.

Na serie Percy Jackson e os Olimpianos, existem as chamadas mensagens de Iris, que servem como um canal de comunicação visual. Basta haver uma corrente de água, jogar um dracma de ouro e dizer: "Ó deusa Íris, aceite minha oferenda". Então um arco-íris surge e se torna possível transmitir a mensagem a distância.

Referências

  1. a b c Hesíodo, Teogonia, Os deuses marinhos, 265-269
  2. a b c d Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.2.6
  3. Hesíodo, Teogonia, Os deuses marinhos, 233-239
  4. Hesíodo, Teogonia, Os deuses titãs, 346-370
  5. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.2.2
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.