Semideus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde agosto de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Nas mitologias grega e romana, os semideuses eram filhos de deuses com parceiros mortais. Eles normalmente se destacavam por serem mais fortes que os humanos normais. Algumas vezes eram admitidos no Olimpo como imortais, o que é pouquíssimas vezes relatado.

Semideuses[editar | editar código-fonte]

Segundo a mitologia greco-romana os deuses às vezes descem a terra para "namorar" com seres humanos, pois os gregos cultuavam o corpo perfeito, mas tão perfeito que seduziria até os próprios deuses, outra explicação era que quanto mais "humanos" os deuses fossem mais reais eles seriam, ou seja, os gregos e os romanos são os verdadeiros propulsores do humanismo. Os mais famosos heróis gregos são o Héracles, filho de Zeus e Alcmena, era considerado o mais célebre de todos os heróis, um símbolo do homem em luta contra as forças da Natureza, possuía também uma força notável, quase sobre-humana, outros semi-deuses também são muito famosos como Perseus, filho de Poseidon - ele foi o responsável pela morte de medusa, a górgona - Aquiles, filho de Tétis, que quando foi mergulhado (com exceção ao calcanhar) no rio Estige, se tornou invulnerável (com exceção ao calcanhar). Mas verdadeiramente, estes semideuses não possuíam grandes poderes, mas eram às vezes agraciados com alguma habilidade sobre-humanas.

Semideuses africanos[editar | editar código-fonte]

Nas mitologia yoruba, Olorun é o Deus e os Orixás são considerados semideuses por serem os ancestrais divinizados do povo yoruba. Assim como em outras religiões tradicionais africanas com a dos povos ewe-fon, a mitologia Fon também têem sua Deusa Mawu e o Deus Lissá e seus Vodun semideuses ancestrais divinizados. Para os Bantus na mitologia bantu das nações Angola e Congo o Deus é Nzambi e também tem os Nkisi semideuses ancestrais divinizados. Essa concepção é tida na África e no Brasil, porém em outros países costumam chamar o orixá, vodun ou nkisi de deuses, sendo incorreta essa denominação por estarem abaixo do Deus supremo de cada religião.

Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.