Julio César Falcioni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Julio César Falcioni
Informações pessoais
Data de nasc. 20 de julho de 1956 (58 anos)
Local de nasc. Buenos Aires,  Argentina
Apelido Pelusa, Bulldog, El Gato, La Araña, El Emperador, J, El Facha
Informações profissionais
Clube atual Chile Universidad Católica
Posição Treinador (ex-Goleiro)
Clubes profissionais12
Anos Clubes Jogos (golos)
1976-1980
1981-1989
1990
1991
1991
Argentina Vélez Sársfield
Colômbia América de Cali
Argentina Gimnasia y Esgrima
Colômbia Once Caldas
Argentina Vélez Sársfield
Seleção nacional3
1989 Flag of Argentina.svg Argentina 0003 00000(0)
Times que treinou3
1997-2000
2002-2003
2003-2005
2005-2006
2006-2007
2007
2009-2010
2011-2012
2013
2014-
Argentina Vélez Sársfield
Argentina Olimpo de Bahía Blanca
Argentina Banfield
Argentina Independiente
Argentina Colón de Santa Fe
Argentina Gimnasia y Esgrima
Argentina Banfield
Argentina Boca Juniors
Argentina All Boys
Chile Universidad Católica
Última atualização: 17 de abril de 2012

Julio César Falcioni (nascido em Buenos Aires em 20 de julho de 1956), é um ex-jogador de futebol e treinador. Atualmente, dirige a Universidad Católica, clube do Chile.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Falcioni começou sua carreira como goleiro das divisões de base do Vélez Sarsfield, equipe que faria sua estreia profissional em 1976 permanecendo até 1980.

Em 1981 foi transferido para o América de Cali, onde jogou três finais da Copa Libertadores da América, perdendo, respectivamente, para Argentinos Juniors, River Plate e Peñarol, porém foi pentacampeão do Campeonato Colombiano de Futebol ganhando todos os campeonatos disputados de 1982 a 1986. Regressou à Argentina em 1990, quando foi jogar no Gimnasia y Esgrima La Plata.

Em 1989 foi convocado por Carlos Bilardo pela primeira vez para a Seleção Argentina de Futebol,

Depois de jogar no Gimnasia entre 1990 e 1991, e depois de uma breve passagem pelo Vélez Sársfield, Falcioni terminou sua carreira como jogador no Once Caldas da Colômbia.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Depois da aposentadoria como jogador,cursou a escola de treinadores da argentina e após o curso, começou a trabalhar nas categorias de base do Vélez Sársfield. Foi ali que estreou como treinador da equipe principal, cargo que ocupou até 1997.

Treinou o Olimpo de Bahía Blanca até 2003.

Estreou como treinador do Banfield em 2 de agosto de 2003. Foi com esta equipe que alcançou seus maiores êxitos como técnico, ao classificar a equipe para Copa Libertadores de 2005, na qual chegou às quartas-de-final.

Em 2005 Falcioni assumiu o Independiente.

Em 2006, dirigiu o Colón de Santa Fe.

Em 2007 assume como treinador do Gimnasia y Esgrima de La Plata.

Em 2009 assume novamente o cargo de técnico do Club Atlético Banfield.

Em 2011 assume o cargo de técnico do Club Atlético Boca Juniors. Deixou o cargo em dezembro de 2012, após maus resultados no Campeonato Argentino.

Em 2013 assume o All Boys da Argentina,mas devido a situação estrutural do clube e os maus resultados,pede demissão.

Em 2014 assume a a Universidad Católica.

Estatística[editar | editar código-fonte]

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Colón 38 12 10 16 44,4%
Gimnasia 18 5 3 10 36,3%
Banfield 47 15 22 20 45,3%
Boca Juniors 93 44 35 14 66,1%

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

América de Cali

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Banfield
Boca Juniors

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.