Língua cofán

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cofán (A'ingae)
Falado em: Equador, Colombia
Região: Oriente (Equador) ou Bacia Amazônica no Equador
Total de falantes:
Família: Não classificada
 Cofán
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: mis
ISO 639-3: con

A Língua Cofán (também Kofan ou Kofane; endônimo A'ingae) é a língua do povo Cofán, um grupo indígena da província de Napo, nordeste do Equador, e do sul da Colômbia, entre o Rio Guamés, afluente do rio Putomayo (no Brasil Rio Içá) e o Rio Aguarco, afluente do Rio Napo.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Embora não haja uma classificação bem definida para língua, alguns estudiosos a classificam como uma das Línguas chibchanas, em função de muitas palavras comuns.

Falantes[editar | editar código-fonte]

Cerca de 60% dos falantes de Cofán são analfabetos em sua língua, sendo que muitos são bilingues com o espanhol em ambos lados da fronteira. Os casamentos cruzados como os povos Siona e Secoya também promove o bilingualismo.

Escrita[editar | editar código-fonte]

A lingua tem sua escrita no Alfabeto latino, apresentado tem dez vogais (5 nasais e 5 não nasais) e 28 consoantes (aí incluídos também grupos de consoantes). Não existem nessa versão as letras Latinas h, k, l, r, w, x.

Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

Pûi a'i tsû va andenga ji'fa fae'ngae upatshe kanse'faye. Tsa'kamba tsû injenge pûiyi'khu asi'thaemba injengepa ñu'tshe faengasûma da'ñumbe kanse'faye.

Português

Todos seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São providos de razão e consciência e devem agir uns em relação aos outros num espírito de fraternidade. (Artigo 1 – Declaração Universal dos Direitos Humanos)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

'