Língua sindi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde novembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sindi (سنڌي सिन्धी Sindhī)
Falado em: Índia, Paquistão.
Região: Ásia meridional
Total de falantes: 19,7 milhões
Posição: 47
Família: Indo-europeia
 Indo-iraniano
  Indo-ariano
   Zona noroeste
    Sindi
Escrita: Devanágari; alfabeto arábico modificado
Estatuto oficial
Língua oficial de: Paquistão; uma das 23 línguas oficiais da Índia
Códigos de língua
ISO 639-1: sd
ISO 639-2: snd
ISO 639-3: snd

O sindi (سنڌي, सिन्धी) é uma língua indo-ariana falada na província de Sind (sudeste do Paquistão) e nos estados de Guzerate e Rajastão (no oeste da Índia), na área geográfica do vale do baixo rio Indo, na Ásia meridional. Aproximadamente 18,5 milhões de pessoas falam o sindi no Paquistão e outros 2,8 milhões o falam na Índia; ambos os países o consideram como uma de suas línguas oficiais (ver lista de línguas nacionais da Índia).

Embora a língua seja principalmente indo-ariana, sofreu também a influência da família dravídica, o que a torna um idioma de singular importância. O sindi era inicialmente escrito em devanágari, mas desenvolveu também um alfabeto arábico modificado, com a mediação da Companhia Britânica das Índias Orientais. O governo da Índia reconhece ambas as formas de escrita.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.