Lada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lada Laika 2107 Klassika

Lada é uma marca da Avtovaz, uma fábrica de automóveis russa de Togliatti. O nome substituiu o original "Zhiguli", cuja fonética semelhante com "Gigolo" acabou por prejudicar as exportações. A marca ficou famosa no leste da Europa com o Lada Riva, carro econômico vendido em grandes quantidades durante os anos de 1980-90. No entanto, modelos subsequentes não conseguiram o mesmo sucesso.

Atualmente, a empresa mantém um acordo de cooperação semelhante a uma joint venture com a GM (General Motors - Alemanha), da qual recebeu investimentos para tirar do papel o novo Niva (VAZ 2123), que é montado nas dependências da Avtovaz, saindo da linha de montagem com o emblema da Chevrolet. O nome Niva, atualmente, pertence à GM, e o antigo Niva (VAZ 2121) passou a ser chamado de Lada 4x4.1 Essa injeção não só possibilitou à fábrica russa ter um produto novo e de qualidade como também lhe deu fôlego para projetar no mercado um novo veículo, o Lada Kalina, nas versões hatch, sedan e station wagon, de inegável beleza externa e interna, à altura de seus similares de outras marcas internacionais.

Atualmente, a Lada ainda produz o famoso Riva, conhecido em alguns mercados (como o brasileiro) como Laika, e em outros simplesmente como Lada 2105, devido ao seu baixíssimo preço e à sua grande aceitação. Também produz o Samara nas versões hatch 3 e 5 portas, conversível e sedan, o Samara II, nas versões hatch 5 portas e sedan, o Lada 110 (conhecido em alguns mercados como Aphalina), nas versões hatch 5 portas, sedan, station wagon, limusine, niva nas versões 2 e 4 portas e conversível, novo Niva e Lada Kalina nas três versões da gama, além de uma minivan, Nadesha, sobre a plataforma do Niva para 7 pessoas.

Mercados[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Com a abertura da importação pelo então Presidente Fernando Collor de Mello, em 1990 o Brasil começou a importar da União Soviética os seguintes modelos:

Início[editar | editar código-fonte]

Os seis anos (1990-1995) de sobrevivência da marca no Brasil foram de relativo sucesso e satisfação, em razão do baixo preço, manutenção barata e da carroceria funcional que se destacou principalmente entre os táxis.

Entre os motivos do fracasso da empresa não estão os preços, peças e nem a manutenção, e sim o design dos carros, considerado ultrapassado para a década de 90, que foi pouco aceito pelos consumidores brasileiros. Mesmo pelo fato dos carros serem ultrapassados, não deixavam de serem resistentes, baratos e bem preparados para o clima e solo brasileiro, além de terem os preços acessíveis (cerca de R$ 17.850 para um Lada Laika 2105) e de peças e manutenção barata, mas mesmo com tudo isso não foi suficiente para manter a marca Lada presente no Brasil. O golpe fatal veio com alteração na cobrança do imposto de importação de automóveis em 1995, editada pelo então ministro da fazenda do governo Itamar Franco, Ciro Gomes, e que prejudicou empresas que não tinham fábricas no país, uma delas foi a Lada.

Mesmo os carros sendo bem preparado para o Brasil, os Lada tinha um fator, que era a má tropicalização dos carros, que não vinham adaptados à gasolina com álcool vendida no Brasil. Era comum que apresentassem mau funcionamento e problemas de carburador. Por conta da péssima qualidade dos nossos combustíveis, depois de vários anos, quem tinha Ladas ou tem até hoje, colocaram carburadores de Ford Corcel, sanado o problema mas, infelizmente, a marca já havia ido embora, Ainda assim, hoje se encontram muitos exemplares rodando nas grandes cidades brasileiras firme e forte, é um carro que nunca iremos esquecer, e de sua história triste no Brasil, por culpa de Governos. Ao todo, de (1990-1995) foram vendidos cerca de 70.000 exemplares no Brasil, carro que vendeu mais que alguns nacionais na época e de histórias no Brasil. Lembrando, Lada Laika saiu de linha ano passado, era fabricado desde 1982 até 2012 com mesmo design, foi o mais vendido da Rússia por 8 anos. Ao todo foram mais de 6.000.000 milhões de Laika fabricados e vendidos na Rússia. Ainda até hoje o Niva é fabricado com mesmo design, e vende muito bem, os carros da Lada tem do mais simples ao mais sofisticados, de luxo e conforto, como outros carros de sua gama.

Em alguns países da América do Sul ainda é possível encontrar carros Lada 0 km e fábricas na (Venezuela, Paraguai, Equador e Colômbia).

Modelos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.