Lisandro López

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Abril de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Lisandro López
Lisandro López
Informações pessoais
Nome completo Lisandro López
Data de nasc. 2 de Março de 1983 (31 anos)
Local de nasc. Buenos Aires,  Argentina
Altura 1.74 m
Apelido Licha, El Matador
Informações profissionais
Clube atual Catar Al-Gharafa
Número 9
Posição Avançado
Clubes de juventude
20012003 Argentina Racing Club
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20032005
20052009
20092013
2013
Argentina Racing Club
Portugal FC Porto
França Lyon
Catar Al-Gharafa
0069 000(26)
0150 000(63)
0167 000(82)
0024 0000(9)
Seleção nacional3
20052009 Flag of Argentina.svg Argentina 0007 0000(1)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 29 de setembro de 2014.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 20 de janeiro de 2009.

Lisandro López, também conhecido como Licha (Rafael Obligado, 2 de março de 1983), é um futebolista argentino que atua como avançado. Atualmente, defende o Al-Gharafa

Carreira[editar | editar código-fonte]

Racing Club[editar | editar código-fonte]

Lisandro Lopez passou pela formação do Racing Club, clube pelo qual se estreou em 2003 nos escalões superiores. Na época seguinte, em 2004, foi o melhor marcador do Torneio Apertura com 12 golos, título pessoal que despontou o interesse de alguns clubes europeus entre os quais o FC Porto. Em 2005 conseguiu levar o seu clube ao pódio no Torneo Clausura, acabando em 3º lugar.

FC Porto[editar | editar código-fonte]

Lisandro estava apontado ao SL Benfica e ao Sporting CP numa enorme novela, no entanto vai para o FC Porto, grande rival de os quais estava apontado, no início da época de 2005/2006 por €2,5 milhões, na mesma altura que o seu compatriota Lucho González. Treinado pelo treinador Holandês Co Adriaanse, Lisandro rapidamente encontrou um lugar no onze inicial do FC Porto, numa posição diferente em relação à que tinha no Racing Club, encontrando-se mais encostado às faixas. Apesar de não ter marcado muitos golos na sua primeira época (8 golos em 28 jogos) foi uma peça importante no sistema táctico do seu treinador. Teve a sua primeira experiência na Liga dos Campeões participando em 2 jogos e marcando um golo ao Glasgow Rangers da Escócia. Ajudou o FC Porto na priemira época a conquistar a Bwin Liga e a Taça de Portugal.

Em 2006/2007 houve uma troca de treinador no FC Porto, saiu Co Adriaanse e entrou Jesualdo Ferreira, mas entretanto sob o comando de Rui Barros (treinador interino) Lisandro Lopez contribuiu para a vitória na Supertaça Cândido de Oliveira entrando aos 80 para render Adriano. Com a entrada de Jesualdo Ferreira Lisandro manteve o seu lugar no onze e a mesma posição no sistema táctico. Manteve também a média do ano passado com 31 jogos e 11 golos, 8 desses jogos foram para a Liga dos Campeões. Conquistando o bicampeonato ao serviço do FC Porto.

Finalmente no início da época de 2007/2008 Lisandro Lopez teve a sua oportunidade no centro do ataque, devido às lesões e à baixa produtividade dos seus colegas, Adriano e Helder Postiga, e não podia ter começado melhor no campeonato nacional. Tendo mantido uma elevada média de quase um golo por jogo contabilizando no final da época 24 golos em 27 partidas para o campeonato, muito distanciado do 2º lugar na corrida pelo título de melhor marcador da Bwin Liga. A nível europeu ficou em 9º lugar no ranking da [[Bota de Ouro.

Olympique Lyonnais[editar | editar código-fonte]

A 7 de julho de 2009 o Lyon chega a acordo com o FC Porto comprando assim o jogador por 24 milhões de euros, que poderão chegar aos 30 milhões de euros dependendo da performance desportiva do clube que o atleta irá representar.[1]

Al-Gharafa[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2013, Lisandro foi contratado pelo Al-Gharafa por 18 milhões de reais, vestindo a camisa 9.

Selecção Argentina[editar | editar código-fonte]

Lisandro jogou 3 vezes pela selecção alviceleste. Foi chamado por José Pekerman para fazer dois amigáveis de preparação para o Campeonato mundial de futebol 2006, num dos quais, contra a Hungria apadrinhou Lionel Messi na Selecção Argentina, mas acabou por não ser chamado para o Mundial.

Em Março de 2008 foi novamente chamado por Alfio Basile, devido às recentes exibições feitas pelo FC Porto, para um amigável com o Egipto jogando apenas 4 minutos.

Títulos com Clubes[editar | editar código-fonte]

Títulos Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira de ArgentinaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.