Mesrob Machtots

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Mesrob Machtots
Nascimento 360 em Taron
Morte 17 de fevereiro de 440
Festa litúrgica 19 de fevereiro na Armênia
Gloriole.svg Portal dos Santos

Mesrob Machtots (também grafado Mashtots ou Mashdodz; em Մեսրոպ Մաշտոց; Taron, 36017 de fevereiro de 440) foi um monge, teólogo e linguista armênio. Foi também um cortesão e militar que se tornou sacerdote itinerante, impulsionado pela obsessão de suas ideias. É reverenciado como santo e educador, criador do alfabeto armênio.

Nascido numa pequena aldeia a oeste do monte Ararate, perto do lago Van, na atual Turquia, Machtots desde a infância sentia fascínio pelas línguas. Tornou-se tão profundo conhecedor do idioma grego que logo galgou a um posto de conselheiro do governo. Mas a vida na corte não lhe agradava e aos 35 anos partiu para regiões inóspitas, viajando a pé por toda a Ásia Menor. Depois de dez anos, segundo a lenda, a mão de Deus apareceu diante dele, gravando com fogo 36 letras na parede de uma caverna. Durante mais 35 anos, até à sua morte no ano de 440, Machtots recrutou equipes de monges para traduzir as obras-primas da religião, da ciência e da literatura da Antiguidade para esse novo alfabeto. Boa parte do trabalho foi realizado no mosteiro de Amaras.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ícone de esboço Este artigo sobre História da Armênia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mesrob Machtots