Modelo hipostático da personalidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O modelo hipostático da personalidade é uma maneira de ver os vários lados do caráter de uma pessoa. O modelo diz que uma pessoa pode se comportar e aparecer para os outros, em muitos aspectos, dependendo de como a pessoa é, mas também em como alguém olha para essa pessoa.[1] Diz que as pessoas não são unilaterais, mas são um pouco de tudo. Por exemplo, alguém hoje pode ser mau, e amanhã ele pode ser bom. Como alguém se comporta também depende de coisas e pessoas ao redor dele ou dela. Por exemplo, às vezes a pessoa mais covarde pode se tornar o maior herói, se ele é chamado para salvar a vida de alguém. Todos esses "lados" de uma pessoa tem que ser conhecido pelos cientistas para que possam mudá-los para melhor.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Tapu, Codrin Stefan. Hypostatic Personality: Psychopathology of Doing and Being Made. [S.l.]: Premier, 2001. p. 15. ISBN 9738030595.
  2. Rowan, John. Subpersonalities: The People Inside Us. [S.l.]: Routledge, 1990. p. 8. ISBN 9780415043298.