Museu de Arte da Filadélfia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Museu de Arte da Filadélfia
Tipo Museu de arte
Inauguração 1876 (138 anos)
Diretor Gail Harrity (interino)
Website http://www.philamuseum.org/
Geografia
País  Estados Unidos
Cidade Flag of Philadelphia, Pennsylvania.svg Filadélfia,  Pensilvânia
Fidelity Mutual Life Insurance Company Building (Perelman Building do Museu da Filadélfia)
Registro Nacional de Lugares Históricos
Museu de Arte da Filadélfia está localizado em: Pensilvânia
Localização: Fairmount e Pennsylvania Avenues
Coordenadas: 39° 58′ N 75° 10′ W
Construído/Fundado: 1926 (88 anos)
Estilo(s): Art déco
Administração: Privada
Adicionado ao NRHP: 2 de julho de 1973 (40 anos)
Registro NRHP: 73001662

O Museu de Arte da Filadélfia, localizado na cidade da Filadélfia, nos Estados Unidos foi criado em 1876 (abriu suas portas em 1877) e hoje é um dos maiores e mais importantes museus dos Estados Unidos. É conhecido localmente como o The Art Museum e sua coleção abriga mais de 225.000 objetos. Todos os anos, o museu apresenta 15 a 20 mostras especiais e é visitado por cerca de 800000 pessoas. Algumas das maiores e mais famosas mostras, que atraíram centenas de milhares de pessoas de todo o país e de outros lugares do mundo, incluíram as de Paul Cézanne (em 1996, atraindo 548000 pessoas) e de Salvador Dalí (em 2005, atraindo 370000 pessoas).

Além de sua arquitetura e suas coleções, o museu é famoso pelo papel que teve em uma famosa cena dos filmes de Rocky Balboa, interpretado por Sylvester Stallone. É comum ver os visitantes imitarem a famosa cena das escadarias, que agora são normalmente chamadas de Rocky Steps (Os degraus de Rocky). Uma estátua de bronze de Rocky foi colocada no topo das escadas para as filmagens de Rocky III e Rocky V. Logo depois foi removida do local, mas agora pode ser novamente vista no mesmo lugar.

Por causa de sua localização, no final da Benjamin Franklin Parkway, o Museu tem sido sede de vários shows, entre eles o Live 8.

Coleções[editar | editar código-fonte]

O museu apresenta mais de 225.000 objetos da cultura ocidental desde o século I a.C. e alguns da Ásia, do terceiro milénio a.C. Alguns destaques são esculturas e pinturas da China, Japão e Índia; cerâmicas da Coreia; carpetes persas e turcos e uma sala de chá japonesa. A coleção europeia, da Idade Média até o presente, engloba obras-primas italianas e flamengas da Renascença. A coleção americana, que perpassa três séculos, apresenta uma seção especial com móveis dos séculos XVIII e XIX. A se(c)ção de arte moderna apresenta obras de Pablo Picasso, Marcel Duchamp e Constantin Brancusi. Entre os artistas contemporâneos estão Cy Twombly, Jasper Johns e Sol LeWitt.

Coleção Otto Kretzschmar von Kienbusch[editar | editar código-fonte]

O museu também abriga uma grande coleção de armaduras de Carl Otto Kretzschmar von Kienbusch, que inclui objetos europeus de vários séculos. Alguns anos atrás, o museu chegou a um acordo com as autoridades alemãs para que se devolvesse cinco armaduras roubadas de Dresden, na Segunda Guerra Mundial.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Museu de Arte da Filadélfia
Ícone de esboço Este artigo sobre Registro Nacional de Lugares Históricos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.