Paz Lenchantin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
PazLenchaItsTheSun.jpg

Paz Lenchantin (Mar del Plata, Argentina, 12 de dezembro de 1973) é uma baixista argentina-estadunidense, descendente de franceses e armenos, que se mudou para Los Angeles com sua família aos 4 anos.

Lenchantin fala espanhol e inglês fluentes. Assim como seus pais, os pianistas profissionais Mario Merdirossian e Ana Lia Lenchantin, ela foi estimulada a seguir o mesmo caminho, começando a tocar piano aos 5 anos. Ela então tomou aulas de violino aos 8 e aprendeu, sozinha, a tocar guitarra aos 12. Mais tarde aprendeu a tocar baixo, seu instrumento preferido atualmente, influenciada pelo baixista do Led Zeppelin, John Paul Jones.

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

Lenchantin juntou-se a Billy Howerdel, Josh Freese, Troy Van Leeuwen e Maynard James Keenan na formação da banda A Perfect Circle. Ela contribuiu nos álbuns Mer de Noms (guitarra, baixo e vocal) e Thirteenth Step (co-escrevendo a música "Gravity" e fazendo backing vocal em "The Nurse Who Loved Me"). Mais tarde, Lenchantin deixou a banda para se juntar a Billy Corgan, Jimmy Chamberlain, Matt Sweeney e David Pajo para formar o Zwan. Em 2002 Lenchantin, com Melissa Auf Der Maur (Smashing Pumpkins/Hole), Samantha Maloney e Radio Sloan (The Need) criaram uma nova banda, chamada The Chelsea. A banda só de mulheres fez apenas um show ao vivo antes que as integrantes seguissem rumos diferentes. Lenchantin contribuiu no álbum solo da baixista Melissa Auf Der Maur, na música "My Foggy Notion". Lenchantin voltou a tocar piano com a banda A Perfect Circle no álbum eMOTIVe, lançado em 2 de novembro de 2004, que estreou com o segundo lugar no Top 200 da Billboard. Ela também contribuiu com uma cover solo de "The Hollow" para o CD/DVD da banda, aMOTION.

Lenchantin participou do álbum "Songs for the Deaf" (Queens of the Stone Age). Ela tocou com David Pajo in "Papa M", e contribuiu em "Tanglewood Numbers" (Silver Jewel). Paz fez shows com Jennifer Herrema (Royal Trux) e Jarboe of Swans. Lenchantin também tocou baixo no álbum homônimo da banda Brightblack Morning Light, lançado em 2006. Ela trabalhou com o diretor Michael Mann no filme Miami Vice, tocando violino em várias cenas.

Desde 2005, Lenchantin tem tocado baixo e violino com a banda Entrance em seu álbum "Prayer Of Death", além de co-produzir o álbum. Ela também tocou no álbum anterior da banda, "Wandering Stranger" (2004).

Mesmo tendo feito parte de tantas bandas, Paz encontrou tempo para escrever e produzir seus dois álbuns solo: "Yellow mY skYcaptain" (2000) e "Songs For Luci" (2006).

Atualmente ela é baixista da banda Pixies.

Discografia solo[editar | editar código-fonte]

  • Yellow mY skYcaptain (2000)
  • Songs for Luci (2006)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]