Radeon R100

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
AMD Radeon DDR / 7000–7500
Codinome Rage 6 / R100 / RV100 / RV200
Lançado em 2000
GPU básica Radeon 7000
GPU intermediária Radeon DDR / 7200
GPU topo-de-linha Radeon 7500
Versão DirectX DirectX 7
Concorrência GeForce 256 e 2, Voodoo 5
Processadores gráficos 3D AMD
2D: Mach

Direct3D 1–6: AMD RageRage 128

Direct3D 7.x: Radeon R100

Direct3D 8.x: Radeon R200

Direct3D 9.x: Radeon R300R420R520

Direct3D 10: Radeon R600R700

Outras tecnologias AMD
Placas-mães: IGP3xx9000/9100 IGPXpress

Para GPUs: AMRCrossFireHyperMemory

Workstations: FireGLFireMVFireStream

Software: CatalystAVIVO

Dispositivos portáteis: ImageonXilleon

Consoles de jogos: GameCubeXbox 360WiiPlayStation 4Xbox One

Radeon R100 é o nome da primeira geração de aceleradores gráficos 3D da ATI Technologies. Lançada no ano 2000 , foi desenvolvida sob o codinome "Rage 6" e é a sucessora da arquitetura Rage 128 que, com o surgimento das concorrentes GeForce 256 e Voodoo 5, passou a perder mercado rapidamente.

As especificações da primeira geração Radeon eram comparáveis às da família GeForce 2 da nVidia, diferindo na configuração de processamento de pixels. A família GeForce 2 podia "desenhar" (renderizar) 4 pixels por ciclo de processamento, além de aplicar 2 texturas por pixel (uma configuração conhecida por "4x2"). A família Radeon por outro lado podia renderizar 2 pixels por clock, mas podia aplicar três texturas em um único ciclo (configuração "2x3"). A terceira unidade de textura no entanto não era aproveitada pelos jogos da época. Outra tecnologia apresentada foi a HyperZ, que visava melhorar a eficiência da placa ao eliminar o processamento de objetos não visiveis na tela, tecnologias semelhantes foram desenvolvidas pelos concorrentes ao mesmo tempo, com graus diferentes de sucesso.

Em termos de processamento, o desempenho da Radeon era inferior ao da GeForce 2 na maioria dos testes, apesar de suas inovações. A diferença de desempenho era mais visível em modo 16-bit (65.536 cores), no qual tanto a GeForce 2 quanto a Voodoo 5 da 3Dfx a superavam. Por outro lado, em modo 32-bit (bilhões de cores) a Radeon se equiparava à GeForce 2. A Radeon continuaria a tradição da ATI em aceleração e qualidade gráfica superior ao exibir filmes em DVD (MPEG2), sendo considerada por muitos como uma placa mais equilibrada, apesar da baixa qualidade de seus drivers. Além das inovações no processamento de imagens poligonais, a Radeon trouxe novos recursos de processamento de imagem para vídeos.

Modelos[editar | editar código-fonte]

R100 / Radeon DDR[editar | editar código-fonte]

As primeiras versões da Radeon (R100) foram os modelos lançados com 32 e 64MB de memória sob o nome Radeon DDR; a versão com 64MB trabalhava a uma freqüência de processamento maior e possuía recursos VIVO (video-in/video-out). Seu nome original era "Radeon 256", mas foi alterado antes do lançamento para evitar comparações com a "GeForce 256", já que a Radeon foi criada para superar a concorrente e não se equiparar a ela. Os dois modelos inicials foram fabricados até o verão de 2001 (no hemisfério norte), quando foram substituídas pela Radeon 7500.

Uma versão simplificada, Radeon SDR, com 32MB de memória SDR foi lançada poucos meses depois da série DDR para competir com as placas equipadas com o chipset GeForce 2 MX, mas não durou muito tempo, sendo substituída pelos modelos 7000 e LE.

Ainda em 2000, próximo do lançamento da Radeon SDR, foi lançado um modelo apenas para OEMs com o nome de Radeon LE, uma versão fabricada por uma outra companhia que utilizou processadores Radeon que não atendiam às especificações necessárias e tinham desabilitadas alguns recursos via software e sua freqüência de processamento reduzida.

Em 2001, com o lançamento do modelo Radeon 8500, o modelo original (R100) foi renomeada para Radeon 7200, nome que se aplicou retroativamente a todos os modelos.

RV100 / Radeon 7000[editar | editar código-fonte]

Outro modelo da primeira geração Radeon foi a Radeon VE (RV100), mais tarde conhecida como Radeon 7000. O modelo VE não possuía parte dos recursos de renderização 3D da Radeon original: um pixel-pipeline, HyperZ, e T&L foram removidos, além da redução do barramento de memória. Por outro lado, acrescentou suporte a dois monitores (recurso batizado de "Hydravision").

O desempenho da Radeon VE era consideravelmente inferior ao da GeForce 2 MX, apesar do melhor desempenho em modo 32-bit de cores e da funcionalidade superior com múltiplos monitores. A Radeon VE mais tarde foi utilizada como base para a linha Mobility Radeon que se tornou bastante popular no mercado de notebooks.

RV200 / Radeon 7500[editar | editar código-fonte]

O último modelo da geração R100 foi a Radeon 7500 (conhecida também como RV200), baseado em um processo de fabricação mais avançado e com freqüências de processamento mais altas, foi lançada simultaneamente à Radeon 8500 para competir com o modelo GeForce 2 Ti.

Com o lançamento da família GeForce 4 no começo de 2002, o desempenho da Radeon 7500 era inferior ao do modelo GeForce 4 MX440, da mesma faixa de preço. O que levou a ATI a lançar sua sucessora a Radeon 9000 (que por sua vez era uma modificação da Radeon 8500).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.