Regra de três

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Regra de tres)
Ir para: navegação, pesquisa
Egyptian A'h-mosè or Rhind Papyrus (1065x1330).png

A regra de três, na matemática, é uma forma de se descobrir uma quantidade que tenha para outra conhecida a mesma relação que têm entre si entre outros dois valores numéricos conhecidos.[1] Existem dois tipos de regra de três: simples e composta.

Regra de três simples[editar | editar código-fonte]

Serve para se descobrir um único valor a partir de outros três. Relacionam-se quatro valores, divididos em dois pares de mesma grandeza e unidade interdependentes e relacionadas. Matematicamente, x_1\,\! e x_2\,\! são o primeiro par de mesma grandeza e unidade, e y_1\,\! e y_2\,\! são o segundo par, também de mesma grandeza e unidade.

Se as grandezas associadas forem diretamente proporcionais, deve-se usar a relação de proporção direta:

\,\!\frac{x_1}{x_2}=\frac{y_1}{y_2}

Se as grandezas forem inversamente proporcionais, deve-se usar a relação de proporção inversa:

\,\!\frac{x_1}{x_2}=\frac{y_2}{y_1}

Regra de três composta[editar | editar código-fonte]

É usada quando para se descobrir um valor, não basta utilizar no cálculo apenas três dos valores dados.[2] A relação é mais complexa e melhor explicada em seu artigo próprio.

Notas e referências

  1. Ferreira (1868), p. 30.
  2. Ferreira (1868), p. 32.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.