Física matemática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Steven Weinberg, físico estadunidense, recebeu em 1979 o Nobel de Física, por seu trabalho na formulação da teoria da força electrofraca que uni as duas forças fundamentais da natureza (o electromagnetismo e a força fraca), em conjunto com os seus colegas Abdus Salam e Sheldon Glashow.

Física matemática é um ramo da física teórica, que estuda desde simetrias até modelos integráveis, em "campos e partículas".[1] [2]

No Brasil há vários grupos que o estudam. Há, por exemplo, um grupo de Física Matemática no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas - CBPF, que desenvolve pesquisas em Modelos Integráveis e Simetrias Associadas. No Departamento de Física Matemática do Instituto de Física da Universidade de São Paulo USP, há vários ramos de estudo no assunto, na Universidade Federal de São Carlos que desenvolve pesquisa na área de modelos exatamente soluveis e no Instituto de Física Teórica que desenvolve sua pesquisa em modelos integráveis.

O núcleos principais de pesquisa são os modelos do tipo cadeia de spin e as simetrias associadas a estes modelos e a teoria de solitons. Em particular no que tange os modelos exatamente soluveis, interessam os modelos com elétrons fortemente correlacionados, devido a sua importância na compreensão da supercondutividade à alta temperatura.

As simetrias destes modelos fornecem exemplos de grupos quânticos e no caso de modelos críticos há uma conexão direta com teorias de campos com simetria conforme.

Este estudo envolve desde termodinâmica até física de partículas (para um bom entendimento desta é bom ter um relativo domínio de mecânica quântica).[3]

Importantes físicos matemáticos no século 20[editar | editar código-fonte]

Paul Dirac, físico teórico britânico, fez contribuições fundamentais para o desenvolvimento da Mecânica Quântica e Eletrodinâmica Quântica. Recebeu em 1933, junto com Erwin Schrödinger, o Nobel de Física.

Contribuintes para a Física e Matemática no século 20, incluem-se


Referências

  1. Zalsow, Eric (2005), Physmatics, Bibcode2005physics...6153Z  (em inglês)
  2. EUGENE BUTKOV, FÍSICA MATEMÁTICA, LTC 1988 ISBN 978-852-161-145-5
  3. Sardella, Edson, Física- Matemática: teoria e aplicações, CULTURA ACADÊMICA EDITORA, ISBN 8-598-60531-X ISBN 978-859-860-531-9

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Ciência
Ícone de esboço Este artigo sobre Ciência (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.