Mecânica dos sólidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mecânica dos sólidos é a parte da física que trata tanto dos sólidos rígidos quanto dos deformáveis. Trata também de sistemas formados por sólidos, como uma máquina. A mecânica dos sólidos utiliza tensores para descrever tensões, deformações e as relações entre estas quantidades.

A mecânica dos sólidos é fundamental para os engenheiros civis e mecânicos, e para a geologia, e para muitos ramos da física, tal como ciência dos materiais. Tem aplicações específicas em muitas outras áreas, como para entender a anatomia de seres vivos, e o projeto de próteses dentarias e implantes cirúrgicos. Uma das práticas mais comuns da mecânica dos sólidos é o modelo de viga de Euler-Bernoulli

Mecânica do contínuo
Estudo da física de materiais contínuos
Mecânica dos sólidos
Estudo da física de materiais contínuos com uma forma de repouso definida.
Elasticidade
Descreve materiais que retornam à sua forma de repouso depois que as tensões aplicadas são removidas.
Plasticidade
Descreve materiais que se deformam permanentemente após uma tensão aplicada superar um determinado limite.
Reologia
Estudo de materiais com características de sólido e fluido.
Mecânica dos fluidos
Estudo da física de materiais contínuos que se deformam quando submetidos a uma força.
Fluidos não newtonianos não apresentam taxas de deformação proporcionais às tensões cisalhantes aplicadas.
Fluidos newtonianos apresentam taxas de deformação proporcionais às tensões cisalhantes aplicadas.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Mecânica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.