Max Born

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Max Born Medalha Nobel
Física
Nacionalidade Alemanha Alemão
Nascimento 11 de dezembro de 1882
Local Breslávia
Morte 5 de janeiro de 1970 (87 anos)
Local Göttingen
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Universidade de Frankfurt, Universidade de Göttingen, Universidade de Edimburgo
Alma mater Universidade de Göttingen
Tese 1906: Untersuchungen ueber Stabilitaet der elastischen Linie in Ebene und Raum unter verschiedenen Grenzbedingungen
Orientador(es) Carl Runge
Orientado(s) Siegfried Flügge, Maria Goeppert-Mayer, Herbert Green, Peng Huanwu, Friedrich Hund, Pascual Jordan, Edgar Krahn, Robert Oppenheimer, Maurice Pryce, Bertha Swirles, Victor Weisskopf
Conhecido(a) por Ciclo de Born-Haber, Regra de Born, Equação de Born-Landé
Prêmio(s) Medalha Max Planck (1948), Medalha Hughes (1950), Guthrie Lecture (1953), Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1954)

Max Born (Breslávia, 11 de dezembro de 1882Göttingen, 5 de janeiro de 1970) foi um físico alemão naturalizado britânico.

  1. Foi laureado com o Nobel de Física de 1954, por seu trabalho sobre a teoria quântica (com Walther Bothe). Gustav Born e Margarete Kauffmann, foi também o avô maternal da cantora e atriz britânica Olivia Newton

Biografia[editar | editar código-fonte]

Inicialmente educado no König-Wilhelm-Gymnasium, Born prosseguiu os seus estudos superiores na Universidade de Breslau e depois nas Universidades de Heidelberg e Zurique. Durante este período ele tomou contacto com cientistas e matemáticos proeminentes como Klein, Hilbert, Minkowski, Runge, Schwarzschild e Voigt.

Em 1909 foi nomeado professor da Universidade de Gotinga, onde trabalhou até 1912, quando foi para a Universidade de Chicago. Em 1919, após um período no exército alemão, tornou-se professor na Universidade de Frankfurt e, em 1921, foi novamente professor em Gotinga.

Durante este período, formulou a hoje aceita interpretação da densidade da probabilidade para ψ*ψ na equação de Schrödinger da mecânica quântica, pela qual recebeu o Nobel de Física de 1954, três décadas mais tarde.

Em 1933 (ano da chegada de Hitler ao poder), deixou a Alemanha para escapar ao antissemitismo. Foi então ensinar na Universidade de Cambridge até 1936, e na Universidade de Edimburgo em 1953. Em 1954 regressou à Alemanha.

Friedrich Hund e Max Born em 1966

Albert Einstein era um amigo de Born, e foi numa carta escrita a Born em 1926 que Einstein formulou, referindo-se à mecânica quântica, a famosa frase "Deus não joga aos dados com o universo".

Participou da 5ª Conferência de Solvay.

Era avô da cantora e atriz Olivia Newton-John, figura marcante no cinema e na música dos anos 1970 e 1980.

Esta sepultado no Cemitério municipal de Gotinga.

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Untersuchungen über die Stabilität der elastischen Linie in Ebene und Raum, unter verschiedenen Grenzbedingungen (Doutorado 1906)
  • Dynamik der Kristallgitter (1915)
  • Die Relativitätstheorie Einsteins (1920), Springer, ISBN 3-540-04540-6
  • Atomtheorie des festen Zustands (Dynamik der Kristallgitter). In: Encyklopädie der mathematischen Wissenschaften mit Einschluss ihrer Anwendungen. Leipzig 1922, S. 35ff. (online)
  • Vorlesungen über Atommechanik (1925), MIT Press, ISBN 0-262-52019-2
  • (com Pascual Jordan): Zur Quantenmechanik. In: Zeitschrift für Physik 34, 1925, S. 858ff. (tradução para o inglês em: Sources of Quantum Mechanics. Editado por B. L. van der Waerden, Amsterdam 1967, S. 277ff.; online, PDF, 184 KB)
  • (com Werner Heisenberg e Pascual Jordan): Zur Quantenmechanik II. In: Zeitschrift für Physik 35, 1926, S. 557ff. (tradução para o inglês em: Sources of Quantum Mechanics. Editado por B. L. van der Waerden, Amsterdam 1967, S. 321ff.; online, PDF, 310 KB)
  • Zur Wellenmechanik der Stossvorgänge. In: Nachrichten von der Gesellschaft der Wissenschaften zu Göttingen, Mathematisch-Physikalische Klasse, 1926, S. 290ff. (14 de janeiro de 1927; online)
  • Optik. Ein Lehrbuch der elektromagnetischen Lichttheorie (1933), Reprint Springer 1972
  • Experiment and theory in physics (1943)
  • Physik im Wandel meiner Zeit (1957)
  • Der Luxus des Gewissens (Co-Autor de Hedwig Born) (1958)
  • Principles of Optics (com Emil Wolf) (1959)
  • Von der Verantwortung des Naturwissenschaftlers (1965)
  • Max Born: Mein Leben. Die Erinnerungen des Nobelpreisträgers. Nymphenburger Verlag, ISBN 3-485-00204-6.
  • Max Born, Albert Einstein: Albert Einstein, Hedwig und Max Born Briefwechsel: 1916–1955 / kommentiert von Max Born, Geleitwort von Bertrand Russell, Vorwort von Werner Heisenberg. Nymphenburger Verlag, München, ISBN 3-499-11478-X.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Walther Kossel
Medalha Max Planck
1948
Sucedido por
Otto Hahn e Lise Meitner
Precedido por
Cecil Frank Powell
Medalha Hughes
1950
Sucedido por
Hendrik Anthony Kramers
Precedido por
Frits Zernike
Nobel de Física
1954
com Walther Bothe
Sucedido por
Willis Eugene Lamb e Polykarp Kusch


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons