Karl Siegbahn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Karl Siegbahn Medalha Nobel
Física
Nacionalidade Suécia Sueco
Nascimento 3 de Dezembro de 1886
Local Örebro
Morte 26 de Setembro de 1978 (91 anos)
Local Estocolmo
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Universidade de Lund, Universidade de Uppsala, Universidade de Estocolmo
Alma mater Universidade de Lund
Conhecido(a) por Espectroscopia de raios-X
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1924), Guthrie Lecture (1933), Medalha Hughes (1934), Medalha Rumford (1940)

Karl Manne Georg Siegbahn ForMemRS[1] (Örebro, 3 de Dezembro de 1886Estocolmo, 26 de Setembro de 1978) foi um físico sueco. Foi laureado com o Nobel de Física de 1924, por descobertas e pesquisas em espectroscopia de raios-X.[2] [3]

Siegbahn nasceu em Örebro, na Suécia. Ele obteve seu Ph.D. na Universidade de Lund, em 1911, sua tese foi intitulada Magnetische Feldmessungen (medições do campo magnético). Ele era aluno do professor Johannes Rydberg quando estava ficando doente, e ele o sucedeu como professor titular em 1920.

Após seu doutorado, ele começou a pesquisar espectroscópios de raios X. Este trabalho continuou quando ele se mudou para a Universidade de Uppsala em 1923. Ele melhorou o desenvolvimento de um aparato experimental que lhe permitiu fazer medições muito precisas dos comprimentos de ondas de raio-X produzidos por átomos de diferentes elementos. Ele desenvolveu uma convenção para nomear as diferentes linhas espectrais caracterizadas de elementos em espectroscópios de raios X, a notação Siegbahn. As medições de precisão de Siegbahn tiveram muitos desenvolvimentos na teoria quântica e física atômica.[4]

Em 1937, Siegbahn foi nomeado Diretor do Departamento de Física do Instituto Nobel da Academia Real das Ciências da Suécia. Em 1988, este foi rebatizado como Manne Siegbahn Institute (MSI).[5] Os grupos de pesquisa do instituto foram reorganizadas desde então, mas o nome vive na Manne Siegbahn Laboratório hospedado pela Universidade de Estocolmo.

Siegbahn se casou com Karin Högbom em 1914. Eles tiveram dois filhos: Bo Siegbahn (1915-2008), diplomata e político, e Kai Siegbahn (1918-2007), um físico, que também recebeu o Prêmio Nobel de Física, em 1981, por sua contribuição para o desenvolvimento do espectroscopia de fotoelétrons excitados por raios X.

Recebeu a Medalha Hughes de 1934 e a Medalha Rumford 1940. Em 1944 patenteou a bomba Siegbahn.

Referências

  1. Atterling, H.. . "Karl Manne Georg Siegbahn. 3 December 1886-24 September 1978" (em inglês). Biographical Memoirs of Fellows of the Royal Society 37: 428–426. DOI:10.1098/rsbm.1991.0022.
  2. The Nobel Prize in Physics 1924 (em inglês). Fundação Nobel. NobelPrize.org. Página visitada em 13 de fevereiro de 2013.
  3. Shampo, M. A.; Kyle, R. A.. (1998). "Manne Siegbahn--Nobel Prize for x-ray spectroscopy" (em inglês). Mayo Clinic proceedings. Mayo Clinic 73 (3): 249. PMID 9511784.
  4. Award Ceremony Speech (em inglês). Fundação Nobel. NobelPrize.org. Página visitada em 13 de fevereiro de 2013.
  5. History (em inglês). msl.se. Página visitada em 13 de fevereiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Robert Andrews Millikan
Nobel de Física
1924
Sucedido por
James Franck e Gustav Ludwig Hertz
Precedido por
Edward Appleton
Medalha Hughes
1934
Sucedido por
Clinton Davisson
Precedido por
Robert Williams Wood
Medalha Rumford
1940
Sucedido por
Gordon Dobson


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.